Em dois anos, Arena Santos se consagra como centro de treinamento

A Arena Santos chega aos dois anos de funcionamento no próximo dia 27 consagrada como um dos centros de treinamento mais avançados do país e com público superior a 350.000 pessoas. Com estrutura de ponta e padrão internacional, tornou-se referência para grandes eventos esportivos e culturais.

Construído pela prefeitura na Vila Mathias com recursos municipais e estaduais, o complexo cumpre sua função de múltiplo uso ao ser aproveitado para atividades esportivas e educativas. É a ‘casa’ de equipes que representam a cidade e serve também aos alunos do programa Escola Total/Jornada Ampliada, comunidade e visitantes.

O equipamento municipal tem encantado esportistas brasileiros e estrangeiros, como a equipe feminina de handebol da Noruega, que esteve no local durante o Campeonato Mundial, em 2011; e as seleções de basquete Sub-16 e Sub-17 feminina que, sob o comando da técnica Janeth Arcain, treinaram na arena visando competições internacionais.

“A cidade deve se orgulhar de ter um centro de treinamento deste nível. A Arena é um santuário do esporte santista e preencheu o vazio causado pelo fechamento dos clubes”, diz a coordenadora geral da unidade, Gilmara Cardoso.

A Arena Santos tem 11.000 m² de área construída e capacidade para 5.000 pessoas, estando apta para sediar competições internacionais de vários esportes. O piso da quadra amortece o impacto de saltos e quedas dos atletas. Tem pontos para a arbitragem informatizada, placar eletrônico, sistema de som e telão. Conta ainda com salas climatizadas para diversas atividades e administrativas, arquibancadas retráteis, com assentos e acessibilidade, elevadores, alojamentos, vestiários, cozinha, refeitório, estacionamento, camarotes, lanchonetes, despensa, lavanderia e sanitários. Existe ainda um setor exclusivo para cobertura jornalística, com cinco estúdios para transmissões ao vivo de rádio, tevê e internet.

Programação

A programação no complexo é extensa. Desde a manhã até a noite, o ginásio e a moderna sala de musculação estão ocupados com treinos das equipes masculinas e femininas de basquete, futsal, vôlei e de handebol. Os alunos do ‘Escola Total’, que frequentam o Cais Vila Mathias, usam a sala de múltiplo uso para atividades de recreação. A sala de artes marciais é dos judocas e dos adeptos do kendô.

Os eventos são outro forte. Em quase dois anos, a Arena sediou competições inéditas na cidade, como os campeonatos mundiais de handebol Feminino e de tênis de mesa, ambos seletivos para a Olimpíada, além do Brasileiro de Badminton. Tornou-se ainda sede da Festa Inverno e do Comitê Pró-Copa 2014.

Avanços

Técnicos de Santos apontam o ganho que a Arena Santos proporcionou ao desenvolvimento das equipes locais. Antonio José Assenção, o ‘Português’, treinador de handebol masculino, diz que não é possível mensurar os benefícios para os atletas santistas. “Este complexo deu-nos a possibilidade de treinar em uma estrutura de Primeiro Mundo, o que está repercutindo positivamente na performance do grupo”.

Responsável pela seleção santista de futsal feminino, Silvania Alves de Almeida, a ‘Sexta’, lembra que, antes da construção do complexo, as meninas não tinham quadra oficial. “Agora contamos com um espaço adequado para trabalhar. O grupo está evoluindo e ganhando mais agilidade”.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s