Avançam obras em mirante na Ponta da Praia

mirante Ponta da Praia

Em breve, a Ponta da Praia contará com mais um espaço de lazer e contemplação, no local onde funcionava o antigo Píer 1. A prefeitura realiza obras na área de cerca de 400 m² que será transformada numa espécie de mirante, que servirá também à prática da pesca e esportes náuticos.

No momento, funcionários da Sesesp (Secretaria de Serviços Públicos) fazem a colocação do piso em mosaico português, que terá motivos marinhos. A área é cercada por 70 metros de muretas no mesmo padrão das pontes e passarelas dos demais pontos da cidade. Serão instaladas quatro luminárias (lâmpadas de 150 watts) e um mastro em T para hasteamento de bandeiras.

Ampliação

No local, a Seserp ampliou o enrocamento de blocos de rochas, próximo à água para proteção contra ressaca das marés. Também será recuperada a rampa para facilitar o acesso dos usuários de caiaques e canoas havaianas, entre outras embarcações. A obra é custeada pela prefeitura e está orçada em cerca de R$ 100 mil. O resultado ficará similar à estrutura inaugurada pela prefeitura no lugar onde ficava o antigo Píer 2. A adequação atende determinação da SPU (Secretaria do Patrimônio da União).

Prosseguem obras do novo mirante na Ponta da Praia

ROGERIO_BOMFIM_8685

A prefeitura dá continuidade à construção do novo espaço para prática pesqueira, esportes náuticos e mirante, na área onde ficava o Píer 1, na Ponta da Praia. No momento, a Seserp (Secretaria de Serviços Públicos) trabalha no enrocamento de pedras para proteção contra a erosão. O equipamento, onde a população poderá contemplar a paisagem da entrada do canal do porto, terá área de 300m², com piso em mosaico português, e 70m de novo guarda-corpo em elemento vazado, seguindo o padrão das pontes e passarelas.

Conforme a Seserp, a rampa em frente ao clube Vasco da Gama será ampliada em 3m, avançando para o mar, facilitando o acesso aos usuários de caiaque e canoa havaiana, entre outras embarcações de pequeno porte. Nela, também será construída mureta de proteção em pedra argamassada. O novo espaço contará ainda com seis luminárias decorativas. “Será uma área de contemplação e com melhor infraestrutura para os adeptos de esportes náuticos”, disse o secretário de Serviços Públicos, Carlos Alberto Tavares Russo.

Nesta quarta (19), funcionários do Dear-ZOI (Departamento da Administração Regional da Zona da Orla Intermediária), da Seserp, trabalhavam na colocação de mais pedras com o auxílio de uma retroescavadeira e preparavam o terreno para marcação da obra. “É um serviço mais demorado, pois temos que aguardar o recalque natural do aterro, contando inclusive com a variação das marés”, explicou o secretário. As pedras utilizadas na obra – num total de 50 mil m³, foram doadas pela empresa Tefer.

Os serviços no antigo Píer 1 têm como objetivo erguer um equipamento nos mesmos moldes da estrutura inaugurada pela administração municipal ano passado, onde estava instalado o Píer 2. A adequação atende à determinação da Advocacia Geral da União, ligada à SPU (Secretaria de Patrimônio da União), para garantir livre acesso do público, e sem interferência na visualização da Fortaleza da Barra e do Museu de Pesca.