Ayacucho, no Perú, é opção para feriado da Semana Santa

Com diversas atrações místicas e celebrações religiosas, o destino se destaca também pela oferta turística e gastronomia

 marca_peru

O Perú é famoso por oferecer variadas opções aos viajantes: destinos de cultura, natureza, arqueologia, praia, aventura, esportes e gastronomia. Para aqueles que buscam aproveitar o clima religioso da Páscoa fora do Brasil, uma boa dica é viajar até Ayacucho, no Perú. Localizada no Sul do país, na região de Ayacucho, a cidade tem aproximadamente 90 mil habitantes. Durante a Semana Santa, quando são representadas a Paixão, Morte e Ressurreição de Cristo, a região se volta para a devoção de fiéis e tradições centenárias.

O feriado laboral em Ayacucho tem início na Quinta-Feira Santa, quando os fiéis visitam diversos templos da cidade em busca do perdão. Na Sexta-Feira da Paixão as cerimônias continuam, com a procissão do Señor de la Agonía y La Virgen Dolorosa; no sábado é realizada a procissão do Señor de la Parra; e o Domingo de Ramos representa a chegada de Jesus a Jerusalém. Mas as celebrações religiosas já começam na Segunda-Feira, com a procissão do Señor del Huerro, aonde é celebrada a oração que Jesus realizou no Horto de Getsêmani. Na Terça é encenada a Procissão Señor  de la Sentencia, que representa o dia em que Jesus apareceu torturado; e no dia seguinte ocorre a procissão El Encuentro,  que lembra o momento em que a Virgem Maria encontrou Seu filho a caminho do Calvário.

Ápice da Semana Santa, na Sexta-Feira Santa, ao meio dia, os visitantes poderão assistir ao Sermão das Sete Palavras e, a noite, contemplar o desligamento das luzes da Plaza de Armas, que então é iluminada por diversas velas brancas dos fiéis que acompanham a caminhada do Señor del Santo Sepulcro y La Virgen Dolorosa. No Sábado de Aleluia é realizada uma cerimônia em que a Plaza das Armas se torna cenário de uma grande queima de fogos que dura até a madrugada.

O Domingo de Páscoa se torna um evento especial na cidade de Ayacucho, com uma grande escultura de Cristo, representando a Sua Ressurreição, carregada por diversos fiéis na Plaza Mayor.

 

_Ayacucho

 

Arquitetura, cultura e história

 

Além dos eventos especiais da época, os viajantes de Ayacucho podem curtir diversas atrações turísticas, como La Catedral, que foi construída no século XVII com estilo mestiço – elementos renascentistas e barrocos –, bem como diversos templos, com destaque para o Templo de Santo Domingo – durante as celebrações da Semana Santa saem de lá, em procissão, imagens do Cristo Crucificado e da Virgem Dolorosa.

Os turistas que quiserem agregar opções não religiosas à viagem até Ayacucho, a cidade oferece outras sugestões. Para os mais aficionados por história e arquitetura, a região é um prato cheio. O Arco del Triunfo ou de San Francisco, que garante belíssimas imagens para os viajantes, foi construído em 1910 em comemoração à vitória contra as forças espanholas, em 1886, que tentavam reconquistas suas antigas colônias.

A Casa Velarde Álvarez também vale ser visitada, uma vez que é uma das casas mais antigas da cidade, contando com um muro de pedra, talhado com duas paredes decoradas com motivos andinos (cobras, leões e lagartos, entre outros). Recentemente, em 2003, foram descobertas duas paredes incas durante um trabalho de restauração no interior da casa.

A 32 km de Ayacucho, ao Noroeste (cerca de 50 minutos de ônibus), está a cidade de Quinua, que conserva o espírito dos típicos povoados andinos, com seus habitantes se dedicando à cerâmica. Próximo de Quinua é possível conferir, ainda, o Santuário Histórico de la Pampa de Ayacucho, região da Batalha de Ayacucho que, em dezembro de 1824, definiu a emancipação do Peru e toda a América do Sul do domínio espanhol.

 

Gastronomia

 

A região de Ayacucho conta com diversos pratos típicos que encantam os amantes da boa gastronomia. Entre os destaques está o Patachi, tradicional sopa de trigo com bacon, carnes e vegetais, e o Teqtes, ensopado com ervilhas, abóbora, quinoa, feijão e farinha de batata, temperado com pimenta, alho, queijo, leite e ovos.

A Puca Picante, também típica da região, chama a atenção por ser uma sopa de batata com amendoim torrado, pimenta vermelha e coberta com molho de torresmo de porco, servida com arroz e salada.

Entre as bebidas típicas, o destaque é o Ponche preparado com amendoim, gergelim e diversas especiarias; além das tradicionais chichas.

 

 

PROMPERÚ

A Comissão de Promoção do Perú para a Exportação e o Turismo (PROMPERÚ) é um órgão do Ministério de Comércio Exterior e Turismo, cujo trabalho é desenvolver estratégias de posicionamento do turismo, promover as exportações e atrair investimentos externos ao país.

 

 

Enhanced by Zemanta

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s