Memorial das Conquistas altera roteiro de visita monitorada

santos fc

Por conta de uma reforma, o Memorial das Conquistas terá a visita monitorada alterada entre 13/06 e 02/07.

Os visitantes que comprarem o passeio poderão conhecer o museu, o centro de imprensa e o campo – com entrada a R$ 5,00.

Com uma concepção inovadora, o museu do Alvinegro Praiano apresenta o acervo de futebol mais famoso do mundo, distribuído em um espaço de mais de 380 metros quadrados, que leva o visitante a uma verdadeira viagem à história do Peixe. Além de troféus, há fotos ampliadas em tamanho natural, flâmulas, documentos, uniformes, bolas, recursos multimídia e outros objetos, dispostos em um ambiente bem organizado e de beleza singular.

O visitante é recepcionado por orientadores bilíngues, disponíveis para esclarecer quaisquer dúvidas referente à história do clube e às peças expostas no museu.

Seis museus de Santos recebem Plano de Comunicação

instituto de pesca

Representantes de museus da Baixada Santista receberam, em reunião na Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo, na última terça-feira (12), o Plano de Comunicação Institucional elaborado especificamente para equipamentos artísticos da região. O evento teve a presença do secretário estadual de Cultura, Marcelo Mattos Araújo.

Em Santos, foram contemplados os museus do Instituto de Pesca, do Mar, Marítimo, Memorial das Conquistas, do Porto e a Pinacoteca Benedicto Calixto.

O Plano de Comunicação Institucional, elaborado por técnicos do Sistema Estadual de Museus (SISEM-SP) e Associação Cultural de Apoio ao Museu Casa de Portinari (ACAM Portinari), busca ampliar o acesso a estes locais e também apontar sua diversidade de atrações e riqueza cultural. A iniciativa faz parte do Programa de Modernização dos Museus Paulistas e aborda melhorias no atendimento ao público e nova identidade visual desses espaços.

A confecção de material de divulgação dos equipamentos da região, denominada Orla Cultural, também esteve na pauta. A iniciativa será lançada em data a ser definida.

Enhanced by Zemanta

Passeios para fazer em Santos em dias de mau tempo

O verão pode ser extremamente instável na Baixada Santista. Quem, ao passar as férias de começo de ano na região, nunca teve que recolher o guarda-sol às pressas por causa de uma tempestade súbita?

Não se trata de azar: são os fatos. De acordo com relatórios da Defesa Civil de Santos, o índice pluviométrico da cidade foi, em janeiro de 2012, de 275 mm, contra 174,7 mm em julho do mesmo ano. No último mês de dezembro, a precipitação chegou a 348,7 mm. Ou seja, chuva suficiente para acabar com a praia de muitos turistas.

Mas sem desespero: em Santos, o visitante pode driblar o mau tempo com facilidade. Ao redor de seus 7 km de praias, o município tem museus, monumentos históricos e recantos ecológicos em grande escala – e quase todos com cobertura. Chegar até eles é fácil e, durante o passeio, tanto crianças como adultos podem ficar entretidos.

Conheça algumas atrações da cidade que podem – e merecem – ser visitadas durante um dia encoberto ou chuvoso na cidade de Pelé e Neymar. Boa parte delas têm entrada gratuita.

Memorial das Conquistas Santos Futebol Clube

Paixões clubísticas à parte, o Santos tem uma história que merece ser reverenciada por qualquer pessoa que goste de futebol. E o estádio da Vila Belmiro abriga o fascinante Memorial das Conquistas do alvinegro praiano, com centenas de troféus, camisas, flâmulas e fotos do clube que revelou Pelé, Neymar e muitos outros craques de bola.

O ambiente é embalado por narrações de importantes gols marcados pelo Santos e, nas visitas guiadas, o turista pode ir ao vestiário do time, atravessar o túnel de acesso ao campo e subir ao gramado da Vila. Uma das últimas novidades do museu é a réplica do troféu Puskás que Neymar ganhou por marcar, contra o Flamengo, o gol mais bonito do ano de 2011.

Aberto de terça a domingo, das 9h às 19h. As visitas guiadas são realizadas entre 10h e as 17h. Entrada: R$ 10 para a visita guiada. Rua Princesa Isabel, s/nº – Vila Belmiro. Tel: (13) 3225-7989. http://www.santosfc.com.br

Museu do Café

O Museu do Café está instalado no edifício em que funcionou, durante boa parte do século 20, a Bolsa Oficial do Café de Santos. O prédio foi inaugurado em 1922 e é tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Desde 1998, abriga o Museu do Café, onde o visitante tem a chance de conhecer toda a história do ciclo econômico do café no Brasil.  O Salão do Pregão, onde as sacas de café eram negociadas, é decorado por lindas pinturas de Benedicto Calixto e um vitral batizado de “A Epopeia dos Bandeirantes”.

Além de cultura, o local oferece capacitação para os visitantes: cursos de barista são ministrados no museu duas vezes por mês.

Aberto de terça a sábado das 9h às 17h, e aos domingos das 10h às 17h. Visitas noturnas são realizadas duas vezes ao mês. Entrada: R$ 5 (aos domingos é gratuito). Rua 15 de Novembro, 95 – Centro Histórico. Tel: (13) 3213-1750. http://www.museudocafe.org.br

Aquário Municipal 

Inaugurado em 1945, com a presença do então presidente Getúlio Vargas, o Aquário de Santos é hoje uma das principais atrações turísticas do Estado de São Paulo. Em seus 31 tanques de água doce e salgada vivem mais de 2.000 animais (de 250 espécies diferentes) da fauna aquática, como tubarões, pinguins e peixes amazônicos.

A estrutura do Aquário de Santos, que ocupa uma área de 3 mil m² na frente da praia, encontra-se um tanto defasada, principalmente se comparada a oceanários de destinos como Lisboa e Cingapura. Mas as filas constantes na frente do aquário não mentem: o local ainda é uma popular instituição santista. Sessões com filmes infantis que abordam o universo da fauna aquática – como Happy Feet – têm sido realizadas semanalmente no local.

Entrada: R$ 5 (por R$ 8 é possível comprar uma entrada combinada para o Orquidário e o Aquário de Santos). Crianças com até 12 anos e maiores de 60 anos não pagam. Praça Luiz La Scala, s/nº, Ponta da Praia. Telefone: (13) 3278-7830. http://www.turismosantos.com.br

Parque Zoobotânico Orquidário 

O orquidário de Santos está localizado nos arredores do canal 1, a poucas quadras da orla da cidade, e é entretenimento garantido para quem gosta de observar a natureza. Em seus 24 mil m², o visitante pode admirar diversas espécies de árvores (palmeira-leque entre elas), mais de 2.000 plantas e cerca de 400 animais.

Alguns deles, como os pavões, cutias, saracuras e jabutis, se locomovem livremente pelo parque. Outros, como araras, tucanos, macacos, flamingos e jacarés, são mantidos em áreas cercadas.

O orquidário de Santos também conta com jardim sensorial, herbário, uma área com plantas do Brasil e um mostruário de orquídeas, além de espécies exóticas de aves, como o papagaio-do-mangue e o atobá.

Note que esta não é uma atração indicada para dias de chuva, mas um bom passeio para ser realizado com tempo nublado, quando a praia perde a graça.

Aberto de terça a domingo, das 9h às 18h. Entrada: R$ 5 (por R$ 8 é possível comprar uma entrada combinada para o Orquidário e o Aquário de Santos). Crianças com até 12 anos e maiores de 60 anos não pagam. Praça Washington, s/nº – José Menino.Tel: (13) 3237-6970. http://www.turismosantos.com.br

Basílica de Santo Antônio do Embaré

Fala-se em Santos que toda noiva da cidade sonha em se casar na Basílica de Santo Antônio do Embaré – e, de fato, a espera por um matrimônio na igreja pode durar anos. Tal fascínio e obsessão são justificados: a basílica é um mais belos monumentos religiosos da Baixada Santista. Inaugurado em 1945 na frente do mar, o edifício tem arquitetura neogótica e um interior (são 18 metros de pé direito) cobertos por afrescos de Pedro Gentili – e coroado por um órgão com aproximadamente 3.800 tubos.

Na entrada, os visitantes são recebidos por estátuas de São Paulo e São Pedro, além de uma linda composição que mostra Santo Antônio recebendo o Menino Jesus das mãos de Maria.

Lindos vitrais que retratam a vida dos franciscanos decoram o interior da igreja, em Santos.

Aberta de segunda a sexta, das 7h às 20h; sábados e domingos, das 8h às 21h. Entrada gratuita. Av. Bartolomeu de Gusmão, nº 32 – Embaré. Tel: (13) 3227-5977.

Pinacoteca Benedicto Calixto

Instalada em um casarão de estilos neoclássico e art noveau na avenida da praia, a pinacoteca exibe obras de um dos principais artistas da história do Brasil. Nascido em 1853 no que hoje é o município de Itanhaém,

Benedicto Calixto pintou lindas paisagens da Baixada Santista entre o final do século 19 e o começo do século 20, como os quadros “Porto e cidade de Santos vistos da Itapema” e “Santos Antiga”, ambos de 1922 e em exibição no museu.

O quadro “Revoada de Maio”, de Benedicto Calixto, é uma das atrações da principal pinacoteca de Santos, assim como objetos pessoais do artista, como pincéis, câmera fotográfica e até uma bengala. Após o passeio, se o tempo permitir, vale a pena passar algum tempo no belo jardim atrás do museu.

Aberto de terça a domingo, das 9h às 18h. Entrada gratuita. Avenida Bartolomeu de Gusmão, 15 – Boqueirão. Tel: (13) 3288-2260. http://www.pinacotecadesantos.org.br

Museu do Surf

Localizado no Parque Municipal Roberto Mário Santini, o Museu do Surf é rodeado por praias, pistas de skate e pelo local onde ocorrem algumas das melhores ondas de Santos. Com excelente vista, o museu peca por falta de organização, mas pode ser uma distração interessante para quem está na orla.

O Museu do Surfe exibe dezenas de pranchas de diversos modelos e de diversas épocas, além de cartazes de competições de surfe históricas e fotos que mostram a época das pranchas de madeirite e a era do longboard.

Se o tempo melhorar, o turista pode sentar em um mirante ao lado do museu e admirar legiões de surfistas enfrentando as ondas do mar de Santos.

Aberto de segunda a segunda, das 9h às 18h. Entrada gratuita. Parque Municipal Roberto Mário Santini – José Menino. Tel: (13) 3288-4404

Pantheon dos Andradas

José Bonifácio de Andrada e Silva, o patriarca da Independência do Brasil, nasceu em Santos em 1763. Morreu em Niterói em 1838 e, por 85 anos, seu corpo esteve na igreja e no convento de Nossa Senhora do Carmo, na cidade santista.

A construção de um panteão começou apenas em 1921 e foi concluída em 7 de setembro de 1923.  O monumento, hoje aberto a visitas turísticas, e localizado no coração do centro histórico de Santos, guarda os restos mortais de outros membros da família Andrada, como Antônio Carlos e Martin Francisco, irmãos de José Bonifácio.

No túmulo do patriarca, a inscrição: “Eu desta glória só fico contente que a minha terra amei, e a minha gente”.

Aberto de terça a sexta, das 9h às 18h, e aos sábados, domingos e feriados, das 11h às 17h. Entrada gratuita. Praça Barão do Rio Branco, s/nº – Centro Histórico. Tel. (13) 3221-8595

Uol

Enhanced by Zemanta

Hoje tem clássico na Vila Belmiro.

Este slideshow necessita de JavaScript.






Memorial do Santos é um dos pontos turísticos mais visitados da cidade

memorial santos

Mais de 600 troféus, vídeos, flâmulas e muita informação. Este é um pequeno resumo do Memorial das Conquistas do Santos Futebol Clube, espaço que apresenta um pouco da história centenária do time que revelou Pelé, dominou o planeta na década de 60 e que tem em seu atual plantel um dos melhores jogadores do mundo: Neymar.

Tantas atrações transformaram o museu em um dos pontos turísticos mais visitados de Santos. O local atrai amantes do futebol, torcedores de outros times e até visitantes que não gostam de futebol.

“Muitas pessoas que nos visitam torcem para outras equipes, mas se interessam pelo patrimônio e história do clube. A grande maioria é do interior de São Paulo, Capital e ABC. Durante as temporadas de cruzeiros (marítimos), recebemos muitos estrangeiros”, diz a monitora do Memorial das Conquistas, Larissa Silva Mendes.

Logo nos primeiros passos dentro do museu, é possível perceber que passado e presente se misturam. Há uma vitrine dedicada a Pelé e outra com conquistas pessoais de Neymar, como uma réplica do prêmio Puskas concedido pela Fifa, pelo gol mais bonito de 2011 e a medalha de prata original, conquistada com a seleção brasileira nas Olimpíadas de Londres, em 2012.

Há também espaços dedicados aos técnicos campeões, aos presidentes que passaram pelo clube, uniformes históricos, as conquistas do futebol feminino, bem como uma maquete da Vila Belmiro e uma sala onde é reproduzido um vídeo sobre o centenário santista.

Os recentes troféus conquistados pelo Santos, como a réplica da Taça Libertadores de 2011, são colocados em locais de destaque e estão entre os objetos mais procurados pelos visitantes. As taças dos mundiais de 1962 e 1963 também estão entre as mais admiradas.

Atualmente, o Memorial das Conquistas realiza exposições temporárias, como a do historiador Guilherme Guarchi, que conta com livros de se sua autoria (e de outros escritores) a história do Santos.

Porém, não é apenas o interior do Memorial das Conquistas que chama a atenção de quem o visita, conforme explica Larissa. “Muitos vêm com a intenção de conhecer as instalações da Vila Belmiro”, cita.
Visitantes

Fundado em 17 de novembro de 2003, o Memorial das Conquistas recebe mais visitantes a cada ano que passa. Em 2012 foi registrada movimentação recorde: 130.330 pessoas. Tanta gente gerou uma receita ao Santos Futebol Clube de R$ 693.997,00.

No ano anterior, 115.103 passaram pelas catracas do museu. A arrecadação chegou a R$ 596.160,00.
Em 2013, entre 2 e 6 de janeiro, o local já recebeu 5.524 visitantes. O pico do período foi registrado no dia 4: 1503 pessoas.

O Memorial das Conquistas fica na Rua Princesa Isabel s/nº, Vila Belmiro, dentro do Estádio Urbano Caldeira. Até o final de fevereiro, funcionará todos os dias, das 9 horas às 18 horas. A partir de março, fechará as segundas-feiras.

As visitas simples (museu e arquibancada) custam R$ 6,00. As monitoradas, que ocorrem com a presença de um guia das 10 horas às 17 horas (com início nas horas cheias), custam R$ 10,00.

Aqueles que optarem pelo ingresso mais caro, terão acesso ao museu, centro de imprensa, vestiário, área de aquecimento dos jogadores, túnel de acesso ao campo e as laterais do gramado. Em dias de jogos, não há visita monitorada e o espaço fecha quatro horas antes do apito inicial. Mais informações pelo telefone 3257-4099.

Fãs de outros times também vão ao Museu

O Santos Futebol Clube tem admiradores dos quatro cantos no País. Para chegar a esta constatação, basta visitar o Memorial das Conquistas que, diariamente, recebe uma movimentação intensa de turistas. E ontem não foi diferente.

O flamenguista Maycon Pollese é de Linhares, Espírito Santo. Está na Cidade passando férias com a família e confessa que é fã do Peixe. “Em São Paulo, torço para o Santos e gostaria que meus filhos fossem santistas. Quero conhecer um pouco mais sobre o Neymar e o estádio. Gostaria de ver um Santos x Flamengo como aquele”, diz fazendo referência a uma televisão que passava o golaço de Neymar, vencedor do prêmio Puskas 2011 como gol mais bonito do ano, e que foi anotado na derrota do Peixe para os cariocas por 5 a 4, no Brasileirão daquele ano.

Morador de São Bernardo do Campo, o técnico em eletrônica Fábio Panegossi é são-paulino, mas admite a vontade de conhecer o museu. “Quero saber mais da história do clube, do Pelé”.

Marcos Cleber Porta e Célia Karina Remazini Porta, de Itápolis, interior de São Paulo, estão hospedados em Praia Grande e foram até Santos conhecer o Memorial das Conquistas. “Sou palmeirense, mas fiz questão de vir ao museu por causa do meu pai, que é santista. E não me arrependi, pois está maravilhoso”, afirma o empresário.

Sua esposa não torce para nenhum time, mas confessa que gostou do passeio. “É muito bonito. Vale a pena”.

 

A Tribuna

 

Enhanced by Zemanta

Roteiro na temporada mescla lazer e cultura

turismo

O leque de alternativas de diversão na cidade abrange pontos turísticos, museus, passeios de bonde, de bicicleta nas ciclovias ou à beira-mar. Enfim, são atrações para todos os gostos e idades na temporada de verão, que como sempre deve atrair milhares de turistas.

A primeira delas, e um dos principais cartões postais da cidade, é a orla com 7 km de extensão e maior jardim de praia do mundo, segundo o Guinness Book (livro dos recordes). Suas alamedas são um convite a caminhadas ou simplesmente para aproveitar a sombra das árvores. Já para quem aprecia quadros e artesanato, as opções são a FeirArte, no Boqueirão, Concha Acústica e Jardim das Artes, respectivamente, no canal 3 e Ponta da Praia. Na Pinacoteca Benedicto Calixto, também no Boqueirão, há frequentes exposições de pinturas e apresentações musicais.

Ainda na orla, o Aquário Municipal, segundo parque público mais visitado do Estado, é outra atração, assim como o Deck do Pescador, para quem quer relaxar. Não faltam também museus na Ponta da Praia, como os de Pesca, do Mar e Marítimo. Saindo da praia, há ainda os museus de Arte Sacra, no sopé do Morro do São Bento, e do Porto, no Macuco.

O Museu e a Bolsa do Café, no Centro Histórico, são ótimos programas. Os visitantes podem contemplar a arquitetura barroca, apreciar fotos de Santos antiga nos tempos áureos do café, além dos entalhes artísticos dos móveis do Pregão da Bolsa. Mais: saborear a tradicional bebida e degustar os derivados do produto como frapês, sorvetes e musses.

Para os amantes do verde, o Orquidário, no José Menino, é visita obrigatória. O parque, com 24 m² de área, reúne plantas nativas e várias espécies de orquídeas, além de 400 animais, entre pavões, cotias, saracuras e jabutis, que passeiam livremente pelas alamedas. Na zona noroeste, a pedida é o Jardim Botânico Chico Mendes, reserva ambiental com 90 m² de área e mais de 300 espécies vegetais da mata atlântica e Amazônia.

Outras dicas são o Memorial das Conquistas do Santos F. C., na Vila Belmiro, que resgata a trajetória de glórias do clube, com troféus, fotos e peças de vários craques, entre eles o Rei Pelé; Monte Serrat, com o bondinho e a capela, e Fonte do Itororó (na subida do morro), que virou até música. Na área gastronômica, um destaque é o restaurante-escola Estação Bistrô, no Valongo), com pratos a preços acessíveis.

Bonde

No Centro Histórico, é imperdível o passeio de bonde, cujo percurso de 5 km abrange 50 pontos turísticos e históricos, com monitoramento de guia, como Pantehon dos Andradas (praça Barão do Rio Branco), onde estão os restos mortais de José Bonifácio de Andrada e Silva (Patriarca da Indepedência) e seus irmãos; Outeiro de Santa Catarina (marco de fundação da Vila de Santos), Estação do Valongo, Catedral, e Teatro Coliseu. O bonde sai da praça Mauá.

Um roteiro mais completo pela cidade pode ser feito de micro-ônibus nas Linhas Conheça Santos e Conheça Santos-Morros, com saídas da praça das Bandeiras, no Gonzaga. Informações sobre endereços e horários podem ser obtidas no Disk Tour 0800-173887, das 8h às 20h, ou no site http://www.turismosantos.com.br.

Enhanced by Zemanta

Prova de pedestrianismo altera ponto de linha turística

Em função da segunda etapa da 27ª edição do Campeonato Santista de Pedestrianismo, a Setur (Secretaria de Turismo) transfere domingo (24), às 10h e às 11h, para a Praça da Independência, o ponto da Linha Conheça Santos. Essa segunda etapa é conhecida como Prova dos Bombeiros e contará com 331 inscritos dessa corporação, 40 dos quais já disputaram a primeira fase.

O ponto retorna ao seu local habitual, na Praça das Bandeiras, também no Gonzaga, a partir da saída das 12h, prosseguindo até o último roteiro, marcado para as 16h.

A linha é um city tour por mais de 40 pontos de interesse turístico e cultural, havendo possibilidade de desembarque – e posterior reembarque – em 11 equipamentos: Parque Roberto Mário Santini, Orquidário, Memorial das Conquistas do SFC, Palácio Saturnino de Brito, Complexo Turístico do Monte Serrat, Praça Mauá/Bolsa de Café, museus do Mar e Marítimo, Aquário, Feir’Art da Praça Caio Ribeiro de Morais e Silva e Pinacoteca Benedicto Calixto. O roteiro contempla ainda o Museu de Pesca, fechado para manutenção.

 

Enhanced by Zemanta

Memorial das Conquistas recebe exposição do tri paulista

Santos Tricampeão Paulista é o nome da exposição promovida pelo Santos em homenagem à conquista do tricampeonato estadual. Ao todo, são 80 fotos dos fotógrafos do clube Ricardo Saibun e Ivan Storti expostas no Memorial das Conquistas. São 40 imagens de cada um.

– É difícil escolher as melhores (fotos). Tentamos selecionar os momentos mais importantes, as dancinhas, as comemorações e tudo que demonstre a felicidade deste atual time do Santos – explicou Saibun.

Já Ivan ressalta que a escolha das imagens foi motivo de preocupação momentos antes da inauguração da mostra.

– Cada dia que você olha as fotos novamente, muda a que você acha mais legal. No final, eu estava escolhendo as imagens do Saibun e ele escolhendo as minhas.
O público pode visitar a exposição até o dia 22 deste mês. O Memorial funciona de terça a domingo, das 9 às 19 horas, inclusive aos feriados.

G1
Enhanced by Zemanta

Torcedor do Peixe, Geraldo Alckmin visita o Memorial das Conquistas

O governador do Estado, Geraldo Alckmin, pôde exercer, nesta sexta-feira, um pouco de sua porção santista. Torcedor do Peixe, ele visitou o Memorial das Conquistas, ao lado da primeira-dama Lu Alckmin. Eles foram recebidos pelo presidente do clube, Luis Alvaro Ribeiro.

Alckmin recebeu das mãos do mandatário santista uma réplica do troféu da Libertadores da América, conquistado em 2011 pelo Santos, além de uma camisa personalizada do Peixe, com seu nome às costas. O governador passeou pelas dependências do Memorial, onde encontrou alguns craques do passado santista, como Clodoaldo, Pepe, Manoel Maria e Lalá.

Ele conheceu ainda o Centro de Imprensa e o vestiário da equipe profissional, onde posou ao lado dos armários de Neymar, Ganso e Pelé. Por fim, Geraldo Alckmin pisou no gramado da Vila Belmiro, palco de inúmeras exibições de gala do seu time de coração.

Enhanced by Zemanta

A Tribuna

Espaço Puskas homenageia Neymar no Memorial das Conquistas

O golaço de Neymar contra o Flamengo no último Campeonato Brasileiro e eleito pela Fifa o mais bonito do ano passado foi eternizado pelo Santos. A diretoria alvinegra inaugurou nesta terça-feira o Espaço Puskas no Memorial das Conquistas do clube, na Vila Belmiro, em homenagem ao prêmio vencido pelo atacante do Peixe.

– A homenagem é fantástica, estou muito feliz. Marcar o nome na história do Santos, com placa de melhor gol do mundo. É um sonho que está sendo realizado – disse o jogador.

Ao falar sobre a jogada, Neymar destacou a importância de Borges no lance do gol contra o Rubro-Negro carioca, agradeceu as homenagens recebidas e revelou um novo objetivo para a carreira: marcar um gol de bicicleta.

– Pensei aqui e não consegui achar um gol mais bonito do que esse. É esse que vai ficar marcado na minha carreira. Mas eu sonho em fazer um gol de bicicleta, que ainda não fiz – contou.

Principal esperança do Santos na disputa do Campeonato Paulista e da Copa Libertadores no primeiro semestre deste ano, Neymar não se mostra acomodado com tantas premiações individuais e espera aumentar sua coleção de títulos nesta temporada.

– Espero que esse ano seja melhor que 2011, com mais conquistas pessoais e novos títulos com o Santos – afirmou.

neymar santos museu (Foto: Leandro Canônico / Globoesporte.com)Neymar ganhou também estátua de lata no Memorial do clube

O presidente do Santos, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, comandou a inauguração do espaço e foi só elogios ao atleta. Além do Prêmio Puskas, o local conta também com uma estátua de lata do atacante, a chuteira usada por ele na partida histórica contra o Flamengo, vencido pelo clube carioca por 5 a 4, e os títulos de Rei da América de 2011 e também o de melhor jogador da Copa Libertadores.

– Ídolo ele já é. Não só pelas qualidades como atleta, mas como ser humano também. Ele vai virar um mito – declarou o dirigente.

No último dia 9 de janeiro, Neymar participou da festa da Bola de Ouro da Fifa, em Zurique, na Suíça, quando recebeu o Prêmio Puskas. Na briga pelo gol mais bonito de 2011, o santista superou o argentino Lionel Messi, do Barcelona, e o inglês Wayne Rooney, do Manchester United.

Globo Esporte

Enhanced by Zemanta

Na terra do futebol

Na principal cidade da Baixada Santista, não faltam boas opções de passeio. Com riqueza histórica inquestionável, vida cultural agitada, belíssima orla e atrações imperdíveis para os amantes do futebol, em Santos é difícil repetir o programa.

Começar o dia com uma caminhada pela orla marítima e seu exuberante jardim, por exemplo, é um programa dos mais agradáveis. Lá perto é possível visitar ainda o Museu de Pesca (R$ 2), o Aquário Municipal (R$ 5), na Ponta da Praia, ou o Parque Municipal Roberto Mário Santini, no José Menino, quase na divisa com São Vicente.
Mas, para quem gosta de futebol, independentemente do time para que torce, é imprescindível dar uma esticada até a Vila Belmiro para conhecer o estádio que foi palco de partidas espetaculares e que deu fama a alguns ícones do futebol brasileiro, como Pelé e Robinho. Faz parte do passeio uma visita ao Memorial das Conquistas do Santos Futebol Clube, espaço com 380 metros quadrados que conta a trajetória do Peixe desde sua fundação, em 1912.

No roteiro simples, o turista percorre o memorial e as arquibancadas do estádio por R$ 6. Já na visita monitorada, que custa R$ 10, os visitantes conhecem o centro de imprensa, o gramado e o vestiário dos jogadores, com direito ao armário do rei Pelé, que permanece fechado desde que ele pendurou as chuteiras. O Memorial das Conquistas funciona de terça a domingo, das 10h às 17h. O inspetor de qualidade André Ricardo Mendes veio de Sorocaba para conhecer o museu e, mesmo sendo sãopaulino, recomenda a atração. “Gostei muito do local, especialmente pela interatividade. O que mais me chamou a atenção foram os uniformes”, conta.
Para refazer as energias e continuar as descobertas no período da tarde, nada como se fartar em um dos bons restaurantes da cidade. Se seu apetite estiver mais para frutos do mar, o J. Garcia ou o Mar del Plata estão mais próximos à orla marítima e são ótimas opções. Agora, se quiser almoçar no centro histórico para adiantar o programa da tarde, o restaurante Quinta da XV, especializado em comida portuguesa, promete agradar aos mais exigentes paladares.
À tarde, deixe-se levar pelas muitas atrações históricas da cidade que, na primeira metade do século passado, era o coração da economia cafeeira no Brasil. Uma maneira agradável e diferente de conhecer charmosos casarões, igrejas e museus é fazer os itinerários dos bondes do início do século XIX e que foram restaurados recentemente, passeio que custa R$ 5. Com saídas a cada 30 minutos, os veículos fazem um percurso de cinco quilômetros pelos principais pontos turísticos, como o Pantheon dos Andradas, a Bolsa Oficial do Café e o Teatro Coliseu.
Para encerrar o dia, aprecie uma das muitas opções de cafés servidas no prédio da Bolsa Oficial do Café e confira as atrações do Museu do Café (R$ 5), instalado no local.

Serviço

Aquário Municipal: (13) 3236-9926
Bolsa Oficial do Café: (13) 3213-1750
Memorial das Conquistas: (13) 3225-7989
Museu de Pesca: (13) 3261-5260
J. Garcia: (13) 3261-3862
Mar del Plata: (13) 3261-4253
Quinta da XV: (13) 3219-4280

EcoRodovias

Enhanced by Zemanta

Memorial das Conquistas Santos Futebol Clube

Por Alessandro Rodrigues Pinto

Da redação do site do MTur na Copa

 

A cidade que respira futebol orgulha-se de ter sido palco de grandes feitos do Rei Pelé

O menino Lucas, de 6 anos, visita o Memorial das Conquistas pela primeira vez. Encantado com inúmeros troféus e imagens de ídolos do presente e do passado, e com um brilho no olhar exclusivo desta fase da vida, ao avistar o gramado surpreende a equipe desta reportagem com a seguinte pergunta:

– Tio, é aqui que o Pelé joga?

Os prováveis quatro ou cinco segundos de lacuna entre a pergunta e a resposta parecem suficientes para uma eternidade de imagens que vêm à cabeça:

– Sim, é aqui mesmo!

A Vila Belmiro é assim. Tudo, cada detalhe, quer lembrar que ali ocorreram grandes momentos da história do futebol mundial. Parece impossível, mesmo àqueles com menor vínculo afetivo ao futebol e ao clube, dissociar a sensação da ida ao estádio da imagem daquele que é considerado o melhor time do mundo de todos os tempos, o Santos de Pelé.

Foi o sucesso daquela equipe que rendeu ao bairro, residencial, simples e limitado pelos canais 1 e 2 da cidade, o apelido de “a vila mais famosa do mundo”. Ao todo, Santos possui 19 canais, mas os mais conhecidos são os sete que cortam a orla marítima. Assim, os 7 quilômetros de praia não têm separação geográfica, apenas recebem o nome dos bairros por onde passam.

O canal tem início na Praia do José Menino, próxima à divisa com São Vicente. Muito frequentada por surfistas e possui a Plataforma do Emissário Submarino, onde está prevista a construção do Museu Pelé. O número 2 está na Praia do Gonzaga, ponto mais badalado de Santos e muito procurado pelos turistas durante a alta temporada. Os outros cinco canais que formam a orla são as praias do Boqueirão, do Embaré e de Aparecida; a Ponta da Praia e o Canal 7.

O Estádio da Vila Belmiro foi inaugurado em 1916 e recebeu o nome de Urbano Caldeira em 1933. Pode parecer exagero, mas há, na história do clube, uma peculiaridade que justifica o apelido: a esmagadora maioria, para não dizer a totalidade dos times que alcançaram a glória internacional, vem de grandes cidades, normalmente capitais. Santos, no que diz respeito à importância histórica e econômica da cidade, tem aproximadamente 400 mil habitantes.

Aos turistas que desejam aprender um pouco mais sobre a história do time a dica é fazer uma visita ao Memorial das Conquistas, inaugurado em 2003 em comemoração aos 40 anos da conquista do bicampeonato mundial. A visita monitorada leva ao gramado, ao vestiário da equipe profissional, às arquibancadas e à sala de imprensa. No roteiro, é possível conhecer objetos que fizeram parte da história dos principais títulos, o acervo pessoal de Pelé e, ainda, uma área multimídia.

Uma caminhada pelo entorno do estádio, com suas ruas estreitas, revela uma interessante paisagem composta por casas antigas, fachadas coloridas – em muitos casos, bem conservadas. “O Santos e a Vila são os grandes orgulhos do município. É uma pena que as decisões de títulos são sempre em outras cidades”, diz Claudinei de Oliveira, 56, morador do bairro há 40 anos.

Hoje, a Vila está em festa, como canta uma das torcidas organizadas do Santos, e o título inédito do Copa do Brasil deste ano parece ser apenas o primeiro de uma série, dado o encantamento da torcida por jogadores como Neymar e Paulo Henrique Ganso, além do já “veterano”, aos 26 anos, Robinho. Nesta competição, o time realizou 11 partidas, com sete vitórias e quatro derrotas. Marcou 39 gols e sofreu 15, tendo um saldo de 14. O artilheiro do time e da competição foi Neymar, com 11 gols.

“Esse time é muito bom e lembra, em alguns momentos, o Santos de Pelé”, destaca Claudinei, que completa: “Para quem viu, não tem jeito, o Pelé vai jogar aqui pra sempre”.

A julgar pela pergunta do pequeno Lucas, para quem não viu, também.

Clique aqui para assistir ao vídeo com entrevista de Zito e Clodoaldo, dois dos maiores volantes da história do Santos e da Seleção Brasileira, ao site do MTur na Copa.

Serviço:

Santos Futebol Clube – Estádio
Rua Princesa Isabel, 77, Vila Belmiro
(13) 3257-4000

Memorial das Conquistas
De terça a domingo das 9h às 19h
Ingresso: R$ 4,00
A visita guiada, com acesso ao vestiário, ao gramado e à sala de imprensa, custa
R$ 7,00 (saída a cada hora, das 10h às 17h)
(13) 3257-4099

Enhanced by Zemanta