Vila do Teatro é novo ponto cultural na Praça dos Andradas

A Vila do Teatro abre as portas nesta quinta-feira (31), às 19h, no Centro Histórico, para oferecer, gratuitamente, arte e cultura. Instalada na Rua Visconde do Embaré, nº 6, ao lado da rodoviária, na Praça dos Andradas, a Vila é resultado de antiga reivindicação de artistas da região e tem o apoio da prefeitura, que cedeu o imóvel.

Com mais esse espaço, a Praça dos Andradas e seu entorno seguem em processo de renovação, caracterizando cada vez mais como ponto de referência cultural. A transformação começou com a reinauguração do Teatro Guarany, em dezembro de 2009. Em seguida, foi aberta a Escola de Artes Cênicas Wilson Geraldo, no prédio anexo ao teatro.

No ano passado, o Espaço Aberto (iniciativa privada) passou a funcionar ao lado do Guarany. A Cadeia Velha (do governo do Estado), atualmente em reforma, é outro lugar onde são realizadas atividades no mesmo perfil.

“Nós artistas temos a ideia de fazer daqui uma espécie de Praça Roosevelt (tradicional centro cultural paulistano)”, diz Raquel Rollo, componente da Trupe Olho da Rua, um dos grupos que vai gerir a Vila do Teatro. Ela será ocupada ainda por mais duas companhias: Oficina do Imaginário e Quarteto Trio Los Dos. O coletivo (como é chamado no meio artístico o conjunto das três companhias), vai oferecer saraus e oficinas gratuitas, além de apresentações.

Programação de abertura
As atividades começam às 19h, com cortejo na Praça dos Andradas, seguida, às 20h, da cerimônia da abertura no interior da Vila do Teatro. A partir do dia 1º de junho, das 14h às 19h, iniciam as inscrições gratuitas para oficina de circo, teatro de rua e dança. Informações: www.santos.sp.gov.br/agendacultural.

2ª Virada Ilegal em Santos

Com o objetivo de solidificar a cena musical independente da Baixada Santista, o Coletivo Futuráfrica realizará, pela segunda vez, a Virada Ilegal de Santos, em 19 e 20 de maio. O projeto acontece em paralelo à Virada Paulista, que acontece em Santos e em varias cidades do interior de São Paulo. O local é a nova casa de shows e festas, BASE Arte e Cultura, localizado na Rua da Constituição 415, e contará com 25 atrações locais, entre bandas e DJs. O evento terá ENTRADA GRATUITA durante todos os dias

Sucesso absoluto ano passado, a Virada Ilegal de Santos é inspirada no projeto homônimo que acontece paralelamente à Virada Cultural de São Paulo e é organizado pelos DJs e produtores da You & Me on a Jamboree, que são especialistas em musica jamaicana dos anos 60.

Nesse ano, A Virada Ilegal conta com as participações de varias bandas e artistas como Caio Bosco, Zebra Zebra, Olhos de Carla, Big Nitrons, e muito mais. No line up de DJs, Reggay 420, os DJs da Futuráfrica, Beto Machado, e outros, que tocarão do eletrônico à música brasileira e gêneros diversos.

O início da programação será às 18h do dia 19: haverá uma exposição coletiva com os principais designers de arte urbana na região.

Serviço:
Data: 19 e 20 de Maio
Horário: 18h de sábado (19) à meia noite de domingo (20)
Local: Base Arte e Cultura, Rua da Constituição 415 – Santos

Veja a programação:

Sábado, 19 de maio

18:00 – Abertura – Exposição Coletiva de Artes Visuais + discotecagem Baka
19:20 – Dóla Rodrigues
20:00 – Coletivo Valsa
20:40 – Sidarta
21:20 – Beto Machado recebe Preta Rara – Nova Era – Kayllan Oliveira
22:20 – Caio Bosco
23:00 – Baile AfroJazzLatino
00:00 – Moscoow
00:40 – Reggay 420
01:40 – Big Nitrons
02:40 – Futuráfrica Sound System
04:00 – Dubianchi vs Guztep
05:00 – DJ Phonica

Domingo, 20 de maio

14:00 – Big Malte Blues
15:00 – Casa de Ervas
16:00 – Olhos de Carla
17:00 – Zebra Zebra
18:00 – Radiola Super Nova
19:00 – Chiapas Livre
20:00 – P.P.T.
21:00 – Flann
22:00 – Soulmate

*Agenda sujeita a alterações

 

http://viradailegalsantos.blogspot.com.br/

Enhanced by Zemanta

Seminário e lançamento de livro vão marcar aniversário do porto

Dentro das comemorações do 120º aniversário do porto de Santos, haverá no próximo dia 29 o seminário Porto + 120 e o lançamento do livro Porto de Santos – 120 anos de história, às 14h, na Estação Santos, à Rua Tuiuti, 56, Centro Histórico. Os interessados podem se inscrever gratuitamente no endereço eletrônico inscricao@porto120.com.br. As vagas são limitadas. O evento é uma realização da Editora Brasileira de Arte e Cultura.

O seminário tem como tema Memória e Patrimônio, discutido em quatro painéis. O primeiro, às 15h, enfoca Reflexões sobre a expansão do porto de Santos: história e avanços tecnológicos, com a professora doutora Clotilde Paul e o engenheiro Sérgio da Costa Matte. Em seguida, a arquiteta Débora Blanco Bastos Dias fala sobre Impactos urbanos: patrimônio imaterial e sua utilização ou reutilização no desenvolvimento das atividades portuárias e retroportuárias.

Às 17h, o secretário municipal de Assuntos Portuários, Sérgio Aquino, ministra palestra sobre Preservação e futuro: desafios e oportunidades com projetos de revitalização de áreas e fomento ao turismo, juntamente com o diretor de planejamento estratégico e controle da Codesp, Renato Ferreira Barco.

O último painel sobre Sustentabilidade e expansão: investimentos em infraestrutura portuária estará a cargo do economista Gesner Oliveira e do mestre em direito Fernando Marcato.

Em seguida, será definido o tema para o seminário em 2013. A programação termina com o lançamento do livro Porto de Santos – 120 anos de história, que tem apoio da Fams (Fundação Arquivo e Memória de Santos), Prefeitura de Santos, Codesp, Agência Estado, Libra Terminais, Ultracargo, Berkley Brasil e Transbrasa. Mais informações em www.porto120.com.br.

Enhanced by Zemanta