12ª Feira de Orgânicos no Jardim Botânico

Green salad background

No primeiro domingo do mês de dezembro, das 9h às 13h, será realizado a Feira de Produtos Orgânicos, no Jardim Botânico. A 12ª edição além de  hortifrútis, molho de tomate, geleias, mel, sucos, vinhos e artigos de limpeza, contará com apresentação da linha de roupas de algodão orgânico e de cosméticos naturais certificados.

Várias receitas oferecidas pelos chefs André Ahn (restaurante Guaiaó) e Brunno Corrêa (site 100 Chefs) serão oferecidas para degustação. Na cantina, o Grupo NaturOm venderá salgados, doces e bebidas veganas.

Além de produtos alimentícios a feira terá quick massage (massagem), tai chi e capoeira. As crianças poderão se divertir com contadores de histórias oficinas de gastronomia e reciclagem, Jogo de Trilha Ecológica e ecopalhaçadas, além de apresentações musicais, dança e terapia comunitária.

Revitalização do Jardim Botânico Chico Mendes

Jardim Botânico

O Jardim Botânico Municipal Chico Mendes, no bairro Bom Retiro será revitalizado. O parque terá mais atrações entre elas um  prédio de 335 m² que abrigará o Departamento de Parques e Áreas Verdes, uma torre de observação com 21 metros de altura, para a observação de aves e vista panorâmica do parque e o ‘Cubo Cultural’ que com 90m²  às margens do lago central, será destinado para ações educativas e artísticas.

Também serão construídos no  lago novos taludes (rampa, declive) e uma ponte interligando a margem até a área central, onde será feito um jardim. O entorno também ganhará novo paisagismo e bancos. Dentro da remodelação o antigo lago do meio foi aterrado para servir de esplanada para o ‘Cubo Cultural’, enquanto o lago menor será mantido com as plantas aquáticas.

Jardim Botânico completa 19 anos e comemora com distribuição de mudas

santos1

Há 19 anos, em 25 de setembro de 1994, era fundado o Jardim Botânico Chico Mendes, no Bom Retiro. É do seu viveiro de mudas que saem todas as plantas para os jardins da cidade. O local porém, funciona desde o início da década de 70, quando era denominado Horto Municipal.

O parque conta com 18 coleções botânicas (300 espécies), com exemplares da Amazônia, Mata Atlântica e Restinga, entre outros, que a cada ano atraem mais de 90 mil visitantes.

O público tem à disposição atividades de educação ambiental, como horta ecológica, jardinagem e laboratório de botânica a céu aberto. Outras atrações são as feiras de orgânicos, no primeiro domingo de cada mês, e a de orquídeas.

Em breve, haverá um novo prédio para abrigar o Depav (Departamento de Parques e Áreas Verdes), da Secretaria de Meio Ambiente, e duas edificações para o público: o Cubo Cultural (voltado a ações educativas e artísticas, exposições e eventos), e a torre de observação de aves.

Distribuição de mudas

Para comemorar a data e também a Semana da Primavera, o parque preparou programação voltada a estudantes e à comunidade.
Nesta terça-feira, às 14h, o técnico do herbário da Unisanta, Antônio Aires Filho, faz palestra sobre evolução da microscopia na Botânica, aberta ao público.

Na ocasião, a Unisanta doará dois microscópios e uma lupa para pesquisas do parque municipal. À tarde, um grupo de estudantes participa de atividade de jardinagem.

Na quarta-feira, data do aniversário da unidade, haverá distribuição de mudas de árvores ao público que visitar o Jardim Botânico, das 8h às 18h.

Nessa mesma data e no dia seguinte, alunos de escolas municipais participam do laboratório de botânica a céu aberto, para conhecer como se faz a coleta de espécies para um herbário.

Reforma no Jardim Botânico Chico Mendes

O Jardim Botânico Chico Mendes ficará de cara nova. Em execução pela prefeitura, a revitalização tornará ainda mais atraente a segunda maior área verde da cidade – a primeira é o jardim da orla – e a principal atração da zona noroeste. A intervenção, realizada no lado direito do parque, ampliará as opções de lazer e proporcionará melhores condições de trabalho e de desenvolvimento dos programas ambientais.

Entre as novidades do projeto elaborado pela Semam (Secretaria de Meio Ambiente) está a construção de uma torre de observação com 20 metros de altura para contemplação da imensa área de 90 mil m² e da variedade de pássaros que desfrutam do parque.

Ela terá quatro patamares para diferentes pontos de visualização, sendo dois recuados para abrigar visitantes da chuva e do sol, e outros dois com amplo terraço. A partir do segundo andar, uma passarela ao ar livre fará interligação com a cobertura do ‘Cubo Cultural’ – outro destaque do projeto -, com 10 metros de altura. O desenho de um quadrado de dois lados vazados sugere o nome desse prédio, que além do terraço verde na área superior, terá espaço coberto voltado para práticas de ações educativas e artísticas.

O projeto prevê também um novo prédio administrativo destinado ao Depav (Departamento de Áreas Verdes), na extremidade do parque, com acesso direto à Rua Amadeu Barbielini. O Depav sairá da antiga casa, de 200 m², localizada na entrada do Botânico, que será adaptada para abrigar a Sala Verde/Biblioteca/Videoteca e a Coordenação de Parques Ambientais.

O setor passará a funcionar em um prédio de 300 m², com dois andares, contendo salas administrativas, de reunião, oficinas, três sanitários, vestiário, almoxarifado e estacionamento. Nesta quinta (11), 11 funcionários da empresa contratada finalizavam as fundações do edifício.

Outras melhorias

A revitalização abrangerá ainda as alamedas no entorno do lago, com design que utilizará concreto, paralelepípedo e madeira ecológica. “De traços contemporâneos, o projeto é totalmente acessível e com equipamentos que fomentarão a educação ambiental, a conservação da biodiversidade e o turismo. Um dos principais ganhos será a retirada dos caminhões de serviço do Depav do acesso principal ao parque, favorecendo o trânsito dos visitantes”, explicou o responsável pelo projeto, o arquiteto Adão Ribeiro.

Prevista para terminar em seis meses, a reforma tem custo orçado em R$ 1.095.256,55, verba oriunda do Fundo de Estâncias. A obra de revitalização do lado esquerdo do Jardim Botânico está em fase de estudo pelos técnicos da prefeitura.

Vocação

Atendendo às recomendações do Sistema Nacional de Registro de Jardins Botânicos, do Ministério do Meio Ambiente, o parque obteve importante conquista neste ano, com a classificação na categoria C do órgão.

A preservação de espécies de plantas, pesquisa e educação ambiental, além do cultivo de mudas para abastecer o jardim da praia e logradouros é o objetivo do Botânico.

O acervo do parque é formado por mais de 300 espécies vegetais, divididas em 20 coleções, com destaque para Mata Atlântica, Amazônia, espécies em extinção, como o pau-brasil, as árvores de madeira de lei e 65 tipos de palmeiras, inclusive a imperial, usada na arborização da Av. Ana Costa.

Para o público são oferecidos cursos de horta ecológica, permacultura (cultura permanente), jardinagem da vovó Florinda e observação de pássaros. E mais: programas de educação ambiental, trilhas com monitorias, biblioteca e brinquedoteca. Os lagos, alamedas e playground são outros chamarizes do parque, que costuma receber cerca de 3 mil visitantes por mês, incluindo os passageiros da Linha Conheça Santos – Zona Noroeste, uma dos serviços oferecidos pela Setur (Secretaria de Turismo). O endereço é Rua João Fraccaroli s/n°, Bom Retiro, e funciona diariamente, das 8h às 18h, com entrada franca.

Feira de Orquídeas é opção de lazer neste final de semana

Para quem gosta de curtir a natureza e cultivar flores, um bom programa para este final de semana é a  Feira de Orquídeas, neste sábado e domingo, das 8 às 18 horas, no Jardim Botânico Chico Mendes (rua João Fraccaroli s/n°), na zona noroeste.  Entre as espécies, destacam-se a Cherry baby, com aroma de chocolate,  e  Dendrobium, com cheiro de mel.

Os visitantes podem adquirir ainda vasos plásticos, adubos orgânicos e químicos, caixetas e substrato adequado para as plantas. O serviço ‘SOS Orquídeas’ dá informações sobre  plantio, cultivo, quantidade de água, exposição ao sol, prevenção e controle de pragas e manutenção geral de orquídeas.

Enhanced by Zemanta

Feira de Produtos Orgânicos no Jardim Botânico promete preços mais acessíveis

Neste final de semana será realizada a Feira de Produtos Orgânicos no Jardim Botânico, no Bom Retiro, Zona Noroeste. Segundo a organização da feira, os produtos estarão com preços mais acessíveis do que os praticados nos mercados tradicionais.

Neste sábado e domingo, das 9 às 15 horas, três expositores irão comercializar verduras, legumes e frutas cultivados sem uso de agrotóxicos, além de ovos, frango, pães, bolos, biscoitos, queijos e laticínios em geral, chás, café, doces, cereais, entre outros produtos sem nenhum tipo de aditivo químico ou pesticida.

Serão realizadas também oficinas de degustação e de alimentação natural. Durante o período da feira, a cada meia hora o público poderá participar gratuitamente de oficinas de horta caseira e de vivência floral (Ikebana).

A iniciativa, em comemoração ao início primavera, é da Prefeitura de Santos e conta com o apoio da Santo Orgânico, Korin Meio Ambiente, Sítio Boa Esperança, Aovale (Associação dos Produtores Orgânicos do Vale do Ribeira) e Igreja Messiânica.

Serviço:

Feira de Produtos Orgânicos
Dias 22 e 23/09 – Sábado e domingo
Horário: das 9 às 15 horas
Local: Rua João Fracarolli, s/n, (travessa da Rua Jovino de Melo), no Bom Retiro, Zona Noroeste.

Enhanced by Zemanta