Atividades marcam aniversário do Mercado Municipal

O Mercado Municipal completa 64 anos na terça-feira (27), mas a prefeitura realiza neste sábado (24) programação especial, que começa às 9h com missa em Ação de Graças. Às 10h30 será servido café da manhã para os permissionários dos boxes.

O Instituto Querô apresenta o curta-metragem Catraias, às 11h30. Após o Parabéns a você, haverá distribuição de bolo às 12h. No período da tarde, ocorrerá duas apresentações musicais: Clube do Choro, às 13h, e Cantores do Rádio – Grupo Purpurina, às 15h.

Paralelamente, às 9h, será aberta a Semana do Basta – Diga não à violência contra a mulher. O Mercado Municipal fica na praça Iguatemi Martins s/nº.

Antes do surgimento de super e hipermercados, ele era o local mais procurado de Santos para a compra defrutas, verduras e legumes, tão fresquinhos quanto os das feiras livres. Sem esquecer da alta qualidade de todos os tipos de carnes e da diversidade de outros produtos, muitos deles importados de várias partes do mundo.

Hoje, o Mercado Municipal de Santos, embora tenha perdido terreno para as grandes redes alimentícias,  continua fiel à boa oferta de produtos. Com 64 boxes, o imóvel da Vila Nova também dispõe de quiosques para lanche e café, açougue e peixaria. Abriga ainda a Seseg (Secretaria de Segurança) e postos da Guarda Municipal, do IBGE e dos Correios. É utilizado para eventos, como cursos profissionalizantes e de empreendedorismo, desfile de modas, Festa da Banana, exposições de artes, shows musicais e de dança.

No prédio anexo, a Codeso (Coordenadoria de Equipamentos de Desenvolvimento Social), da Seas (Secretaria de Assistência Social), e o Restaurante Bom Prato, que oferece café da manhã a R$ 0,50 e almoço a R$ 1,00, garantem o bem-estar dos frequentadores.

Situado na Praça Iguatemi Martins, o edifício marcou época em Santos como referencial para o santista e para os turistas. Há quem se lembre do ‘Chineses do Mercado’, tradicional bloco carnavalesco do passado.

A construção foi projetada pelo engenheiro José Maria Silva Neves em 1939, seguindo linhas arquitetônicas de tendência racionalista. A primeira etapa da obra, iniciada em 1943, foi concluída em 1948. A cobertura é sustentada por estrutura em pórticos de concreto armado. Com o tempo, o imóvel passou por transformações. Em 2003, houve ampla reforma, com substituição dos sistemas elétrico e hidráulico, janelas, telhados e do revestimento externo e interno.

Por manter o ar nostálgico dos anos 40 e 50, o prédio serviu de cenário de novela do SBT e dos filmes ‘Querô’, baseado na obra de Plínio Marcos, e de ‘Lula, o Filho do Brasil’.

 

Clique Arquitetura

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s