Movimento hip hop ocupa a Escola Popular de Arte e Cultura Plínio Marcos neste domingo

hiphop

Várias linguagens do movimento hip hop ocupam a ‘Escola Popular de Arte e Cultura Plínio Marcos’ (sede do Instituto Arte no Dique – avenida Brigadeiro Faria Lima, 1.349), domingo (3), a partir das 10h.

As atividades são gratuitas e incluem  oficinas de discotecagem, apresentação de DJs, dançarinos de break, grafite entre outras atrações.

A programação também inclui a Banda Querô, às 17h, e o rapper Criminal D, às 19h30.

Espaço para atividades culturais será inaugurado na ZNO

Com apresentações musicais, de dança e capoeira, será entregue sábado (30), às 11h30, o Espaço Mais Cultura – Escola Popular de Arte e Cultura Plínio Marcos, futura sede da ONG Arte no Dique. O imóvel, construído em terreno de 1.600 m² na avenida Brigadeiro Faria Lima, 1.349, Rádio Clube, zona noroeste, dispõe de salas de oficina cultural, teatro e música, estúdio e som, ambos com forro e paredes acústicas. Mais: setor de audiovisual e de dança, laboratório fotográfico e ateliês.

Já foram concluídas a estrutura metálica e de concreto, escada, rampa de acessibilidade aos edifícios, alvenaria interna e externa, coberturas, instalação hidráulica e elétrica. E ainda a rede de esgoto e de água, pintura e instalação do elevador.

Terminou também a aplicação do gesso no deck e marquises, colocação de pisos e revestimento de madeira, além de instalação de pias e portas dos sanitários. Está em curso o paisagismo, última etapa antes da entrega da nova sede.

No valor aproximado de R$ 2 milhões, a obra é uma realização do governo federal, por meio do Ministério da Cultura, em parceria com a prefeitura e apoio da Cohab-ST.

Boqnews
Enhanced by Zemanta