Expedição Interoceânica rumo ao Pacífico sai de Santos com 12 motociclistas

Santos foi o ponto de partida da 2ª Expedição Interoceânica 2012 realizada na última quinta-feira (15), pela manhã, no Emissário Submarino (praia do José Menino) visando a integração terrestre entre os oceanos Atlântico e Pacífico, ligando Brasil e Peru.

Doze motociclistas de vários pontos do País participaram da largada, eles levarão 17 dias, percorrendo 12 mil km, até chegar a cidade de Matarani (Peru) na Costa do Pacifico. O evento, que contou com a presença de várias autoridades, também tem por objetivo divulgar a moderna rodovia interoceânica, estimulando o turismo, conhecer a realidade logística e sócio-econômica das regiões, além de estreitar os laços de amizade entre os dois países.

Os participantes levaram ainda um galão com água do mar de Santos, que será despejado no Pacifico, num ato que simbolizará a união dos dois oceanos. A promoção é do Governo do Acre em parceria com o Grupo Star (Concessionária Honda) e apoio da Embaixada do Peru e da Prefeitura de Santos.

A expedição percorrerá uma rota turística internacional que conta com ecossistemas e biodiversidade envolvendo as regiões do Pantanal, Amazônia e Andes Pacifico. “Os pilotos viajam de dia e descansam à noite. Em cada local de pousada há uma infraestrutura e mais motociclistas vão se incorporando ao grupo. Acredito que até chegarmos a Matarani, no Pacífico, devemos contar com quase 50 participantes”, explicou Oswaldo Xavier Dias, idealizador do evento e diretor do Grupo Star.

O trajeto passa pelos estados de São Paulo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia e Acre (Rio Branco). No Peru envolverá a cidades de Puerto Maldonado, Puno, Arequipa, Cusco e Matarani. “Percorrer a estrada, sentir o vento no rosto, observar as diversidades geográficas e receber carinho das pessoas nas cidades é algo indescritível”, destacou o piloto paulista Edivaldo Aparecido Domingues, acostumado a aventura e que viaja com a esposa na garupa da moto.

A rota interoceânica, que agrega conexões com as vias BR 364 e BR 317 (em especial no Acre), torna-se um caminho mais rápido para as exportações do Brasil rumo ao Pacifico. “É um dos eventos mais importantes em termos de integração com Brasil e reforça os laços de amizade”, destacou o embaixador Peruano, Jorge Bayona.

Para a Secretaria de Turismo e Lazer do Acre, Ilmara Lima, a escolha de Santos como ponto de partida da expedição deve-se também pela importância estratégica do Porto. “É o maior da America Latina, inserindo agora uma nova rota terrestre que reforça os segmentos turísticos e econômicos com reflexos no Acre, que têm uma forte Zona de Processamento de Exportação”. Já para a secretária de Turismo de Santos, Wânia Seixas, a expedição pela estrada interoceânica, além da integração com o país vizinho, abre, também, novas possibilidades turísticas. “Pode-se sair de Santos e ter uma opção terrestre com moto, carro ou ônibus, para se chegar ao Pacifico”, explica ela. O evento de quinta-feira também contou com a presença de representantes dos governos do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Rondônia.

Enhanced by Zemanta

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s