Santos pode abrigar seleção mexicana durante a Copa do Mundo

mexico

No flerte entre as seleções que disputarão a Copa do Mundo de 2014 e as possíveis cidades sub-sedes, pode-se dizer que Santos e México estão em um estágio avançado do relacionamento. Expectativa confirmada essa semana pelo Comitê Paulista da Copa e pela Secretaria Municipal de Turismo (Setur), durante reunião do Comitê Pró-Santos na Copa 2014.

Das sete seleções que visitaram a Cidade, a mexicana veio por duas vezes e já estaria mapeando a Cidade. “Isso indica que não é apenas uma visita cordial. Essa batida de martelo pode acontecer oficialmente a partir de 6 dezembro, quando haverá o sorteio dos locais onde as seleções devem jogar na primeira fase”, explica a coordenadora executiva do Comitê Paulista da Copa, Raquel Verdenacci.

O interesse dos mexicanos e as histórias de Pelé e do Santos Futebol Clube são os combustíveis que destacam a Cidade diante das outras 15 candidatas no Estado. Mas os municípios concorrentes não são os únicos adversários. Os gargalos logísticos depõem contra Santos, e, segundo expectativa do titular da Setur, Luiz Dias Guimarães, não devem ser solucionados até junho de 2014.

Entre eles está a inexistência de um aeroporto na Base Aérea e os congestionamentos na entrada de Santos. “Vamos pagar uma conta pelo fato de a Cidade estar num amplo processo de reformulação”, admite ele. Entre as mudanças, a rodoviária passará por reforma.

E se em último caso a expectativa da hospedagem da seleção mexicana for frustrada, por uma questão geográfica, a presença da torcida não deve desapontar. O México costuma enviar o maior número de torcedores: expectativa de 20 mil para 2014. Prova disso é que a operadora CopaMex já arrendou as 4.300 vagas do transatlântico Divina, da MSC Cruzeiros.

O navio passará o período das competições na costa brasileira, ficando quatro dias atracado no Porto de Santos durante as semifinais.

Capacitação

O Comitê Pró-Santos Copa 2014, integrado por Prefeitura, esportistas e empresários, articula ações com diversos setores da sociedade. A última novidade é um curso básico de Inglês e Espanhol, com 250 vagas para cada idioma, oferecidas aos servidores públicos que atuam no atendimento direto à população, inclusive agentes de trânsito. O projeto Inglês Para Todos já capacita 40 guardas municipais.

 

A Tribuna

Enhanced by Zemanta
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s