Novas estações de bicicletas públicas serão implantadas no Centro

_Bicicletas

Chegar ao Centro sobre duas rodas vai ficar mais fácil. É que o sistema de bicicletas públicas da cidade, o ‘Bike Santos’, está ganhando, até o final do mês, mais dez novas estações, a maior parte delas na área central.

Quem trabalha na região ou busca lojas, bancos e serviços ali instalados passará a ter mais uma opção de transporte. Outras 100 bicicletas serão disponibilizadas nos próximos 15 dias pela empresa que opera o sistema, que também terá estações na Vila Mathias, Vila Nova, Marapé, Encruzilhada e Saboó.

Santos já conta com 20 estações fixas implantadas na orla e em diversos bairros da Zona Leste, com 200 bicicletas públicas em circulação. Sem custos para o município, o sistema é operado por uma empresa privada, após chamamento público realizado pela CET (Companhia de Engenharia de Tráfego). Incentivar o uso de bicicletas é a proposta da prefeitura, visando a aprimorar a mobilidade urbana e a qualidade de vida da população.

Locais das estações em implantação

Praça da República (Alfândega) – Centro Histórico
Praça José Bonifácio X Av. Sen. Feijó – Centro Histórico
Praça Mauá X R. Dom Pedro II – Centro Histórico
Praça dos Andradas (Estação Rodoviária) – Centro Histórico
Praça Ruy de Lugo Viña (Cemitério da Filosofia) – Saboó
Rua Sete de Setembro X Pça Iguatemi Martins (Mercado Municipal) – Vila Nova
Av. Ana Costa entre praia e bulevar da Rua Othon Feliciano – Gonzaga
Rua Barão de Paranapiacaba x Av. Conselheiro Nébias – Encruzilhada
Av. Conselheiro Nébias X Rua D. Luiza Macuco – Vila Mathias
Av. Senador Pinheiro Machado X Praça da Bíblia – Marapé

Enhanced by Zemanta

Prefeitura monta estações do Bike Santos na Aparecida e no Gonzaga

Bike Santos

Duas estações móveis estão atendendo moradores e turistas que quiserem retirar bicicletas públicas em Santos. Instaladas na Fonte do Sapo, Aparecida, e na Praça das Bandeiras, no Gonzaga, as estações da Bike Santos ficarão montadas até o final do Carnaval, em fevereiro, para atender ao público, solucionar dúvidas e possíveis dificuldades com o cadastro de usuários ou no empréstimo dos equipamentos.

Até o final do mês serão instaladas mais dez estações em pontos diferentes da Cidade. Os locais, no entanto, ainda não foram definidos. Atualmente, a Bike Santos conta com 20 pontos em funcionamento.

Apesar dos números revelarem o sucesso do sistema, usuários têm reclamado da necessidade do uso do aparelho celular para a retirada das bicicletas públicas.

De acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) de Santos, não há como avaliar a viabilidade de implantação de um 0800 para o sistema. A empresa afirmou, no entanto, que a Bike Santos ainda passa por avaliação de seis meses e que qualquer ajuste poderá ser solicitado após esse prazo.

Hoje, o cadastramento é feito unicamente pela internet (www.bikesantos.com). Mais informações pelo 4062 9211.

 

A Tribuna

Enhanced by Zemanta

Bicicletas públicas registram recorde de viagens

bicicleta

O sistema de bicicletas públicas Bike Santos registrou recorde de movimentação no feriado de 1º de janeiro. Nada menos que 2.020 viagens foram realizadas nessa data, sendo a estação localizada junto ao Aquário Municipal a mais procurada, com 286 bikes retiradas. Há 20 estações fixas.

Quem deseja passear pela cidade sobre duas rodas, dispõe de uma rede integrada de ciclovias, com 30,9 km de extensão, utilizada não apenas para o lazer, como também por trabalhadores e estudantes.

As bicicletas públicas estão disponíveis das 6h às 22h (com devolução até meia-noite). O primeiro passo para utilizar o sistema é fazer o cadastro no site www.movesamba.com/bikesantos, onde constam as regras de funcionamento. O uso do veículo é gratuito por 30 minutos contínuos, e a devolução poderá ser feita em qualquer estação. Após 15 minutos, o usuário poderá retirar outra bicicleta.

No ato da adesão, o ciclista autoriza o débito de R$ 10,00 no seu cartão de crédito a título da caução, valor a ser utilizado caso o tempo de uso da bike ultrapasse os 30 minutos iniciais. Cada período de meia hora excedente implica na cobrança de R$ 5,00. Se o usuário retirar a bicicleta antes de cumpridos os 15 minutos de intervalo, ele pagará R$ 5,00. Esse valor é descontado dos R$ 10,00 da caução.

Desde a implantação, há 35 dias, o Bike Santos soma 15.679 cadastros e 28.667 viagens. Sem custos para o município, o sistema é operado por empresa privada, após chamamento público realizado pela CET (Companhia de Engenharia de Tráfego).

Enhanced by Zemanta

Locação de bicicletas públicas em Santos deve ganhar mais estações

bicicleta

O projeto de bicicleta públicas – Bike Santos – deve ganhar mais 15 estações até o fim do mês de janeiro de 2013. Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) de Santos, no litoral de São Paulo, a previsão é que mais de 150 bicicletas circulem na segunda fase do projeto.

O ‘Bike Santos’ foi implantado no dia 29 de novembro de 2012 e, nos primeiros 19 dias de funcionamento, foram feitas mais de quatro mil viagens. O sistema consiste em compartilhar a utilização de bicicletas sem qualquer custo, desde que o usuário esteja previamente cadastrado no site do projeto. No ato da adesão, o usuário deve autorizar o débito de R$ 10 no cartão de crédito a título de caução.

A utilização da bike é gratuita pelo tempo máximo contínuo de 30 minutos e pode ser devolvida em qualquer estação. Após 15 minutos, o usuário pode novamente retirar outra bicicleta. As bikes poderão ser retiradas diariamente das 6h às 22h nas estações e precisam ser devolvidas até as 0h. A liberação das bicicletas na estação é feita por meio de um aplicativo para smartphones ou por telefone.

 

G1

Após 19 dias, Projeto Bike Santos já fez mais de quatro mil viagens

N_163609758841

Mais de quatro mil viagens e 19 dias depois de implantado, o sistema de bicicleta pública – Bike Santos – já faz parte do visual urbano da Cidade. Haja vista que, não apenas na ciclovia à beira-mar, mas em vários bairros, as coralzinhas passaram a colorir as ruas de forma sistemática. O projeto de sustentabilidade tem parceria com a Prefeitura e a empresa Serttel.

Desde sua implantação no dia 29 de novembro e até o balanço feito pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), foi contabilizada, somente até o dia 6 deste mês, média de 586 locações diárias.

Nessa fase inicial do projeto, o sistema oferece dez bicicletas em cada uma das 14 estações já em funcionamento. Mas, a Avenida Ana Costa receberá uma nova estação, assim que chegarem ao fim as obras de reurbanização no trecho entre a praia e a Praça da Independência, fechando essa primeira etapa.

É intenção da CET disponibilizar até o final do ano outras seis estações: nas praças Nossa Senhora Aparecida, Fernandes Prestes (diante da Rua Rodrigo Silva); Rua Alfaia Rodrigues com Benjamin Constant e Rua Barão de Paranapiacaba com Avenida Conselheiro Nébias. Ainda outras no Canal 2 (próximo à Rua Carvalho de Mendonça), e Rua Júlio Conceição com Avenida Conselheiro Nébias.

Por outro lado, até o final de janeiro outras 15 estações com mais de 150 bikes serão entregues na segunda etapa da implantação do sistema.

O Bike Santos possibilita compartilhar o uso de bicicletas sem qualquer custo, mas é necessário que o interessado esteja previamente cadastrado no site www.movesamba.com.br/bikesantos. No ato da adesão, é preciso autorizar o débito de R$ 10,00 no cartão de crédito como forma de caução.

A utilização da bike tem gratuidade de 30 minutos e o usuário tem a possibilidade de devolvê-la em qualquer estação. Após 15 minutos, ele pode novamente retirar outra bicicleta. Se os 30 minutos forem ultrapassados, automaticamente começa a contagem de débito sobre o valor da caução.

Vale lembrar que as bicicletas estão liberadas para usuários com altura de até 2 metros e que tenham até 100 quilos. O cestinho comporta no máximo 5 quilos. Outras  informações podem ser obtidas na Central de Atendimento ao cliente, telefone (13) 4062-1699.

 

A Tribuna

 

Bike Santos ganha mais três estações e se aproxima de 10 mil viagens

Re_SARMENTO_9205

O sistema Bike Santos, de locação gratuita de bicicletas, foi ampliado com a instalação de mais três estações e 30 bicicletas. Com o acréscimo, a iniciativa passa a contar com 17 estações e 170 bikes à disposição dos cadastrados.

Inaugurado com 14 estações e 140 bicicletas, o Bike Santos recebeu mais dois pontos de retirada e entrega dos veículos de duas rodas na última quinta-feira (12), nas praças Nossa Senhora Aparecida e Cel. Fernando Prestes, na Aparecida e Macuco, respectivamente. Sábado (15), foi aberta a estação localizada entre as ruas Júlio Conceição e Carvalho de Mendonça.

A av. Ana Costa também receberá uma estação com a conclusão das obras de reurbanização no trecho entre a praia e a praça da Independência, fechando a primeira fase do projeto. Até o final de janeiro outros 12 pontos, com mais 120 bicicletas serão disponibilizadas.

O crescimento das estações do Bike Santos é compatível com o aumento do número de pessoas credenciadas no sistema, que está próximo de atingir de 10 mil cadastros e viagens.
Até quinta-feira (13), o site www.movesamba.com.br/bikesantoshavia recebido 9.484 inscrições, das quais 4.414 habilitaram seus passes para fazer uso do sistema. Desde 29 de novembro, o Bike Santos realizou 8.953 viagens, com o pico de 937 na última terça-feira (11). As estações que apresentam maior movimento são a do canal 3, com com 1.089 retiradas e 853 devoluções, Aquário (1.087 e 826) e emissário (995 e 730).

O Bike Santos consiste em compartilhar a utilização de bicicletas, desde que o usuário esteja previamente cadastrado no site do sistema e obedeça regras de uso. A utilização da bike é  gratuita pelo tempo máximo contínuo de 30 minutos e a devolução pode ser feita em qualquer estação. Após 15 minutos, o usuário pode retirar outra bicicleta, seguindo as mesmas normas.

 

Locação pública de bicicletas supera 3.400 viagens

MARCELO_MARTINS_3991

O sistema de bicicleta pública – Bike Santos – contabiliza 4.045 viagens entre o último dia 29, quando começou a funcionar, até quinta-feira (6), segundo balanço da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego). A marca representa a média diária de 505 locações. Considerando-se apenas dezembro, o cálculo sobe para 586, com 3.518 viagens nos seis dias do mês.

Até o dia 6, 6.840 pessoas se cadastraram no site do sistema (www.movesamba.com.br/bikesantos), 2.741 das quais habilitaram o passe para uso das bicicletas ao longo das estações instaladas desde o final do novembro.

Os números do Bike Santos demonstram evolução no número diário de viagens. Na terça-feira, pela primeira vez o sistema anotou 661 registros. As estações onde foram retiradas mais bikes foram as seguintes: canal 3 (520), Aquário (487) e emissário submarino (430).

No momento, o sistema oferece 10 bicicletas em cada uma das 14 estações. A av. Ana Costa receberá uma estação com o término das obras de reurbanização no trecho entre a praia e a praça da Independência, fechando a primeira fase do projeto. Até o final de janeiro, outras 15 estações, com mais 150 bikes, serão entregues na segunda etapa de implantação do sistema.

Até o final do ano, a CET prevê outras seis estações: praça Nossa Senhora da Aparecida, praça Fernando Prestes (diante da rua Rodrigo Silva), rua Alfaia Rodrigues x rua Benjamin Constant, rua Barão de Paranapiacaba x av. Conselheiro Nébias, canal 2 (próximo à rua Carvalho de Mendonça) e rua Júlio Conceição x av. Conselheiro Nébias.

O Bike Santos consiste em compartilhar a utilização de bicicletas sem qualquer custo, desde que o usuário esteja previamente cadastrado no site. No ato da adesão, deve autorizar o débito de R$ 10,00 no cartão de crédito a título de caução.

A utilização da bike é gratuita pelo tempo máximo contínuo de 30 minutos e pode ser devolvida em qualquer estação. Após 15 minutos, o usuário pode novamente retirar outra bicicleta.