Associação Japonesa realiza 61º edição do UndoKai

imigrao_japonesa

Este ano, a realização do Undokai completará 61 anos, em Santos, assim como a fundação da Associação Japonesa de Santos (AJS). E as datas coincidem, no dia 1º de maio. O maior evento da comunidade japonesa na Baixada Santista contará com as tradicionais gincanas esportivas e apresentações culturais de Taikô (tambor), Odori, Aiki-do, Karatê, Kendô, entre outras, além de comidas típicas japonesas.

Assim como nos anos anteriores, o Undokai será realizado na Associação Atlética dos Portuários, com entrada pela Rua Joaquim Távora, 424 – Santos- Marapé. São aguardadas mais de duas mil pessoas. Mesmo com chuva, as atividades serão celebradas na quadra coberta do clube.

“Esperamos a presença de todos para mais uma festa da comunidade nipônica na Baixada Santista. Desde já, agradeço a colaboração dos voluntários, dos anunciantes, dos dirigentes, dos isseis, nisseis, sanseis e yonseis que sempre apóiam e contribuem para que este evento aconteça, afinal, sem o habitual esforço e a dedicação de nossa colônia, um traço cultural de nossos antepassados, este evento não seria possível. Espero que a 5ª (gossei) e 6ª (rokussei) geração, dêem continuidade a esta festa maravilhosa”, afirma Sergio Norifumi Doi, presidente da AJS.

Undokai ou Undoukai significa “reunião ou encontro de esportes”. Atualmente, os Undokais são realizados no Japão no mês de outubro, especialmente no dia 10, quando se comemora o Taiiku no Hi (Dia dos Esportes). No Brasil, os Undokais são realizados geralmente no mês de maio, em clubes ou por associações de japoneses e seus descendentes.

Tão popular e antigo que é, o primeiro da história da imigração japonesa no Brasil foi feito antes mesmo dos primeiros imigrantes pisarem em terras tupiniquins. O evento foi realizado pelos passageiros que estavam a bordo do navio Kasato Maru, em 1908. Desde então, em terra, os Undokai passaram a ser realizados anualmente e tornaram-se uma tradição. Os Undokai também são vistos como uma forma de promover a integração social na comunidade nipo-brasileira. Independentemente de qual região vinham as famílias de imigrantes, todos conheciam e sabiam como funcionava a dinâmica do evento.

 

A Tribuna

Enhanced by Zemanta
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s