Cláudia Marczak lança livro de poesias na Realejo Livros

“Falar e fazer poesia não é tão fácil assim. Escrevo desde muito pequena e logo que me letrei, descobri que minha forma de entender o mundo seria pelas palavras. Caos é uma palavra que me define bem e também a maneira como escrevo: intuitiva e emocional”. É assim que Cláudia Marczak se refere a “Caos”, seu primeiro livro, cujo lançamento será sábado, 3 de março, às 18h30, na Realejo Livros. Enquanto acontece a sessão de autógrafos, haverá a tradicional apresentação musical ao vivo com Theo Cancello e Edinho Godoy.

Cláudia já teve poemas lidos em rádios portuguesas, indicações de leitura em diversos blogs e participação na peça teatral “Pedaços de Mim”, encenada no Rio de Janeiro. Agora, “Caos” ganha sua versão física: um livro para quem gosta de sentir a poesia intensamente.

Detalhe: a foto que compõe a imagem da capa foi tirada nos primeiros 15 minutos de 2012, quando a autora, acompanhada da família tentava comemorar o ano-novo na praia, sob uma chuva insistente. Até o filho mais novo de Cláudia viu um caminho na areia. “Que na verdade era uma oferenda para saudar o novo ano. Ele não teve dúvidas: se o caminho era lá, lá ele foi. E aí a foto foi feita”, recorda.

Serviço:
Lançamento do livro “Caos”

Quando: Sábado, 3 de março, 18h30
Onde: Realejo Livros, Rua Marechal Deodoro, 2, Gonzaga
Entrada no evento é gratuita

Ficha técnica do livro:
Caos

Autora: Cláudia Marczak
Editora: PerSe
117 páginas
ISBN: 978-85-64280-55-7
2012

Sobre a Realejo:

A Realejo Livros nasceu como livraria em 2001, dentro da Universidade Católica de Santos. Em 2003, mudou-se para o espaço que hoje os clientes estão acostumados a frequentar, no coração do Gonzaga

O segundo capítulo dessa história teve início em 2006, quando José Luiz Tahan decidiu expandir seu trabalho, criando a Realejo Edições.

Mais tarde, em 2009, iniciou-se um novo capítulo com a estreia do festival internacional de literatura, a Tarrafa Literária. Inspirada em Paraty e Passo Fundo, sedes de outros grandes eventos literários, a Realejo criou um importante festival que já faz parte do circuito internacional das letras.

Hoje, a Realejo traz ao público diversas opções de eventos. Desde o chorinho todas às sextas e também o Realejinho, projeto especialmente voltado para a criançada nas tardes de sábado. Diversos cursos são realizados no local, bem como lançamentos de livros: os autores fazem sessão de autógrafos e batem papo com os leitores.

Horário de funcionamento: de segunda a sábado: das 9h às 21h.

Mais informações: http://www.realejolivros.com.br.

Jornal da Orla