Escultura no emissário passa por recuperação

A escultura da artista plástica Tomie Ohtake, no Parque Municipal Roberto Mário Santini (emissário submarino), inaugurada há cinco anos, recebe pela primeira vez trabalho de recuperação estrutural da sua base. A intervenção tem início quinta-fera (1º) e será feita gratuitamente pela empresa Engebasa, que executou e instalou a peça, e prevê o jateamento com granalha (fragmentos de metal) e pintura nos parafusos de sustentação do monumento.

“Isto irá proteger a base da estrutura, que sofre com a ação da maresia”, explica a engenheira Fabiana Pires, chefe do Departamento de Administração Regional da Zona da Orla/Intermediária. Após esta intervenção, com duração prevista de dois dias, a prefeitura construirá uma proteção em concreto sobre a base e fará a pintura geral da escultura de 20 metros de comprimento,15m de altura e dois de largura. Este trabalho terá início em duas semanas e deve ser concluído até o final de agosto. Ao todo, a recuperação é estimada em R$ 35 mil.

Histórico
A escultura de forma abstrata foi doada à cidade por Tomie Ohtake, artista de reconhecimento internacional, e inaugurada em 21 de junho de 2008 nas comemorações do centenário da imigração japonesa, com a presença do príncipe herdeiro do Japão, Naruhito. A peça em aço tem cerca de 80 toneladas e foi fabricada pela Cosipa/Usiminas, com patrocínio da empresa Gafisa. A cada dois anos, a Seserp (Secretaria de Serviços Públicos) realiza o trabalho de lavagem e pintura da peça.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s