Emissário Submarino completa 35 anos

emissario

Uma vista privilegiada e sinônimo de diversão para moradores e turistas que visitam a Baixada Santista. Até mesmo quem frequenta constantemente a plataforma do Emissário Submarino, na orla da praia em frente ao bairro José Menino, em Santos, muitas vezes não tem ideia da importância do equipamento que passa sob o local onde hoje existe o Parque Municipal Roberto Mário Santini.

O equipamento, que completa 35 anos neste domingo, pertence à Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) e atende às áreas insulares das cidades de Santos e São Vicente. Antes de 1978, ano em que o Emissário Submarino de Santos foi inaugurado, os rejeitos destes municípios eram encaminhados pala lançamento no Canto do Forte Itaipu, em Praia Grande, em um sistema do início do século XX, época do engenheiro sanitarista Saturnino de Brito.

Em sua inauguração – que contou inclusive com a presença do presidente da República, Ernesto Geisel – a estrutura de 1,75 metro de diâmetro implantada a 12 metros de profundidade avançava quatro quilômetros em direção ao alto-mar, de maneira que as correntes marítimas afastassem os despejos da orla da praia. A tubulação possuía 40 difusores em sua ponta (hoje são 76), por onde eram liberados para difusão os efluentes tratados na Estação de Precondicionamento de Esgoto (EPC) de Santos, também no José Menino.

Ampliação

Em novembro de 2009, por meio dos investimentos do Programa Onda Limpa, o maior empreendimento de recuperação ambiental do litoral brasileiro, foram acrescentados novos 425 metros de dutos transportados para a emenda com apoio de 25 embarcações, 15 mergulhadores e dois helicópteros.

A instalação ocorreu em duas etapas: a primeira, realizada durante a madrugada, foi feito o transporte dos tubos até a ponta do Emissário existente e a segunda – o afundamento – ocorreu no período da manhã, depois da tubulação estar posicionada e alinhada. Esse trabalho foi realizado pelos mergulhadores, que fixaram a nova tubulação.

O Emissário possui capacidade total de vazão de sete mil litros por segundo, antevendo um crescimento populacional previsto para os próximos 30 anos, pelo menos. “Todos os projetos da Sabesp possuem a característica de antecipar tendências em pelo menos duas décadas para atender demandas das próximas gerações”, destaca o superintendente da Sabesp da Baixada Santista, engenheiro João Cesar Queiroz Prado.

Um exemplo do exposto pelo superintendente é o fato de que, mesmo em períodos de alta temporada, quando a população dos municípios atendidos pelo Emissário chega a aproximadamente 1,5 milhão de pessoas, a vazão máxima obtida no equipamento é de 5,3 mil litros por segundo.

O engenheiro residente na construção do Emissário Submarino de Santos e atual presidente da Associação Sabesp, Pérsio Faulin de Menezes, destaca que as obras, de proporções inéditas, atraíram a atenção de profissionais e estudantes de diversas localidades. “Recebíamos excursões de escolas, associações de classe e até mesmo o governador da época, Paulo Egydio Martins, trouxe seus colegas de universidade para acompanhar os trabalhos”, comenta.

tubulacao trazida da Itália 1978
Como funciona?

A função do Emissário Submarino é difundir, em alto-mar, o material previamente tratado na Estação de Precondicionamento de Esgoto de Santos (EPC). Para isso, o descarte que sai das residências passa por redes menores, por gravidade, às estações elevatórias até encontrar as linhas que encaminham os despejos à EPC: os interceptores Oceânico e Rebouças.

Ao chegar à EPC, o esgoto passa por dois processos para retirada de sólidos, a desarenação (retirada de areia) e o gradeamento (para demais resíduos sólidos). Nesta primeira etapa são retirados, diariamente, cerca de uma tonelada de areia e oito toneladas de outros sólidos – descartados de maneira indevida na rede de esgoto. Esses materiais são destinados a aterros sanitários autorizados e adequados para esta finalidade.

Os líquidos resultantes das primeiras fases passam por processos químicos preliminares para difusão em alto-mar. Somente após estes tratamentos os efluentes estão prontos para encaminhamento ao Emissário Submarino, de maneira segura à população e meio ambiente.

Todos os procedimentos são automatizados monitorados. O material lançado também é constantemente testado em laboratório. “A Empresa tem total compromisso com a qualidade de vida da população e a preservação do meio ambiente”, ressalta o gerente de Departamento de Tratamento de Água e Esgoto da Baixada Santista, engenheiro Wilson Bassotti Filho.

Curiosidades

– As tubulações utilizadas para implantação do Emissário Submarino, em 1978, foram trazidas de navio da Itália.

– No Palácio Saturnino de Brito, no Centro Histórico de Santos, é possível ver uma parte real da tubulação complementar realizada em 2009, em uma sala interativa dedicada às obras do Programa Onda Limpa.

– No prédio centenário também é possível ver projetos, peças e fotos originais do início do século XX, quando Saturnino de Brito trabalhou no Palácio que hoje leva seu nome. O endereço é Avenida São Francisco, 128, no Centro Histórico de Santos. O passeio é gratuito.

– Por dentro do Interceptor Oceânico, que parte da Avenida Coronel Joaquim Montenegro até a Estação de Precondicionamento de Esgotos de Santos (EPC), pela orla da praia (cerca de 5,5 quilômetros de extensão), seria possível transitar uma perua do modelo Kombi, devido às suas proporções – três metros de largura por 2,7 de altura.

– Na década de 80 foi aventada a possibilidade de trazer instalações do parque de diversões Playcenter para funcionar na plataforma que hoje conhecemos como Parque Municipal Roberto Mário Santini.

 

 A Tribuna

Orquidário abre feira de orquídeas

orquidea

Que tal inovar e, ao invés do tradicional ovo de páscoa, presentear com uma ‘orquídea chocolate’, de aroma delicado que perfuma o ambiente? Essa é apenas uma das várias espécies de epífitas que integram a Feira de Orquídeas, a ser aberta sexta-feira (29), às 9h, no Orquidário (Pça. Washington, s/nº, José Menino). O parque funciona até as 18h, mas a bilheteria fecha uma hora mais cedo.

Mais de 500 vasos, com plantas dos mais diferentes tamanhos, estarão expostos e o público também poderá optar por mudas de orquídeas, com preços a partir de R$ 5,00. A expositora Noêmia Reis, proprietária do Orquidário Verde Mar, de Mongaguá, também estará disponível para orientar os interessados sobre os cuidados exigidos pelas epífitas. E quem precisar, poderá recorrer até a um ‘pronto socorro de orquídeas’.

Banda Marcial de Cubatão apresenta Concerto “Viva a Música!”

banda-marcial-de-cubatao

Espetáculo acontece domingo (3/2), às 18h, no Emissário Submarino, em Santos. A entrada é gratuita

Depois de encantar o público, lotando um shopping de Santos por conta do seu belo som, a Banda Marcial de Cubatão agora apresenta outro espetáculo em Santos, desta vez no Emissário Submarino, no José Menino. É o Concerto “Viva a Música”, realizado no próximo domingo (3), às 18h, com entrada gratuita.

O espetáculo faz parte de uma programação de férias de Secretaria de Estado da Cultura. Uma estrutura especial com palco, som e iluminação estará disponível para receber a Marcial. “Viva a Música” reúne canções clássicas e populares, e, de acordo com o maestro Alexandre Felipe Gomes, a ideia é trazer toda a emoção de lindas melodias criadas por importantes nomes da música mundial.

Fazem parte do programa: “Saturday Night Fever”, canção-tema do filme Embalos de sábado à noite, dos Bee Gees; temas dos filmes “Flashdance” e “Jurassic Park”, composição esta do imbatível John Williams. Canções românticas também integram o repertório como “Love’s Theme”, de Barry White; “The Greatest Love of All”, interpretada por Whitney Houston, além de “Silver Quill” (Dale Harpham e Sammy Netisco). Há, ainda, as belas “Con te Partiro”, de Andrea Bocelli e a popular “Tico-tico no Fubá”, de Zequinha de Abreu, famosa na voz de Carmem Miranda.

Canções da música pop, sucesso entre a juventude, prometem agitar a plateia: “Bad Romance”, de Lady Gaga e “Chora, me liga”, composição de João Bosco e Vinícius, com arranjo do maestro Alexandre Felipe Gomes. A ideia é apresentar um abrangente repertório, transportando a todos por viagem através de diferentes eras musicais, demonstrando toda a qualidade técnica dos jovens músicos da Banda Marcial.

 

Informa Cubatão

Parque Roberto Mário Santini conta com vigilância 24 horas

emissario santos

Para garantir a segurança no Parque Municipal Roberto Mário Santini, no José Menino, a prefeitura mantém efetivo permanente da Seseg (Secretaria de Segurança). No local, funciona 24 horas a Coordenadoria da Orla da Guarda Municipal e há rondas dos guardas e guardiões cidadãos, com apoio de viaturas motorizadas e cinco câmeras integradas ao SIM (Sistema Integrado de Monitoramento).

“O trabalho é ininterrupto todos os dias e as câmeras são ferramentas que contribuem para o trabalho de prevenção”, explica o comandante da GM, Flávio de Brito Jr. Segundo ele, a qualquer atitude suspeita, a central do SIM no paço municipal aciona a Guarda ou Polícia Militar, o que tem ajudado a prevenir ocorrências. Nesta semana dois roubos de bicicletas foram evitados no local.

Durante a Operação Verão atuam no parque dois guardas e 16 guardiões durante o dia, e um guarda e três guardiões no período noturno. Na entrada há sempre uma viatura da corporação de prontidão, além das rondas de quatro veículos em operação na orla.

‘Dormindo com os bichos’ integra programação de férias do Orquidário

RE_SARMENTO_6863

Uma rara oportunidade de observar os hábitos noturnos dos animais, em programação monitorada por técnicos da unidade de educação ambiental, é dada pelo Orquidário Municipal (praça Washington s/nº, José Menino), que nas próximas quinta (3) e sexta (4), das 9h às 17h, aceita inscrições para três cursos.

Há 20 vagas para cada data e a inscrição será feita com cópia do RG ou da certidão de nascimento, além de uma lata de leite em pó, a ser destinada ao Fundo Social de Solidariedade.

A programação será aberta no dia 7, das 13h30 às 17h30, com o curso ‘A cidade de bem com os animais’, para crianças de 5 a 8 anos – a atividade será repetida nos quatro dias seguintes (8 a 11 de janeiro).

Para o público de 9 a 11 anos, o parque preparou o curso ‘O ecocidadão-dormindo com os bichos’, nos dias 14, 15, 17 e 18 de janeiro, das 13h30 às 17h30 – os inscritos para o dia 16 entrarão às 17h, dormirão no Orquidário e sairão às 9h.

Também está prevista pernoite no dia 23, para os jovens de 12 a 15 anos inscritos no curso ‘Por um mundo sustentável – dormindo com os bichos’. O mesmo tema será abordado também nos dias 21, 22, 24 e 25, das 13h30 às 17h30.

Ciclovia da divisa começa a ganhar novo traçado

Mais segurança, fluidez ao trânsito e qualidade de vida a pedestres, ciclistas e motoristas. Com estes objetivos, a prefeitura iniciou a construção da ciclovia da divisa entre Santos-São Vicente na faixa de areia, junto à calçada, contornando os prédios na orla do José Menino.

A obra tem o aval do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis), da SPU (Secretaria do Patrimônio da União) e da Semam (Secretaria Municipal de Meio Ambiente), e é executada sob supervisão da Siedi (Secretaria de Infraestrutura e Edificações).

Com projeto da Prodesan, em parceria com a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), a nova ciclovia terá 580 metros de extensão e largura variável entre 1,80 m e 2m. No momento, os serviços estão concentrados na fundação para apoio das placas que cobrirão o canal existente, próximo à divisa com São Vicente.

Seguindo os padrões da malha, a ciclovia contará com sinalização de trânsito horizontal e vertical. Um jardim separador será instalado entre a faixa de bicicletas e a calçada junto aos prédios. Haverá ainda reforço da iluminação com a colocação de 32 postes.

Já a ciclovia do canteiro central será retirada para melhorar o fluxo de veículos no trecho da avenida Presidente Wilson, principalmente nos horários de pico, pois passará de três para quatro faixas de rolamento, na pista sentido São Vicente-Santos, aumentando a largura da via de 10,8 m para 12,2 m. O trânsito também vai melhorar com a eliminação do tempo semafórico da travessia do ciclista.

Baia de ônibus – De acordo com a Siedi, também está prevista a construção de uma baia de ônibus (direção São Vicente-Santos), para embarque e desembarque de passageiros. Prevista para ser concluída em quatro meses, a obra tem custo estimado de R$ 538.448,18, provenientes do Fundo das Estâncias, do Dade (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias).

Boqnews

Prefeitura conclui revitalização na praia do José Menino

Promovida pela prefeitura, por meio da Seserp (Secretaria de Serviços Públicos), a revitalização da praia do José Menino e reforma do Posto 1 de Salvamento foram concluídas. Após a intervenção, a área da praia ganhou mais 1 mil m² de jardim, no trecho em frente ao posto. O espaço conta com alamedas, vegetação, bancos ecológicos e lixeiras.

Renovado, o Posto 1 serve ao Corpo de Bombeiros e como ponto de apoio ao setor de manutenção da Seserp na orla. Ao lado, o Parque de Recreação Dr. Adolfo Bezerra de Menezes Cavalcanti também ficou pronto e já virou ponto de encontro de crianças e praticantes de atividade física.

Depois da reforma, o local passou a contar com o Espaço Criança, com brinquedos, e a Academia Municipal, uma parceria entre prefeitura, por meio da Semes (Secretaria de Esportes), e o Centro Esportivo Comunitário de Fisiculturismo, que mantinha equipamentos para atividades físicas na praia do José Menino. Informações podem ser obtidas no local e na administração do Parque Municipal Roberto Mario Santini.

A Coordenadoria de Segurança da Orla da Guarda Municipal, que anteriormente ocupava o Posto 1, está instalada no módulo 2 do Parque Roberto Mario Santini, operando 24 horas e reforçando a segurança do local. O espaço foi igualmente reestruturado para servir à corporação. Conta com salas, vestiários e copa.

 
Enhanced by Zemanta