Três corujas, novas aves em exposição no Orquidário

corujas

Três corujas da espécie suindara, reconhecidas por serem as únicas com o disco facial em forma de coração, são as novas atrações do Orquidário. De colorido claro, elas podem chegar a 37 cm de comprimento e envergadura de até 90 cm e têm peso aproximado de um 1,5 kg.

São duas fêmeas e um macho, que dividem o recinto com uma murucututu, a maior coruja tropical e uma das maiores do Brasil, e um mocho-orelhudo. Conhecido também como jucurutu, este último é a maior coruja do continente americano e a única espécie de seu gênero que vive nas Américas.

As três aves de rapina chegaram ao Orquidário em abril, transferidas de um parque de Mogi-Guaçu, fechado recentemente, e permaneceram em quarentena, para melhor acompanhamento de seu estado, conforme explicou o veterinário do Orquidário, José Fontenele.

As corujas consomem diariamente carne bovina ou de frango, e, uma vez por semana, um ratinho abatido, criado no biotério do parque. “Com isso, as aves não perdem seu instinto natural”, comentou.

Horário de funcionamento: de terça-feira a domingo, das 9h às 18h
Venda de ingressos até às 17h

Praça Washington, s/nº, José Menino.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s