Praia terá seis tendas com policiais militares e civis

Para tentar amenizar a localização das crianças perdidas nas praias de Santos, barracas instaladas ao lado dos pontilhões dos canais serão ponto de referência para procurarem inicialmente as crianças desaparecidas.

É a primeira vez que essas tendas, idealizadas pela Polícia Militar e Prefeitura, são colocadas em prática. A temporada de verão é o período que aumenta o consideravelmente o número de crianças perdidas.

No mesmo período do ano passado, segundo o Corpo de Bombeiros, foram registradas 320 crianças perdidas, desde Ilha Comprida até Ubatuba. O número é considerado alto e prejudica a atividade profissional dos bombeiros, principalmente em dias que há muita gente no mar.

“Na maioria das vezes, o descuido é dos pais. É lamentável ver alguns já bêbados procurando seus filhos. Perdem a criança, mas não largam a latinha de cerveja da mão”, observa o capitão Gustavo Magnani.

Ele explica que, inicialmente, as crianças permanecerão nas barracas. Eventualmente, caso elas precisem utilizar o banheiro ou beber água, serão encaminhadas aos postos de salvamento. Nas tendas, os pais poderão ainda pegar as pulseirinhas e colocar nas crianças com telefones dos responsáveis. A iniciativa facilita a localização dos pais.

Créditos: Alexsander Ferraz

Além do apoio às crianças desaparecidas, as tendas ocupadas por dois policiais militares e dois guardas municipais vão coibir a prática de esporte fora de horário determinado pela Prefeitura, pipas com cerol, animais na areia, consumo de entorpecente.

Por motivos estratégicos, a Polícia Militar não informou o efetivo que terá na praia durante a temporada. Por sua vez, a GM disse que a população contará com 120.


As tendas começaram a funcionar a partir de quarta-feira, quando tem início a Operação Verão da PM, que prossegue até o fim de janeiro. “Aqui será mais um ponto de apoio onde será possível registrar qualquer tipo de ocorrência para quem estiver na praia”.

Para esclarecer a população sobre a Operação Verão com Segurança, iniciativa da Prefeitura, representantes de secretarias municipais distribuirão neste sábado parte dos 4 mil folhetos aos banhistas, além de duas mil pulseirinhas.

O mutirão começa, a partir das 9 horas, no Emissário Submarino e segue em direção à Ponta da Praia. “Queremos reforçar a conscientização de santistas que sabe como funciona e informar turistas que não têm conhecimento ainda”.

 

A Tribuna

Enhanced by Zemanta

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s