Ministro do Turismo garante: Baixada estará entre os roteiros para a Copa 2014

Em recente visita a Santos, o ministro do Turismo, Gastão Vieira, garantiu aos nove prefeitos da da Baixada Santista que a Região será incluída nos roteiros que serão trabalhados pelo Ministério antes e durante a realização dos Jogos da Copa 2014. O ministro, que esteve na cidade acompanhado do ministro dos Portos, Leônidas Cristino, e o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, visitou as obras do Museu Pelé, no Centro Histórico, e do Porto Valongo.

Em reunião com os prefeitos, Vieira se comprometeu a auxiliar a Região com recursos para a instalação de sinalização turística adequada, obras de infraestrutura e implantação de cursos de Inglês. A única ressalva é de que os prefeitos entendam que devem criar projetos que apresentem os municípios como uma única região. O objetivo é que os roteiros contemplem regiões inteiras e não apenas uma ou outra cidade.
“Por exemplo: um dos roteiros abrangerá as Cidades Históricas de Minas Gerais. Isolada, nenhuma cidade será beneficiada, por exemplo, Sabará ou Vila Rica. Nós iremos trabalhar as regiões de interesse. E a Baixada Santista, se apresentar um projeto interessante a nível regional, também será contemplada”.
A possibilidade de escolha de Santos e Guarujá como Cidades Base durante os Jogos foi confirmada pelo ministro do Esporte, Aldo Rebelo. Ele afirmou que ambas possuem as “credenciais” necessárias para abrigar qualquer uma das 32 seleções que disputarão o torneio. “Claro que será preciso realizar algumas obras para incrementar a infra-estrutura turística. Mas o Governo Federal estará empenhado nesse sentido”.

 

Restaurante Escola

 

O Ministro do Turismo aproveitou sua viagem a Santos para inaugurar, em parceria com a Secretaria de Turismo de Santos (Setur), o primeiro Restaurante Escola da Região. Batizado de Estação Bistrô, o equipamento será mantido pela Sociedade Visconde de São Leopoldo e a equipe técnica que dará as aulas será oferecida pela Universidade Católica de Santos (UniSantos).

Com um investimento inicial de R$ 990 mil por parte do MTur, o projeto receberá agora recursos do Ministério para a compra de alimentos (por quatro meses) e pagamento dos professores (por dois anos).

Na análise do prefeito de Santos, João Paulo Tavares Papa, a participação do Ministério do Turismo foi decisiva: “Ter à frente do MTur uma pessoa com experiência administrativa e de vida é um conforto para os gestores das cidades turísticas brasileiras, como Santos e a Baixada Santista”.

Por sua vez, Gastão Vieira defendeu a missão de sua pasta: “O turismo é, talvez, a atividade econômica mais forte do mundo. Ela permite que as pessoas conheçam novos locais e tenham novas experiências. E isso se traduz em felicidade”.

A região do Valongo, que hoje reúne, além do novo restaurante e da estação de bondes, a sede da Secretaria de Turismo, é um dos orgulhos da nova fase de Santos. Afinal, há cerca de quatro anos esse bairro portuário era um misto de decadência e degradação. “A escolha da estação de bondes para abrigar o restaurante-escola foi muito feliz. Essa região, agora restaurada, fará parte do futuro de jovens que buscam a melhoria de suas vidas”, concluiu Gastão Vieira.

Enhanced by Zemanta

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s