Roteiros na Cidade – Guia do Turista

 


Fazenda Cabuçu 
Às margens da rodovia Rio-Santos; referência histórica para a Baixada Santista; as trilhas do roteiro ecológico da Fazenda Cabuçu incluem córregos, cachoeiras, mata exuberante e muitas espécies de pássaros; seu ponto alto é a Cachoeira do Cabuçu (10 m) descendo sobre a rocha e formando uma grande piscina natural; a Trilha do Rio de Areia, cujo percurso margeia enseadas de águas claras, rasas e cristalinas, é ótima opção para pesquisadores da fauna e da flora.
Caminhos de Jurubatuba 
Trilha da Jurubatuba-Mirim, 5 h ida e volta, fácil, plana, sem obstáculos e totalmente inserida na mata atlântica costeira, margeando o Rio Jurubatuba-Mirim; no final, dois poços formados pela água do rio são ótimas opções para banho; acesso pela Rodovia Domênico Rangoni (antiga Piaçagüera) ou por caiaque (instrutores cadastrados pela Prefeitura).
Jardim Botânico Chico Mendes 
90.000 m²; acervo vivo de várias espécies vegetais, distribuídas entre coleções temáticas, bosques, canteiros de plantas ornamentais e áreas de produção de mudas destinadas ao plantio em praças, ruas e jardins da praia; parque infantil, área para piquenique, praça de eventos; trilhas entre a vegetação; três lagos com patos, marrecos e gansos e uma ilha com macacos; Rua João Fracarolli, s/n, Bairro Bom Retiro; tel. (13) 3230-2905; aberto diariamente das 7 h às 18 h.
Vale do Quilombo
Praticamente a última reserva de área verde de Santos, cortada pelo Rio Quilombo.
Laje de Santos 
O Parque Estadual Marinho da Laje de Santos, a 45 km da costa, é considerado um dos melhores pontos de mergulho do litoral brasileiro, com a visibilidade podendo chegar a 40 m; o Parque inclui rochedos, parcéis e a laje com formato de uma baleia com 550 m de comprimento, 33 m de altura e 185 m de largura, abrigando milhares de aves e um farol de sinalização da Marinha; a 1 km da Laje está a Ilha de Calhaus com grutas que formam labirintos submersos e pesqueiros naufragados; é proibida a pesca, a caça submarina e a descida nas pedras; visitas são agendadas com antecedência através de operadoras cadastradas pela Prefeitura.
Passeios pela Baía de Santos 
Roteiro de aproximadamente 2 h incluindo ilhas, praias e o Porto; no trajeto podem ser observados os bairros da orla e o costão rochoso; partidas da Ponte Edgard Perdigão na Ponta da Praia em direção à Fortaleza da Barra Grande, em finais de semana e feriados; na temporada, saídas diárias.
Parque Zoobotânico Orquidário 
22.240 m²; inaugurado em 1945, mistura características de jardins e aspectos de mata natural, além de floresta urbana cultivada principalmente com espécies da mata atlântica; abriga cerca de seis mil orquídeas, árvores frutíferas e medicinais; lago de 1.180 m² com carpas, tartarugas e aves aquáticas; tucanos, araras, pavões e outras aves vivem em harmonia com os inúmeros pássaros que visitam o Parque atraídos pela vegetação; cotias, macacos e espécies raras ou ameaçadas de extinção, como mico-leão-dourado e jacaré-do-papo-amarelo; Exposição Nacional de Orquídeas em novembro; visitas monitoradas para Educação Ambiental, oficinas e cursos de férias; Praça Washington, s/n, Bairro de José Menino; tel. (13) 3237-6970; aberto de terça a domingo das 8 h às 18 h; na temporada de verão, diariamente, no mesmo horário.
Escola de Esportes Radicais 
Primeira do gênero no Brasil para a prática de várias modalidades de surfe; Posto de Salvamento 2, Praia de José Menino; tel. (13) 3289-4148; aberta de segunda a sábado das 8 h às 12 h e das 14 h às 18 h, domingo das 9 h às 12 h. Cine Arte: exibe filmes de arte fora do circuito comercial; também são realizados debates com cineastas e mostras temáticas de filmes especiais; 48 lugares; sessões diárias; Av. Washington Luiz, Posto de Salvamento 4 no jardim da Praia do Gonzaga; tel. (13) 3210-5031.
Cine Arte 
Exibe filmes de arte fora do circuito comercial; também são realizados debates com cineastas e mostras temáticas de filmes especiais; 48 lugares; sessões diárias; Av. Washington Luiz, Posto de Salvamento 4 no jardim da Praia do Gonzaga; tel. (13) 3210-5031.
Gibiteca Marcel Rodrigues Paes 
Acervo de 6.000 gibis; exemplares do Globo Juvenil e Tico Tico das décadas de 30, 40 e 50, coleções do Batman, Super-Homem e Capitão Marvel; troca de gibis de terça a sábado; curso de desenho aos sábados das 10 h às 12 h; curso de histórias em quadrinhos aos domingos das 12h45 às 14h45; Posto de Salvamento 5, Praia do Boqueirão; tel. (13) 3288-1300; aberta de terça a sábado das 9 h às 19 h e domingo das 9 h às 15 h.
Pinacoteca Benedito Calixto 
Exposição de obras do pintor Benedito Calixto, além de mostras temporárias de artistas nacionais e internacionais; casarão remanescente do período dos “barões do café” – início do séc. XX – em estilo neoclássico, totalmente restaurado; biblioteca com livros de arte e sala de leitura para consulta e pesquisa; Av. Bartolomeu de Gusmão, 15, Praia do Boqueirão; tel. (13) 3288-2260; aberta de terça a domingo das 14 h às 19 h.
Igreja de Santo Antônio do Embaré
Construção de 1.800 m² em estilo neogótico da década de 30; madeira entalhada no altar-mor, nas capelas e nos confessionários; Av. Bartolomeu de Gusmão, 32; Praia do Embaré; tel. (13) 3227-5977; aberta diariamente das 7 h às 11 h e das 14 h às 20 h.
Aquário
Primeiro do gênero no Brasil, inaugurado em 1945; 27 tanques e oito aquários abrigam cerca de 200 espécies de fauna aquática; tubarões, polvos, tartarugas, carpas, piranhas, moréias, lobo marinho, vários peixes e até pingüins; Av. Bartolomeu de Gusmão, s/n, Ponta da Praia; tel. (13) 3236-9996; aberto de terça a domingo das 8 h às 18 h; na temporada de verão, diariamente, das 8 h às 20 h.
Museu da Pesca
Exibe exemplares da fauna marinha e o esqueleto restaurado de uma baleia de 23 m; Av. Bartolomeu de Gusmão, 192, Ponta da Praia; tel. (13) 3261-5995; aberto de quarta a domingo e feriados, das 9h30 às 18 h.
Museu De Vaney 
Centro da memória desportiva de Santos; exposição permanente de troféus, fotos, quadros e ilustrações; biblioteca e hemeroteca com acervo exclusivo sobre esportes; visitas monitoradas mediante agendamento; Praça Eng. José Rebouças, s/n, Ponta da Praia; tel. (13) 3261-1980; aberto de segunda a sexta das 8 h às 18 h.
Museu do Mar 
Acervo de 12.000 exemplares de conchas, corais, animais preservados em formol e equipamentos de mergulho; Rua República do Equador, 81, Ponta da Praia; tel. (13) 3236-4808; aberto de segunda a sexta das 8 h às 18 h, sábados e domingos das 8 h às 20 h.
Centro de Cultura Patrícia Galvão
Abriga o Teatro Municipal Brás Cubas, o Teatro de Arena Rosinha Mastrângelo, o Museu da Imagem e do Som, a Hemeroteca Municipal Roldão Mendes Rosa, galeria de arte, auditório para projeção de filmes e espaço para atividades culturais variadas como Festival de Música Nova, Festival de Teatro Amador, Festival de Dança Passo de Arte e a Bienal Nacional de Artes Visuais; Av. Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias; tel. (13) 3233-6086; aberto diariamente das 8 h às 22 h.
Outeiro de Santa Catarina
Marco inicial da povoação da cidade em 1543; na casa acastelada, construída entre 1880 e 1884 sobre a pedra restante de desbaste do Outeiro, funciona a sede da Fundação Arquivo e Memória de Santos com acervo de fotos e biblioteca; Rua Visconde do Rio Branco, 48; tel. (13) 3223-7009, 3223-7090; de segunda a sexta das 8 h às 12 h e das 14 h às 18 h.
Casa de Frontaria Azulejada 
Estilo neoclássico, fachada de azulejos coloridos em alto relevo; erguida em 1865 com os fundos voltados para o Porto, de onde partiam as barcas que traziam mercadorias através de um canal até os cômodos térreos da casa; a porta principal permitia o acesso de carruagens ao pátio interno; anexo, a Fundação Arquivo e Memória de Santos com acervo de documentos e plantas; Rua do Comércio, 92/98; tel. (13) 3219-4321; de segunda a sexta das 8 h às 12 h e das 14 h às 18 h.
Casa do Trem Bélico 
Construída em estilo colonial entre 1734 e 1738 no local do primeiro pelourinho da Vila de Santos para guardar peças de artilharia e munição; um dos poucos exemplares do gênero no País; Rua Tiro Onze, 09; tel. (13) 3221-1385; aberta de segunda a sexta das 8 h às 12 h e das 13 h às 17 h.
Monumento a Brás Cubas 
Inaugurado em 1908; estátua do fundador de Santos esculpida em mármore de Carrara, onde estão seus restos mortais; Praça da República.
Conjunto do Carmo
Os padres carmelitas iniciaram a construção da Igreja e do Convento em 1599; a igreja atual, edificada no séc. XVIII em estilo barroco, possui cadeirados em jacarandá e obras de Benedito Calixto; missa acompanhada por canto gregoriano, todo o segundo domingo do mês, às 11 h; tel. (13) 3234-5566; ao lado da Igreja do convento, a Igreja da Ordem Terceira (1752), associação religiosa leiga, possui imagens seculares, altar de madeira trabalhada e pia de água benta em pedra de 1710; tel. (13) 3219-3650; visitas de segunda a sexta, das 14h30 às 17 h e domingos, das 8 h às 10 h; Praça Barão do Rio Branco.
Panteão dos Andrada 
Ao lado do Conjunto do Carmo; inaugurado em 1923, guarda as cinzas de José Bonifácio de Andrada e Silva, o Patriarca da Independência, e de seus irmãos; projetado pelo escultor brasileiro Rodolpho Bernadelli, o monumento foi executado na Itália; urna em jacarandá, templo cívico em mármore, quadros de bronze com cenas da História do Brasil; Praça Barão do Rio Branco, s/n; tel. (13) 3201-5032; aberto de terça a sexta das 9 h às 18 h, finais de semana e feriados das 10 h às 18 h.
Casa de José Bonifácio
Casa onde nasceu e morou José Bonifácio de Andrada e Silva em 1763; a rua era conhecida como Wall Street devido à fortuna de seus moradores; atual sede da Câmara Municipal; Rua XV de Novembro, 105/107; aberta de segunda a sexta das 8 h às 18 h.
Praça Mauá e Palácio José Bonifácio 
A Praça Mauá é o centro da cidade e nela estão o Marco Distrital e o Palácio José Bonifácio, atual sede da Prefeitura; inaugurado em 1939, o Palácio apresenta linhas clássicas, lustres em cristal da Bohêmia e acabamento em mármore italiano e jacarandá-da-baía, com destaque para o Salão Nobre e o gabinete do prefeito em estilo Luiz XVI; aberto de segunda a sexta das 8 h às 18 h.
Construtora Phoenix
Palácio da Banca Italiana di Sconto, antiga instituição de crédito, erguido em 1920 em estilo geral florentino; loba etrusca na fachada; Rua XV de Novembro, 141.
Bolsa de Valores 
Construção de 1909, em estilo neoclássico; Rua XV de Novembro, 111.
Bolsa do Café 
Prédio de 1922 com torre de 40 m e belo relógio e quatro estátuas externas representando a Indústria, o Comércio, a Lavoura e a Navegação; destaque para o Salão de Pregões com vitral representando a lenda de Anhangüera e painéis de Benedito Calixto retratando a história de Santos, mármores importados e cadeirado em jacarandá; Museu do Café Brasileiro no local; Rua XV de Novembro, 95; tel. (13) 3219-5714; aberto aos sábados das 9 h às 17 h e domingos das 10 h às 17 h.
Santuário Santo Antônio do Valongo 
O santuário e o convento foram fundados em 1640 pela Ordem dos Franciscanos; a fachada do conjunto representa um dos trabalhos mais expressivos do barroco no séc. XVIII; valiosas obras de arte como a imagem de Cristo Místico de Seis Asas; em 1859 o prédio do convento foi adquirido pela Estrada de Ferro Santos-Jundiaí para dar lugar à construção da Estação de Santos, inaugurada em 1867; Largo Marquês de Monte Alegre, s/n; tel. (13) 3219-1481; aberto quarta, quinta, sexta e sábado das 8 h às 12 h e das 14 h às 1 h; terça e domingo das 8 h às 19 h.
Casarões do Valongo 
Ruínas de prédios de 1867 e 1872; Largo Marquês de Monte Alegre.
Mosteiro São Bento e Museu de Arte Sacra 
Construído em 1650 pela Ordem de São Bento em estilo barroco; Museu de Arte Sacra com valioso acervo de 400 peças; Capela de N. Sra. do Desterro no térreo; Rua Santa Joana D’Arc s/n, Morro de São Bento; tel. (13) 3219-2898; aberto de terça a domingo das 14 h às 17 h.
Igreja N. Sra. do Rosário
Construída em 1822 pela Irmandade de N. Sra. dos Homens Pretos a partir de uma capela erguida em 1651; uma das mais belas e antigas igrejas de Santos; nave em mármore colorido e coleção de imagens sacras; Praça Rui Barbosa; tel. (13) 3219-3566; aberta de segunda a sexta das 8h30 às 17 h e sábado das 9 h às 13 h.
Palácio Saturnino de Brito 
Construído em 1937; prédio de linhas clássicas com escadaria interna de mármore e o vitral “Os Bandeirantes” do artista belga Frank Urban; atual sede da Sabesp; Av. São Francisco, 128; tel. (13) 3219-4333; aberto de segunda a sexta das 8 h às 17 h.
Catedral 
Construção em estilo gótico, iniciada em 1909 e concluída em 1951; projeto de autoria do engenheiro prussiano Maximiliano Hell, responsável também pelo projeto da Catedral da Sé em São Paulo; grandes colunas separam as três naves com dois altares e duas capelas – uma em cada lado do altar-mor – a do Santíssimo Sacramento, com afrescos de Benedito Calixto, e a de N. Sra. de Fátima; Praça José Bonifácio, s/n; tel. (13) 3232-4593; aberta de segunda a sexta das 7 h às 11 h e das 14 h às 19 h, sábado das 8 h às 12 h e das 15 h às 19 h e domingo das 8 h às 12 h e das 17 h às 19 h.
Monumento a Bartolomeu de Gusmão 
Obra do escultor italiano Lorenzo Massa, inaugurado em 1922; Praça Rui Barbosa.
Linha Turística de Bonde 
A Linha de Bonde percorre um trajeto de 1,7 km, passando por construções históricas de extrema beleza arquitetônica como o Conjunto do Carmo, o Panteão dos Andrada e a Bolsa do Café; embarque na Praça Mauá, de terça a domingo das 11 h às 18 h; grupos escolares e outros grupos fechados devem agendar com antecedência através do Disk-tour, tel. 0800 173 887 ou (13) 3219-6426 na Secretaria de Turismo.
Porto de Santos 
Sua origem, em 1545, está vinculada ao tráfico de escravos e ao comércio de sal; a partir do séc. XIX, o Porto contribuiu para a melhoria das condições sanitárias da região e o desenvolvimento industrial de São Paulo e do País; em 2 de fevereiro de 1892, o navio Nasmith atracou no cais de apenas 260 m, marcando o início de funcionamento oficial do Porto de Santos, hoje o primeiro do Brasil em movimentação de cargas e instalações que ocupam quase 13 km de extensão.
Complexo Cultural do Porto 
Museu com documentos, peças, fotos, equipamentos e cerca de 700 negativos em vidro da virada do século; Biblioteca com 2.500 títulos; e Videoteca com 50 fitas sobre a história e a modernização do Porto; Av. Cons. Rodrigues Alves s/n , Bairro Macuco; aberto todos os dias das 8 h às 12 h e das 14 h às 18 h.
Casa do Café 
Criada em 1970, junto aos armazéns 15 e 16, com o objetivo de promover o café brasileiro; ponto pitoresco da cidade, onde se pode saborear desde o tradicional cafezinho até requintadas receitas de bebidas, sorvetes, coquetéis e balas à base de café; tel. (13) 3232-2364; aberta todos os dias das 8 h às 18 h.

 Guia do Turista

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s