Santos lembra futebol de várzea, eterno celeiro de craques na região

O dia 1º de maio, além de comemorar o Dia do Trabalho, também festeja o Dia do Futebol de Várzea de Santos. Para recordar um passado vitorioso, onde havia dezenas de campos e times espalhados por toda a Baixada Santista nas décadas de 60, 70 e 80, o Clube Regatas Saldanha da Gama, na Ponta da Praia, reúne ex-atletas, digentes e simpatizandos da modalidade.

A programação do dia 6 de maio vai ser iniciada às 8 horas com partida amistosa entre o Saldanha da Gama e o Clube da Ponta, na categoria veteranos. Depois, mais 5 partidas marcam a ‘rodada’. Os confrontos serão dados por times tradicionais da região, como Praça Maldita, Juventude, XI Santista, Barreiros e Largo São Bento.

Após o encerramento de cada partida serão entregues troféus a personalidades e veículos de comunicação considerados parceiros da modalidade. E para animar a festa, a partir das 13 horas, a Banda do Ouro Verde e o Conjunto Lua Prateada.

O evento, de caráter beneficente, receberá doações de alimentos não perecíveis, onde cada quilo arrecadado será revertido a um cupom numerado para os convidados concorrerem a dezenas de brindes, como uma camisa oficial do Santos FC autografada pelos jogadores, bicicletas, óculos de sol, camisetas e kits de revistas e publicações atuais.

História

Nos anos 60, 70 e 80 o futebol de várzea santista era considerado o principal meio de prática esportiva e de lazer dos moradores. Existiam aproximadamente 100 campos de futebol espalhados pela região, além de mais de uma centena de times com seus uniformes e distintivos coloridos, quase sempre fazendo uma referência especial a um time profissional brasileiro ou simplesmente ao lugar (bairro e vila) onde as equipes atuavam.

Agremiações como o São Paulo FC do Macuco, Palmeiras AC do Embaré, SC Corinthians Santista e GE Athié faziam verdadeiros clássicos do futebol regional e levavam multidões aos campos dos bairros da cidade.

E como haviam muitos times, era natural surgirem grandes jogadores, como o goleiro Gilmar dos Santos Neves, do Vila Hayden FC e posteriormente bicampeão mundial pelo Santos FC e pela Seleção Brasileira ou Clodoaldo Tavares Santana, do SE Barreiros do Saboó, campeão mundial pela Seleção Brasileira, além de diversos títulos pelo Santos FC.

Completam ainda a lista de atletas oriundos da várzea santista, nomes como Negreiros, Neiva, Baltazar, Samarone e Didi. Atualmente, com a expansão imobiliária nas cidades da Baixada Santista, os campos deram lugar as grandes construções e, por consequência as manhãs de domingo são dedicadas a outras atividades de lazer, estabelecendo ao futebol varzeano se render a uma imensa saudade e memórias de um tempo que não volta mais.

Enhanced by Zemanta

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s