PIT do Gonzaga volta a atender turistas no bonde

Após dois meses de reparos, a cargo da CET, o bonde na Praça das Bandeiras, no Gonzaga, volta a funcionar nesta quarta (14) como PIT (Posto de Informações Turísticas), a partir das 8h. O atendimento diário vai até as 20h. Durante a reforma, a Setur (Secretaria de Turismo) transferiu o serviço, com recepcionistas bilíngues, para o Posto 3, localizado nas proximidades.

A novidade é a repintura externa em dois tons de verde, similar à original dos bondes fechados que começaram a circular em Santos em 1954, com carroceria produzida na cidade. Os reparos incluíram revisão elétrica e recuperação ou substituição das peças corroídas pelo tempo.

Outros postos
A Setur dispõe de postos instalados no Aquário, Orquidário, Parque Roberto Mário Santini (emissário), Rodoviária, Praça Mauá e no terminal de passageiros do Concais durante a temporada de cruzeiros marítimos.

Há ainda a Central Metropolitana de Informações Turísticas, na Ilha de Conveniência do Boqueirão, onde os recepcionistas contam com material informativo dos municípios que integram a Costa da Mata Atlântica. Além disso, funciona diariamente também o Disk Tour 0800-173883, das 8h às 20h, a exemplo dos demais postos.

Enhanced by Zemanta

Boom imobiliário em Santos valoriza até prédio torto na praia

A constante valorização de apartamentos não se restringe somente aos grandes empreendimentos de luxo, que estão sendo erguidos em Santos (litoral de São Paulo). Os famosos “prédios tortos”, na orla da praia, mesmo com esse problema estrutural, chegaram a valorizar até 75% nos dois últimos anos.

Os prédios tortos chamam atenção pela inclinação acentuada. Na época de sua construção, principalmente nas décadas de 40, 50 e 60 do século passado, as fundações usadas eram pouco profundas. Por causa do solo da cidade, os alicerces foram cedendo, e eles ficaram inclinados. Segundo a prefeitura, há mais de 90 prédios nessa situação. Foram perdendo valor de mercado porque as pessoas não queriam comprar um apartamento nesses locais.

No entanto, o boom imobiliário da cidade, estimulado principalmente pelo petróleo do pré-sal, vem fazendo com que até esses prédios sejam valorizados.

O edifício Maembi, no bairro do Embaré, de classe média, é um dos que apresentam mais desalinhamento, com 1,18 m de desaprumo. Um apartamento de dois dormitórios, com 100 metros quadrados, há dois anos custava cerca de R$ 140 mil e atualmente está na faixa de R$ 230 mil, uma alta de 64%.

Preço de imóveis em outros pontos chega a dobrar

Para o corretor imobiliário Edmar Ribeiro Soares, que está no mercado há 42 anos, essa é a melhor fase de venda de imóveis na região. “Atualmente, as imobiliárias próximas à orla da praia estão vendendo de cinco a sete apartamentos por mês, e a tendência é que o mercado continue aquecido”.

Ele também cita outros prédios tortos, no bairro do Boqueirão, em que um apartamento de 110 metros quadrados estava à venda há dois anos por R$ 140 mil e hoje custa R$ 245 mil, variação de 75%.

Para se ter uma idéia da valorização que acontece em Santos nos últimos anos, o delegado do Conselho Recional de Corretores de Imóveis (Creci) na Baixada Santista, Carlos Ferreira, cita um empreendimento no bairro do Gonzaga, uma região de alto padrão. No lançamento, há dois anos, estava à venda por R$ 380 mil. Hoje custa cerca de R$ 750 mil, quase o dobro.

A valorização se estende a outros pontos da cidade. Um apartamento no bairro de classe média da Pompéia custava R$ 550 mil no lançamento, um ano atrás, mas agora vale R$ 980 mil, uma alta de quase 80%.

Um sobrado em um condomínio do Marapé, bairro de classe média baixa, dois anos atrás, valia R$ 230 mil, mas hoje em dia está em R$ 350 mil, mais de 50% de ganho.

Prédios comerciais também se valorizam, dizem corretores

Essa alta nos preços dos imóveis se estende também aos conjuntos comerciais. “Um empreendimento comercial no Boqueirão, em uma das avenidas mais movimentadas de Santos, no lançamento era vendido pelo preço de R$ 240 mil. Atualmente, dois anos depois, custa cerca de R$ 380 mil, quase 60% de elevação. A valorização dos imóveis de alto padrão é de quase 27% ao ano”, afirma Ferreira.

Em outra imobiliária de Santos, a corretora Cristina Baroni diz que as vendas estão mesmo em alta e também constata a valorização. “Num prédio com vista para o mar, no canal 5 (área de classe média), um apartamento de dois dormitórios com garagem custava cerca de R$ 160 mil há um ano. Hoje estão querendo vender por R$ 280 mil [75% a mais]”.

Para o delegado do Creci, alguns fatores ajudam para que o preço dos imóveis continue subindo. “A descoberta do petróleo na camada de pré-sal, as obras de ampliação do porto de Santos, o projeto de ponte para ligar Guarujá e Santos e o projeto do Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT), entre Santos e São Vicente deram um impulso no mercado imobiliário da região. Se tudo isso sair do papel, nos próximos anos, teremos um boom imobiliário com crescimento constante não só em Santos, mas em todas as cidades da Baixada Santista.”

 

UOL

Enhanced by Zemanta

Milhares acompanham a iluminação da Basílica do Santo Antonio do Embaré

 

Milhares de pessoas lotaram a Basílica de Santo Antônio do Embaré, na noite deste domingo, para as apresentações da Sinfônica Heliópolis, com 80 músicos, e do Coral da Gente, com 100 integrantes. O maestro Edilson Venturelli foi responsável pela regência.

A Avenida Bartolomeu de Gusmão precisou ser interditada, tamanho era o público do lado de fora. A transmissão foi feita de forma simultânea, projetada na fachada da igreja, com caixas de som instaladas. Edmilson Venturelli, diretor da orquestra, disse que a ideia era não permitir a amplificação, mas respeitou a vontade de quem não conseguiu entrar na basílica. “O acústico é muito melhor. A função do maestro é equilibrar todos os sons da orquestra, o que não acontece quando passa pelas caixas”.

No repertório, músicas clássicas consagradas e canções natalinas que encantaram os que compareceram ao local. “Maravilhoso. Todos os anos deveria ter uma apresentação dessas”, definiu a aposentada Pautila de Freitas. A funcionária pública Priscila Schultz não conteve as lágrimas. “Muito lindo. Lembro dos natais que passei com minha avó”.

O projeto, iniciativa da Federação das Associações Comerciais do Estado (Facesp), tem como objetivo divulgar a música erudita.

Luzes

Após o show, 15 minutos de projeções de luzes nos detalhes arquitetônicos da fachada da igreja surpreenderam o público com outro espetáculo. Foram desenhos natalinos e imagens históricas que partiram de um sistema computadorizado, com dois projetores. É o projeto Natal Iluminado.

“Estou maravilhada. Esta Cidade me surpreende todos os dias”, diz a aposentada Maria Inês Ponticeli.

A Tribuna
Enhanced by Zemanta

Jardim Botânico tem última feira de orquídeas

O Jardim Botânico Chico Mendes promove a última feira de orquídeas deste ano, de sexta (16) a domingo (18), das 8h às 18h, com entrada franca. O púbico poderá conhecer espécies exóticas como a Maxilarium tenuifolia, com aroma de coco, ou a Dendrobium chrysotoxum, que tem perfume de mel e flores na cor amarelo-dourado.

O exemplares podem ser adquiridos com preços a partir de R$ 5,00. O evento ainda coloca à disposição dos interessados o ‘SOS Orquídea, serviço de dicas sobre plantio, rega, tempo de exposição ao sol, conservação e controle de pragas.

Sem pressa, o visitante pode aproveitar para usufruir dos 90 mil metros quadrados de área verde do parque, cujo acervo vivo soma mais de 300 espécies vegetais, distribuídas entre coleções temáticas, bosques, canteiros de espécies ornamentais e áreas de produção de mudas. O endereço é Rua João Fraccaroli s/nº, Bom Retiro.

Setur vai aprimorar atuação dos vovôs nas igrejas, bonde e parques

A necessidade de maior divulgação do trabalho dos integrantes do programa Vovô Sabe Tudo, que atuam no bonde turístico, igrejas, Aquário e Orquidário, foi discutida em reunião da Setur (Secretaria de Turismo), na terça-feira (13).

De acordo com Cláudia Torres, responsável pelo programa na secretaria, foram avaliadas as atividades deste ano e definidas metas para 2012. “A intenção é reelaborar o programa, recapacitar os vovôs, assistir às monitorias, corrigir posturas e analisar situações por meio de teatralizações”.

Rosana Gomes, responsável técnica pelo Vovô Sabe Tudo, desenvolvido pela Seas (Secretaria de Assistência Social), elogiou os avanços do programa na Setur. “Essa parceria é importante, tanto em função da visibilidade que oferece à iniciativa social, quanto o incentivo para que os vovôs aprimorem sua atuação cultural e o atendimento aos turistas e santistas”.

Para Celia Ferraz, há seis anos na monitoria da Igreja da Ordem 3ª do Carmo, “os treinamentos nos ajudarão a cativar ainda mais o público”.

Enhanced by Zemanta

Horário permitido para atividades nas praias sofre alteração durante a temporada

Quem gosta de bater aquela bolinha na praia, deve ficar atento. Durante o verão, as atividades praticadas na orla de Santos sofrem restrições. Com as praias mais cheias, até fevereiro, os horários e locais destinados à prática de exercícios físicos são reduzidos. As mudanças já estão em vigor.

O regulamento está previsto no decreto 5.229 de dezembro de 2008 e proíbe, por exemplo, a prática de futebol, no período da manhã, aos finais de semanas e feriados.

De acordo com a Prefeitura de Santos, com o término da estação, os horários e locais para a prática de atividades esportivas voltam a ser mais amplos.

O futebol pode ser praticado todos os dias, até 9 horas (até 150 m de cada lados dos canais) e após as 17h30, em toda a extensão da praia.

Tamboréu e mini-tênis estão liberados todos os dias até 11 horas e após às 16h, em toda extensão da praia. Após as 16 horas, as quadras deverão ser montadas de maneira a não interferir nos campos de futebol.

Os praticantes de vôlei, futevôlei, basquete e beach tênis podem utilizar diariamente as quadras montadas pelas entidades autorizadas, sem problema de horário, enquanto outros interessados precisam de autorização prévia da Secretaria de Esportes (Semes). Vale lembrar que nenhuma quadra pode ser montada a menos de 5 metros da guia do calçadão.

 Confira a tabela completa com as regras para a prática esportiva no verão:

Futebol – dezembro a fevereiro, todos os dias, até 9h (até 150 m de cada lados dos canais) e após as 17h30, em toda a extensão da praia.

Tamboréu e minitênis – dezembro a fevereiro – todos os dias até 11h e após as 16h, em toda a extensão da praia. Após as 16h as quadras deverão ser montadas de maneira a não interferir nos campos de futebol.

Voleibol, futevôlei, basquete e beach tênis – De janeiro a dezembro – (entidades autorizadas) todos os dias – liberado em toda a extensão da praia. Os demais interessados devem obter autorização prévia da Semes.
Nenhuma quadra pode ser montada a menos de 5 m da guia do calçadão.

Surfe – dezembro a fevereiro – liberado todos os dia do Canal 2 à divisa com São Vicente.

Frescobol – dezembro a março e julho – todos os dias até 9h, em área até 100 metros de cada lado dos canais e após 17h, liberado em toda a extensão da praia.

Esportes náuticos – janeiro a dezembro liberado – todos os dias na área do Centro Náutico (em frente ao Aquário).

Kitesurfe – janeiro a dezembro – liberado todos os dias em toda a extensão da praia, a 150m dos canais e da arrebentação. Entrada e saída a 50 m dos canais.

Windsurf – janeiro a dezembro – liberado todos os dias- em toda a extensão da praia a 150m da arrebentação. Entrada e saída no Centro Náutico.

Sonrisal – janeiro a dezembro – todos os dias, até 9h e após 17h, em toda extensão da praia.

A Tribuna

 

Enhanced by Zemanta

Prefeitura inaugura posto de salvamento durante abertura da Operação Verão

O Posto de Salvamento 7, construído junto ao canteiro do jardim da praia e o Canal 6, na Ponta da Praia, em Santos, será inaugurado pela Prefeitura de Santos nesta sexta-feira, às 10h30, quando a administração municipal inicia a Operação Verão com Segurança.

Antiga reivindicação dos bombeiros e dos santistas, o posto de salvamento tem dois pavimentos. No térreo, fica a sala de equipamentos, ambulatório, copa, vestiários e três sanitários, um deles para deficientes.

No andar superior estão o espaço multiuso e a torre de observação. Foram investidos R$ 246.606,00, provenientes do Dade (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias), do governo estadual.

Efetivo

A Operação Verão seguirá até o Carnaval, com o efetivo de 450 guardas municipais e 200 guardiões-cidadãos, que atuarão nos locais de maior concentração, como orla e Centro Histórico. Eles farão rondas a pé e com viaturas, bicicletas, motos e quadriciclos. Um ponto de atendimento 24 horas será instalado na Praça Paulo Viriato Corrêa da Costa, no Boqueirão.

Além disso, serão montadas seis tendas na faixa da areia, entre os canais 1 e 6, para atender os banhistas. Outra medida é o programa SOS Criança, pelo qual os postos de salvamento distribuirão pulseirinhas de identificação, para facilitar a localização das crianças perdidas.

A operação é uma iniciativa da prefeitura, por meio da Secretaria de Segurança, com apoio da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), Corpo de Bombeiros e polícias militar e civil.

A Tribuna

Enhanced by Zemanta