Santos oferece lazer e entretenimento em passeios gratuitos

O fim de semana prolongado é uma oportunidade para turistas e santistas aproveitarem para visitar ou participar das atrações que a cidade oferece no Centro Histórico, orla e Zona Noroeste. As possibilidades incluem desde visitação a parques públicos e museus, apresentações musicais ao ar livre, feiras de artesanato, caminhadas pelas alamedas dos jardins ou no calçadão praia, pedaladas nas ciclovia, ginástica, leitura ou a contemplação da natureza.

A escolha do programa pode ser feita nos PITs (Postos de Informações Turísticas), onde é possível obter dicas de roteiros, culinária, endereços e preços das atrações, além da programação cultural e esportiva dos finais de semana.

O Centro Histórico conta com com um posto na Rodoviária e outro na Estação Buck Jones (Praça Mauá). À beira-mar são quatro: Aquário (Ponta da Praia), Central Metropolitana de Informações Turísticas (antiga Ilha de Conveniência, na praia do Boqueirão), Bonde do Gonzaga (Praça das Bandeiras) e Parque Municipal Roberto Mário Santini (emissário submarino).

História
No Centro Histórico, a pedida é fazer o trajeto de cinco quilômetros da linha turística do bonde, que passa por 40 pontos de interesse histórico e cultural, acompanhado por guia da Setur (Secretaria de Turismo). O roteiro inclui o Outeiro de Santa Catarina (marco da fundação da cidade), Casa do Trem Bélico, Igreja do Convento do Carmo, Pantheon dos Andradas e Paço Municipal.

Passa também pela Casa da Frontaria Azulejada, Bolsa do Café, Estação do Valongo, o futuro Museu Pelé, Palácio Saturnino de Brito e a Catedral. O passeio custa R$ 5,00.

Na orla
Mais que o banho de mar, a orla é um imenso espaço que pode ser aproveitado para descanso ou a prática de atividades esportivas e de lazer. São 5.335 metros de extensão, englobando os passeios externo e interno, ciclovia, alamedas e canteiros. Partindo do José Menino sentido Ponta da Praia, a primeira atração é o Parque Municipal Roberto Mário Santini sobre a plataforma do emissário.

Há espaço para prática de skate, caminhadas, playground e o Museu do Surf, com a história do esporte na cidade. Aos domingos, a Secult (Secretaria de Cultura) promove o projeto Música no Quebra-Mar, às 19h.

Seguindo pelo jardim, podem ser encontrados monumentos e bustos de personalidades que contribuíram para o desenvolvimento da cidade. No Boqueirão, encontram-se a Gibiteca Marcel Rodrigues Paes (Posto 5) e a FeirArte, que ocorre aos sábados, das 15h às 22h.

Na sequência, a Biblioteca Municipal Mário Faria (Posto 6) e a Fonte do Sapo, na Aparecida, onde acontece o ‘Baile na Praia’, aos domingos. O roteiro inclui ainda o Aquário e o Deck do Pescador, ambos na Ponta da Praia.

Zona Noroeste
A Zona Noroeste oferece dois pontos de interesse turístico e cultural: o Jardim Botânico Chico Mendes, com 90 mil m², onde são cultivadas as plantas que ornamentam jardins e praças da cidade, e o Engenho de São Jorge dos Erasmos, o mais antigo engenho de cana-de-açúcar do país.

Enhanced by Zemanta

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s