Obra no porto de Santos vai beneficiar passageiros de cruzeiros

Uma obra no porto de Santos, no litoral de São Paulo, vai permitir que o cais de Outeirinhos receba o dobro de navios ao mesmo tempo. Os passageiros de cruzeiros também serão beneficiados pelas mudanças. As mudanças acontecem para melhorar o local para a Copa do Mundo de 2014, que acontecerá no Brasil.

Os navios que ficarão atracados no local em 2014 poderão servir como hotéis flutuantes e ampliar a capacidade de Santos receber turistas. “Já entraram em contato com a gente, no caso de ter um navio para fazer, por exemplo, Santos-Rio, por causa dos jogos. Enfim, não tem nada ainda firmado, mas já existem várias sugestões de que aconteça operação de navio aqui durante a Copa do Mundo”, afirma a gerente do Concais, Sueli Martinez.

A obra começa próximo ao cais da Marinha. Quase 700 estacas serão colocadas em toda a extensão do cais com a ajuda de um guindaste. Atualmente, apenas três navios podem atracar. A obra vai avançar alguns trechos até 20 metros para dentro do canal, e criar uma linha reta no cais de Outerinhos. A extensão dos berços de atracação vai dobrar, e terá capacidade para seis navios ao mesmo tempo.

A obra ainda vai aumentar a área disponível para movimentação de cargas e passageiros, a chamada retro área. “O navio atraca, supondo, um pouco distante do terminal, nós vamos tirar o passageiro pela área interna do cais. Hoje nós temos que buscar o passageiro de ônibus, trazer pelo lado de fora. Tudo vai acontecer aqui dentro, ou seja, a logística vai mudar muito, vai melhorar muito e o passageiro será melhor atendido”, diz Sueli.

A mudança vai trazer benefícios também fora da temporada de verão. É que quando não há navios de passageiros atracados e o terminal ficar fechado, navios de carga poderão atracar no local. E a movimentação de cargas no porto poderá aumentar mais de 3%.

G1

Enhanced by Zemanta

Ciclovias de Santos

A cidade plana e o clima litorâneo de Santos, litoral paulista, favorecem o uso da bicicleta como meio de transporte. Por isso a malha cicloviária de 21 quilômetros fica lotada no fim da tarde de dias de semana, quando adolescentes voltam da escola e trabalhadores voltam para casa, alguns carregando os filhos pequenos.
As ciclovias em Santos foram a saída encontrada para a cidade que não tinha mais para onde crescer. Delimitada por cercas verdes, elas tem ligação com as cidades vizinhas São Vicente e Guarujá (por meio da balsa). Diariamente, chegam a Santos, entre 6h e 9h, 7.960 ciclistas. Entre 17 horas e 20h30, o movimento é intenso na saída da cidade.
Os pontos fortes são a sinalização, a iluminação e as condições para ter um espaço sempre limpo. Cestas de lixo foram colocadas ao longo da ciclovia e ficam distantes poucos metros uma da outra. Todas as travessias de pedestres são pintadas no tom de vermelho e um totem azul mostra que ali é uma área de atenção. A iluminação, durante a noite, é feita por postes de luz branca separados por uma distância de poucos metros e os cruzamentos mais perigosos apresentam um semáforo especial para os ciclistas ou têm o chão trepidante para que eles sejam obrigados a diminuir a velocidade.

Santos ultrapassa 20 km de malha cicloviária

O município continua ampliando sua malha de ciclovias, o que consolida os avanços já conquistados ao longo dos últimos. A condição de ser uma cidade quase totalmente plana favorece a adesão a esta modalidade de transporte, que além de econômica, é saudável e ambientalmente correta. Com a inauguração do trecho de pistas exclusiva para bicicletas no Parque Municipal Roberto Mário Santini (praia do José Menino), a cidade alcançou a marca de 20,9 km de ciclovias.

Santos é destacada pela ABC (Associação Brasileira dos Ciclistas) como ‘cidade amiga da bicicleta’ pelo estímulo que dá ao uso desse meio de transporte. A malha cicloviária santista interliga as zonas Noroeste e Leste; e também a divisa com São Vicente na orla até a área portuária.

Ao longo da praia, da divisa com São Vicente até a Avenida Mário Covas Júnior (Portuária), na Ponta da Praia, são 7.874 metros. Nas avenidas Francisco Glicério e Afonso Pena, mais 6.250 metros; na Mário Covas, 3.050 metros; na Avenida Rangel Pestana, 476 metros; na Avenida Martins Fontes, 1.680 metros; e da Praça Dutra Vaz (em frente à Santa Casa) até a Praça dos Andradas, passando pelo túnel, são 1.600 metros.

A Prefeitura constriu mais um trecho de 680 metros, entre as praças dos Andradas e Lions, ligando a ciclovia da entrada da cidade ao Centro. Também estão sendo executados mais sete quilômetros de ciclovia: 3,5 km na Avenida Pinheiro Machado (Canal 1), e 3,5 km na Av. Ana Costa. Ambas interligarão a orla ao Centro, percorrendo inúmeros bairros da Zona Leste da cidade.

EXTENSÃO DAS CICLOVIAS E CICLOFAIXAS DE SANTOS

• Ciclovia da Orla – Total: 7.874 metros construídos
(do Emissário/José Menino até Avenida Mário Covas Jr.):

Emissário/Divisa com São Vicente – 600 metros

Emissário/Canal 1 – 554 metros
Canal 1/Canal 2 – 668 metros
Canal 2/Canal 3 – 1.035 metros
Canal 3/Canal 4 – 890 metros
Canal 4/Canal 5 – 720 metros
Canal 5/Canal 6 – 896 metros
Canal 6/R. Carlos de Campos – 651 metros
R. Carlos de Campos/ Ferry Boat – 1.600 metros
Ferry Boat/Mário Covas – 260 metros

• Ciclovia Francisco Glicério/Afonso Pena – Total: 6.250 metros construídos
(Av. Sen. Pinheiro Machado até Av. Mário Covas Jr.):

Canal 1/Av. Conselheiro Nébias – 2.450 metros
Av. Conselheiro Nébias / Av. Mário Covas Jr. – 3.800 metros

• Ciclovia Av. Mário Covas Jr. – Total: 3.050 metros construídos
(Praça Almirante Gago Coutinho até Av. Siqueira Campos/Canal 4):
A antiga ciclofaixa passou por obras de revitalização, com pista segregada das faixas de rolamento de veículos. Construção de calçadas, linhas-guias de concreto e asfaltamento da pista de bicicletas.

• Ciclofaixa Av. Rangel Pestana – Total: 476 metros construídos
Av. Ana Costa / Rua Brás Cubas

• Ciclovia Av. Martins Fontes – Total: 1.680 metros construídos

Praça Lions / Rua São Sebastião

•  Ciclovia Santa Casa/Túnel/Praça dos Andradas – Total: 1.600 metros

.Praça Dutra Vaz; Av.Cláudio Luiz da Costa; Av. Waldemar Leão; Túnel; Praça dos Andradas

• Praça dos Andradas até Praça Lions – aproximadamente 680 metros

• Ciclovia Canal 1/Orla – aproximadamente 3.500 metros (Praça Espaço Cidades Irmãs; Ruas Newton Prado; Rio Grande do Sul; Guilherme Álvaro; Alfredo Ximenez; Canal 1; Praça Dutra Vaz).

• Av. Ana Costa – aproximadamente 3.500 metros

MALHA CICLOVIÁRIA DE SANTOS = 20.930 metros construídos

Reportagem: IG

Informações: Prefeitura de Santos

Enhanced by Zemanta