Porto Valongo terá licitações em 2013

O estudo final de viabilidade técnica, econômica, social e ambiental do programa de revitalização Porto Valongo Santos estará concluído até outubro. A garantia é do secretário municipal de Planejamento, Bechara Abdalla Pestana Neves.

Realizado pela empresa Ove Arup & Partners, o plano de ocupação e de sustentabilidade tem como objetivo a construção de um complexo turístico, empresarial, cultural e náutico na região dos abandonados armazéns 1 ao 8.

Para viabilizar o que está planejado nessa área, de 141,9 mil metros quadrados, estão previstos investimentos de R$ 554 milhões.

O representante do Executivo participou, ontem à tarde, de uma reunião do Conselho de Câmaras Setoriais da Associação Comercial de Santos, cujo tema foi o andamento de projetos para a revitalização do Centro Histórico.

O impacto dos investimentos de empresas privadas, da Petrobrás e do projeto Porto Valongo Santos transformará uma região bastante degradada do Município em um novo ponto turístico e cultural.

“Estamos trabalhando para que esse processo seja irreversível e garanta a continuidade de um projeto que trará muitos frutos para toda a região. Os grandes portos do mundo têm um complexo como esse. Santos não pode ficar de fora”, diz Neves.

Copa do Mundo

As primeiras licitações para viabilizar o complexo estão previstas para serem lançadas no início do próximo ano e deverão ser feitas de duas formas.

A União será a responsável pela concorrência para a construção do novo terminal de passageiros e de três novos berços de atracação de navios. O restante deverá ficar sob a responsabilidade da Administração Municipal.

O secretário afirma que a Prefeitura ainda está aguardando uma resposta do Governo Federal para a inclusão do projeto Porto Valongo Santos no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) da Copa do Mundo de 2014.

Se isso ocorrer, os processos de licitação e de licenciamento para a realização das obras do novo complexo serão mais ágeis.

Petrobrás

Outro importante projeto que é desenvolvido no Valongo é de responsabilidade da Petrobrás. A estatal construirá três torres (cada uma com 17 pavimentos) para a instalação da sede definitiva da Unidade de Negócios da Bacia de Santos (UN-BS), assim como o centro de integração de operações.

O gerente geral da UN-BS, José Luiz Marcusso, afirma que as obras estão em andamento e o primeiro edifício deverá ser entregue no dia 15 de março de 2014. O prazo inicial estabelecido era o final do próximo ano. No entanto, houve uma alteração no projeto, devido à uma rocha.

O prédio deverá abrigar cerca de 2.300 trabalhadores. O segundo está previsto para ser entregue em 2016 e o terceiro, dois anos mais tarde.

 

A Tribuna

Enhanced by Zemanta

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s