Ciclistas de Santos aprovam a nova ciclovia da cidade

ciclovia

A nova ciclovia que liga as cidades de Santos e São Vicente, no litoral de São Paulo, foi inaugurada no último sábado (22). Quem passou nesta quarta-feira (26) para chegar ao trabalho aprovou o novo trecho que fica no bairro José Menino.

As obras duraram cinco meses. A pista de 580 metros de extensão tem quase dois metros de largura. O principal objetivo da nova ciclovia é oferecer mais segurança ao ciclista que agora não precisa mais dividir espaço com os carros na avenida da praia. Agora, eles passam junto a calçada na faixa de areia. “O que a gente tinha aqui era uma faixa de 2 mil pessoas em um horário de pico entre 7h30 e 9h, com o pessoal que vem de São Vicente. Com isso criou mais fluidez e tiramos o pessoal da rua”, explica o secretário de infraestrutura de Santos Nílson Barreiro.

A ciclovia está aberta desde o último sábado. Quem a utiliza diariamente para chegar ao trabalho aprovou o novo trecho. “Foi muito bom, muito mais fácil, muito mais prático da gente estar trabalhando, sem o perigo do trânsito, do carro bater atravessando a pista”, diz a dona de casa Kátia Braga. “Antigamente era muito cheio de gente, não dava para passar direto. Tinha acidente, e agora ficou muito bom”, completa a babá Iara Carmo dos Santos.

O medo dos ciclistas é quanto a iluminação da nova pista, para ajudar a evitar assaltos no trecho que passa atrás dos prédios na faixa de areia. “Foi garantido a colocação de 32 postes do mesmo padrão que a gente tem na ciclovia, que é um padrão que dá uma iluminação boa tanto para a areia, como para calçada”, diz o secretário.

Além de garantir a segurança dos ciclistas, a área também ganhou uma novidade para quem anda de ônibus, uma baia de embarque e desembarque de passageiros, no sentido São Vicente/Santos.

 

G1

Enhanced by Zemanta

Obras da ciclovia da divisa entram na fase final

ROGERIO_BOMFIM_7699

Reivindicação antiga dos moradores da região, a ciclovia da divisa Santos-São Vicente, na faixa de areia junto à calçada, está em fase final de obras. Nesta etapa, os trabalhos se concentram na aplicação de paisagismo, pintura da sinalização da pista de 508 metros de extensão, asfaltamento da baia de estacionamento de ônibus e término do guarda-corpo que separa a ciclovia da calçada.

A interligação da nova pista com as ciclovias da orla nas duas cidades será a última parte do empreendimento executado pela prefeitura. A expectativa é de que as obras terminem no final desta semana. Conforme projeto, a nova ciclovia tem pista com 580 metros de extensão e largura de 1,80 m a 2 m, além de sinalização horizontal e vertical, iluminação com 32 postes, piso em mosaico português recolocado nas áreas de intervenção e serviço de paisagismo separando a calçada e a área dos ciclistas.

Outra melhoria é a nova baia de embarque e desembarque de ônibus sentido São Vicente – Santos, com 4 metros de largura. Paralelo à baia, foi construído um calçadão de oito metros. “O grande impacto desta obra incide na questão da segurança das pessoas e em mais fluidez no trânsito”, explica o chefe do Departamento de Obras da Siedi, Glaucus Farinello.

No próximo ano, a prefeitura iniciará a retirada da ciclovia do canteiro central. Isso propiciará a melhora do tráfego na av. Presidente Wilson devido ao aumento da largura da pista de 10,9 m para 12,2 metros e à eliminação do semáforo para travessia dos ciclistas.

O projeto tem parceria da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), aval do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis), da SPU (Secretaria do Patrimônio da União) e da Semam (Secretaria Municipal de Meio Ambiente). O custo é de R$ 538.448,18, provenientes do Fundo das Estâncias.

Recomendação

A CET aconselha o ciclista a não utilizar a nova ciclovia enquanto não estiver concluída totalmente. A recomendação é o uso da pista no canteiro central da av. Presidente Wilson.

Ciclovia da divisa começa a ganhar novo traçado

Mais segurança, fluidez ao trânsito e qualidade de vida a pedestres, ciclistas e motoristas. Com estes objetivos, a prefeitura iniciou a construção da ciclovia da divisa entre Santos-São Vicente na faixa de areia, junto à calçada, contornando os prédios na orla do José Menino.

A obra tem o aval do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis), da SPU (Secretaria do Patrimônio da União) e da Semam (Secretaria Municipal de Meio Ambiente), e é executada sob supervisão da Siedi (Secretaria de Infraestrutura e Edificações).

Com projeto da Prodesan, em parceria com a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), a nova ciclovia terá 580 metros de extensão e largura variável entre 1,80 m e 2m. No momento, os serviços estão concentrados na fundação para apoio das placas que cobrirão o canal existente, próximo à divisa com São Vicente.

Seguindo os padrões da malha, a ciclovia contará com sinalização de trânsito horizontal e vertical. Um jardim separador será instalado entre a faixa de bicicletas e a calçada junto aos prédios. Haverá ainda reforço da iluminação com a colocação de 32 postes.

Já a ciclovia do canteiro central será retirada para melhorar o fluxo de veículos no trecho da avenida Presidente Wilson, principalmente nos horários de pico, pois passará de três para quatro faixas de rolamento, na pista sentido São Vicente-Santos, aumentando a largura da via de 10,8 m para 12,2 m. O trânsito também vai melhorar com a eliminação do tempo semafórico da travessia do ciclista.

Baia de ônibus – De acordo com a Siedi, também está prevista a construção de uma baia de ônibus (direção São Vicente-Santos), para embarque e desembarque de passageiros. Prevista para ser concluída em quatro meses, a obra tem custo estimado de R$ 538.448,18, provenientes do Fundo das Estâncias, do Dade (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias).

Boqnews