MSC Preziosa chegará ao Brasil com grande festa de estreia

msc

Em março deste ano, a MSC Cruzeiros batizava o seu mais novo navio, o MSC Preziosa, e prometeu a vinda deste gigante ao Brasil para a temporada 2013/2014. Passados sete meses, o transatlântico já se prepara para iniciar a sua Grand Voyage rumo a Santos, onde atracará no dia 26 de novembro em grande estilo. Com um evento programado para ficar na memória, a presença da apresentadora Xuxa Meneghel, madrinha brasileira da frota, já é garantida.

A celebração promete ser tão grandiosa quanto a própria embarcação, que é a maior e mais luxuosa a navegar por mares sul-americanos, e por isso contará com shows da Banda Eva na piscina, DJ’s da Energia 97FM como Silvio Luiz, Claudio Vizu e Marcos Freitas na discoteca, além de um coral de crianças da Fundação Xuxa. A noite ainda será complementada com um jantar de gala no restaurante principal do transatlântico e uma apresentação inédita no teatro com os artistas do MSC Divina. Entre os 2.500 convidados estarão celebridades, autoridades, empresários, imprensa e agentes de viagem – grandes parceiros da MSC Cruzeiros.

O MSC Preziosa chega ao país para ficar marcado na história e chama a atenção por sua infraestrutura, que conta com 140 mil toneladas distribuídas por 18 decks, sendo 13 para hóspedes. A bordo, os viajantes encontram dois restaurantes da rede Eataly e mais outras cinco opções;  Vertigo, o maior tobogã em navios de cruzeiros; teatro para mais de 1,6 mil pessoas; 20 bares e lounges; discoteca; boutiques e joalherias; simulador de Fórmula 1; cinema 4D; boliche; quadra poliesportiva; pista de jogging; cinco piscinas, sendo uma de borda infinita e uma com teto retrátil; 12 hidromassagens; solário; MSC Aurea Spa; entre outras atrações.

O transatlântico ainda conta com o MSC Yatch Club, característico dos navios da classe Fantasia, e que traz um conceito exclusivo de iate dentro do navio. A área possui 69 cabines ainda mais confortáveis e sofisticadas e espaços com acesso restrito, como bar, solário, hidromassagens, piscina e lounge privativos. Os serviços sob medida oferecidos na área especial do navio incluem recepção Concierge, mordomo 24h e muitos outros mimos.

No dia seguinte ao evento este gigante dos mares já iniciará seu roteiro inaugural no Brasil. Durante a temporada 2013/2014, o navio fará minicruzeiros pelas Ilhas Tropicais do Sudeste e roteiros de seis e sete noites para o Nordeste partindo do porto de Santos. Para mais informações acesse: www.msccruzeiros.com.br.

‘Splendour of the Seas’ encerra temporada de cruzeiros

navio

Com a chegada do Splendour of the Seas, termina segunda-feira (22), a temporada de cruzeiros marítimos, com a expectativa de movimentação de cerca de 1 milhão e 100 mil passageiros, entre embarque, desembarque e trânsito. O transatlântico atracou nesta sexta-feira (19) e partiu no início da noite para um roteiro no litoral do Rio. Ele segue, depois, para a Europa, onde cumpre diferentes rotas até novembro.

A temporada em Santos teve início em 9 de novembro, com o Aidacara, navio em trânsito que esteve apenas duas vezes no porto. Vinte e dois navios, 10 deles em roteiros regulares, fizeram 213 escalas no Terminal Marítimo de Passageiros Giusfredo Santini-Concais, que registrou 104 dias de operação.

Com 25 escalas cada, o Splendour, Magnifica e o Zenith foram os transatlânticos que mais atracaram em Santos. Oito navios acostaram apenas uma vez. O dia de maior movimento foi 9 de fevereiro (sábado de Carnaval), quando chegaram oito navios, movimentando cerca de 37 mil passageiros.

Santos detém o recorde nacional, com o acostamento simultâneo de nove transatlânticos, em 2 de fevereiro de 2008, também um sábado de Carnaval.

Enhanced by Zemanta

Fragatas da Marinha poderão ser visitadas no final de semana

liberal

Embarcações da Marinha do Brasil estarão no Porto de Santos dos dias 23 a 25 de março abertos para visitação pública. As fragatas “Bosísio” e “Liberal”, o Navio-Tanque “Marajó” e o Submarino “Timbira” ficarão atracados nos armazéns 31/32. As visitas podem ser feitas das 14h às 17h. A entrada é gratuita.

As embarcações, vindas do Rio de Janeiro, estão subordinados ao Comando da Força de Superfície. Nessa visita ao Porto de Santos, os navios participam da Operação Aderex I/2013, realizando exercícios no mar, além de atividades de Patrulha Naval nas bacias e plataformas petrolíferas da área que ficam entre os estados do Rio de Janeiro e São Paulo.

 

G1

Porto recebe Roberto Carlos e cinco cruzeiros neste sábado

roberto carlos

No aniversário de 467 anos de Santos, o Porto estará movimentado com a chegada de cinco navios de cruzeiros. MSC Fantasia, Splendour of The Seas, Zenith, Soberano e Costa Favolosa devem movimentar cerca de 20 mil turistas no Terminal Marítimo de Passageiros Giusfredo Santini (Concais), neste sábado. Entre os milhares de passageiros, um terá grande destaque: o cantor Roberto Carlos.

Ele subirá a bordo do Costa Favolosa para iniciar a nona edição do cruzeiro Emoções em Alto Mar. Os 3.308 hóspedes que vão entrar na embarcação terão a oportunidade de assistir um show do cantor no teatro do navio. O passeio de quatro noites inclui escalas em Ilhabela, no litoral norte de São Paulo, Rio de Janeiro e Angra dos Reis, no litoral fluminense. Pela manhã, o cruzeiro desembarcará 3.305 turistas no Porto.

Após desembarcar 3.716 pessoas, em Santos, o MSC Fantasia, que tem 287 hóspedes em trânsito, embarcará 3.874 passageiros. O navio seguirá para uma viagem de sete noites com escalas em Salvador, na Bahia, e Búzios e Ilha Grande, no Rio de Janeiro.

Soberano desembarcará 1.777 passageiros no complexo santista. Outros 1.950 irão se juntar aos 80 hóspedes em trânsito na embarcação. O navio seguirá para um passeio pelo litoral do Rio de Janeiro e da Bahia. No roteiro de sete noites, o navio passará por Búzios e Salvador.

Splendour of The Seas, que pode transportar 2.435 hóspedes, deixará Santos rumo a um passeio com escalas em Buenos Aires, na Argentina, Punta del Este e Montevidéu, no Uruguai. A viagem terá duração de sete noites.

Já o Zenith, deixará o complexo santista rumo a um mini-cruzeiro de quatro noites. A embarcação passará por Ilhabela, Búzios e Praia Tropical, na Ilha de Jaguanum, em Mangaratiba, no Rio de Janeiro. O navio tem capacidade para transportar até 1.828 passageiros.

Domingo

No domingo, o Porto de Santos receberá dois navios de passageiros: MSC Magnifica e Imperatriz. Os navios chegarão ao complexo santista no início da manhã.

Após a escala em Santos, o Magnifica seguirá para uma viagem de sete noites com escalas em Buenos Aires, na Argentina, Punta Del Este e Montevidéu, no Uruguai.

O Imperatriz também seguirá pará um passeio de sete noites. No roteiro da viagem estão incluídas escalas em Itajaí, no litoral catarinense, Montevidéu, no Uruguai e Buenos Aires, na Argentina.

 

A Tribuna

Enhanced by Zemanta

Grand Mistral movimenta mais de 2 mil passageiros no Porto de Santos

O navio de cruzeiros Grand Mistral, da operadora Ibero Cruzeiros, chegou ao Porto de Santos nesta quarta-feira. A embarcação está atracada no Cais 25, em frente ao Terminal de Passageiros Giusfredo Santini (Concais). O navio deixará o complexo santista no final da tarde.

Pela manhã, o Grand Mistral desembarcou 1.443 passageiros. O navio, que possui quatro passageiros em trânsito, embarcará 1.409 hóspedes.

A embarcação seguirá para um cruzeiro de quatro dias, com escalas Ilhabela (SP), Itajaí e Porto Belo, em Santa Catarina.

Enhanced by Zemanta

MSC Magnifica retorna ao Porto de Santos nesta sexta-feira

Em sua segunda escala na temporada 2012/ 2013, o MSC Magnifica retorna nesta sexta-feira ao Porto de Santos para o embarque de novos passageiros que poderão curtir as atrações do navio que é uma das grandes novidades da estação. Ele chegará por volta das 8 horas e deixará o complexo santista no final da tarde. Aqueles que não vão viajar, mas desejarem apeciar a embarcação poderão acompanhar a sua saída na Ponte Edgard Perdigão, na Ponta da Praia.

Em torno das 18 horas, o Magnifica vai partir para um cruzeiro de três noites com escalas em Angra dos Reis e Búzios, ambas no Rio de Janeiro. Ele volta a região na próxima segunda-feira.

Além do tamanho e do design modernos, o Magnifica chama atenção pelas atrações a bordo. O destaque do entretenimento fica para o cinema 4 D. Um pista de boliche dentro da ampla discoteca e uma mesa de sinuca em um dos salões são outros diferenciais da embarcação, que possui ainda bares e lounges com temas diferentes. Um deles traz uma decoração alusiva às clássicas modalidades esportivas. Ao todo, o Magnifica fará 25 escalas em Santos.

No sábado, não haverá navios atracados no Porto. Já domingo, será a vez do Grand Mistral retornar da sua viagem inaugural de quatro noites. Na segunda-feira, o Magnifica faz mais uma escala na região.

 

A Tribuna

Enhanced by Zemanta

Prefeitura recepciona navio Magnifica, pela primeira vez em Santos

Comentando sua satisfação de voltara a Santos, o comandante do transatlântico Magnifica, mais novo navio de passageiros da armadora MSC, o italiano Giuseppe Maresca, recebeu nesta terça (13) placa de boas-vindas à cidade, entregue pela secretária de turismo, Wânia Seixas. A homenagem é feita a cada navio de passageiros que atraca pela primeira vez no porto. Nesta quarta (14), chega, por volta das 9h, o navio Grand Mistral, da armadora Ibero.

Atracações

Depois de receber placa do navio, Wânia Seixas citou a importância de a armadora incluir a cidade em seus roteiros regulares com navios novos e decoração sofisticada. Além do Magnifica, a MSC trará o Fantasia, maior navio de cruzeiro marítimo a atracar na cidade, com capacidade para 4.363 passageiros.

A recepção teve a presença do diretor geral da MSC na América do Sul, Roberto Fusaro; diretora operacional da MSC do Brasil, Márcia Leite, agentes de turismo e outros profissionais ligados ao trade.

Enhanced by Zemanta

Xuxa batizará Fantasia no Porto de Santos

A próxima temporada de cruzeiros do Porto de Santos, que começará em cerca de 48 horas, será marcada pelo batismo de um dos navios participantes da estação. Trata-se do MSC Fantasia, que será batizado no próximo dia 27, ao escalar pela primeira vez no cais santista. A madrinha será a apresentadora Xuxa Meneghel.

O evento é uma das atrações previstas para a temporada pela operadora MSC Cruzeiros, que prevê um aumento de 20% na oferta de leitos em suas viagens durante essa estação. Na próxima (2013/2014), o crescimento previsto é de 12%.

Os planos da empresa foram anunciados pelo seu diretor comercial, Adrian Ursill.

Luxuoso e sofisticado, o MSC Fantasia é o maior navio construído por um armador europeu. Pela primeira vez os hóspedes terão a oportunidade de pisar em degraus de cristal Swarovski. O teto transparente da embarcação permite observar o céu. Nos 27 mil metros quadrados de espaço público, ela abriga o luxuoso Spa MSC Aurea, cinco restaurantes, quatro piscinas, 12 jacuzzis, cafés, lojas, área para crianças, um simulador de Fórmula 1 e um cinema interativo 4-D.

De acordo com Ursilli, autoridades e empresários ligados aos setores portuário e de cruzeiros vão participar do batismo do MSC Fantasia. São esperados de 2,5 mil a 3 mil convidados no evento, realizado durante uma viagem de uma noite.

“Arrisco dizer que será a maior festa privada do ano. A Xuxa vai cortar a fita e inaugurar tanto o navio quanto a temporada de cruzeiros. Em seguida, acontecerão festas na piscina com bandas convidadas e um show especial no teatro, além do jantar”, explicou o diretor da MSC Cruzeiros.

“Queremos reunir agentes, autoridades e fornecedores que participam do segmento e fazem os cruzeiros marítimos serem o que são hoje. Será a abertura oficial do Fantasia, que estará ao alcance do público no dia 28”, destacou Ursilli.

Atracação

Com 333 metros de comprimento, o MSC Fantasia não poderá atracar em frente ao Terminal de Passageiros Giusfredo Santini, administrado pela Concais, no Porto de Santos. O transporte dos passageiros entre o ponto de atracação do navio e a instalação será feito em ônibus e vans, em um esquema semelhante ao adotado em aeroportos.

Segundo Ursilli, a distância não se torna um empecilho para embarques e desembarques no navio, já que a operadora opta por realizar a atracação de apenas uma embarcação por dia, a fim de preservar o conforto dos hóspedes. Por conta deste esquema, não será necessário fazer rodízio com outras embarcações da companhia em dias de maior movimento, como em 9 de fevereiro (sábado de Carnaval), quando está prevista a parada de oito navios, todos de grande porte, em Santos.

“Nós já adotamos esta estratégia há cerca de dois ou três anos, montando a programação com um ou dois anos de antecedência e escalando apenas um navio em todos os dias. Portanto, nossa companhia não será diretamente afetada no rodízio”, afirmou.

Sobre as negociações entre a Codesp, a Autoridade Portuária de Santos, e a Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos (Abremar), entidade que havia proposto a atracação simultânea de mais de seis navios nesta estação, Ursini explicou a participação da MSC Cruzeiros. “Como somos uma associada da Abremar e empresa interessada e parceira, estamos apoiando presencialmente a questão, dando apoio às demais companhias com a sugestão de ideias, horários de atracação, para não prejudicar os hóspedes e as companhias”.

 

A Tribuna

Enhanced by Zemanta

Navio da Marinha chega ao Porto de Santos nesta quinta-feira

O navio de desembarque de carros Almirante Saboia, da Marinha do Brasil, chega ao Porto de Santos nesta quinta-feira. A embarcação ficará  atracada no Cais da Marinha, entre os armazéns 27 e 29, até a segunda-feira. Durante a estadia, está previsto o treinamento de tripulantes e testes de equipamentos.

A embarcação estará aberta à visitação pública a partir de sexta-feira, feriado de Finados. As visitas acontecem até o domingo, das 14 às 18 horas. A entrada é gratuita.

Almirante Saboia foi construído na década de 1960, no Reino Unido, para ser utilizado pelo Exército Britânico. O navio foi adquirido pela Marinha do Brasil em 2008 e o teve incorporado a sua frota no ano seguinte.

A embarcação tem capacidade de transportar cerca de mil toneladas, algo em torno de 50 veículos. Rampas na proa e na popa e um elevador tipo tesoura fazem o acesso dos veículos ao navio.

 

A Tribuna

 

Enhanced by Zemanta

Restos de navio encalhado há mais de 40 anos são atração em Santos

Os restos de um navio que encalhou há mais de 40 anos na faixa de areia em Santos, no litoral de São Paulo, foram vistos por quem caminhava pela praia do bairro Ponta da Praia nesta terça-feira (16). Na manhã desta quarta-feira (17), ainda com a maré baixa, era possível ver os destroços do navio Recreio, encalhado na orla santista desde 1971. O Corpo de Bombeiros alerta os banhistas sobre o perigo de ficar nesta área.

G1

Enhanced by Zemanta

Navio do Greenpeace está aberto à visitação neste fim de semana

O navio da organização não-governamental Greenpeace, o Rainbow Warrior, lançado ao mar em outubro passado, após 27 meses de construção, promete surpreende o público ao apresentar conceitos aplicados na defesa do meio ambiente. Os interessados em conhecer as peculiaridades do barco terão essa oportunidade entre este sábado e domingo, das 10 às 16 horas. A entrada é gratuita.

O Rainbow Warrior está atracado no Armazém 25 do cais santista, onde fica o Terminal de Passageiros Giusfredo Santini. A expectativa é de que a procura seja grande. Até agora, nas escalas anteriores do Warrior no País, mais de 20 mil pessoas já estiveram a bordo. Há pelo menos três anos, o Greenpeace não traz uma embarcação ao Brasil. Esse é normalmente o intervalo dado entre a vinda de barcos da instituição para navegar em águas brasileiras.

Além do Rainbow Warrior, atualmente em sua terceira versão, o Greenpeace conta com o Esperanza e o Artic Sunrise. Os outros dois Rainbow Warriors saíram de circulação. O primeiro foi bombardeado e afundado pelo serviço secreto francês e o último, transformado em hospital flutuante para atender a população carente em Bangladesh.

O atual Warrior é o primeiro a ter toda a sua construção, feita na Alemanha e na Polônia, acompanhada pelo Greenpeace. Os demais navios foram comprados já prontos. O projeto, holandês, foi desenhado de forma a garantir eficiência e sustentabilidade à embarcação, que serve como um escritório do órgão para atingir locais específicos de atuação.

Ao todo, a tripulação é formada por 15 funcionários fixos. E, em cada ponto de parada, costuma receber voluntários. No Brasil, há 300 voluntários. A capacidade máxima da embarcação é de 32 pessoas. Entre as atrações que poderão ser encontradas pelo público ao visitar o navio, estão tendas (montadas no cais) com temas diferentes.

A intenção é informar os visitantes sobre o navio, suas campanhas e a atuação do Greenpeace antes do embarque. O público será dividido em grupos de até 40 pessoas.

A TribunaEnhanced by Zemanta

Navio da Marinha chega ao Porto de Santos e será aberto ao público

O navio-escola Brasil, da Marinha, já está atracado no cais da Capitania dos Portos de São Paulo (CPSP), entre os armazéns 27 e 29 do Porto de Santos. A embarcação chegou à região no início da tarde desta sexta-feira e ficará aberta para visitação pública durante este final de semana, das 14 às 17 horas. A entrada é gratuita.

“A vinda do navio-escola Brasil faz parte de seu treinamento para a próxima viagem com os aspirantes, os guardas-marinhas que vão concluir, no final do ano, os quatro anos da Escola Naval. Eles sairão para a viagem de instrução, para depois serem promovidos a oficiais”, explicou o capitão dos portos, capitão-de-mar-e-guerra Gerson Luiz Rodrigues Silva, durante as comemorações do aniversário da Batalha do Riachuelo.

 Na segunda-feira, o navio-escola retornará ao Rio de Janeiro, onde iniciou a viagem de instrução, que busca complementar, de forma prática, os conhecimentos teóricos adquiridos na Escola Naval.

Serviço

Para chegar ao Cais da Marinha, deve-se acessar a Avenida Perimetral no sentido Ponta da Praia/Centro, na altura do Canal 4. Em seguida, o motorista deve entrar à direita, onde vai encontrar a sede da Capitania dos Portos.

A Tribuna
Enhanced by Zemanta

Navio do Greenpeace chega este mês ao Porto de Santos

Rainbow Warrior, mais novo navio da frota do Greenpeace (organização não-governamental que defende o meio ambiente), virá ao Porto de Santos no próximo dia 30. A embarcação está no Brasil desde o dia 20 de março para participar de ações de combate ao desmatamento ilegal na Amazônia.

Quando o navio atracar no complexo santista, os moradores da região terão a oportunidade de subir a bordo, conhecer a tripulação e participar das campanhas em defesa do meio ambiente.

O ponto de partida para a expedição do ‘navio-ativista’ foi Manaus (AM), onde mais de 1.300 pessoas visitaram o Rainbow Warrior. “Esperamos que o sucesso alcançado em Manaus se repita nas outras cidades por onde o navio passar”, disse a coordenadora de campanha do Greenpeace, Tatiana de Carvalho.

Em Belém (PA), cerca de duas mil pessoas conheceram o interior do navio, que ficou atracado na Estação das Docas. Neste final de semana, o navio estará no Porto de Recife (PE), atracado entre os armazéns 7 e 8. Antes de Santos, as próximas escalas serão em Salvador (BA) e Rio de Janeiro (RJ).

No litoral fluminense, o Rainbow Warrior participará da Rio+20 – Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável.

Navio sustentável

Com 58 metros de comprimento (equivalente a duas baleias azuis), o Rainbow Warrior é referência em sustentabilidade náutica.

Cada detalhe foi pensado para ter a menor emissão de carbono possível. Como exemplo, podem ser destacados a reutilização do calor do motor para aquecer as cabines da tripulação e o desenho do casco, feito de maneira aerodinâmica para melhor aproveitar a força dos ventos.

O vento, aliás, é o que move o navio. O motor híbrido (com alimentação a óleo diesel e eletricidade) é acionado apenas sob condições climáticas desfavoráveis ou em operações que exijam velocidade máxima.

Protesto

Durante a expedição, o Rainbow Warrior foi utilizado como base para ativistas no bloqueio ao navioClipper Hope, que foi impedido de entrar no Porto do Itaqui (MA). A equipe do Greenpeace escalou a âncora da embarcação para impedir o carregamento de ferro gusa no complexo maranhense. Segundo a ONG, a produção desse tipo de minério no País é relacionada a trabalho escravo, desmatamento ilegal e invasão de terras indígenas.

A Tribuna
Enhanced by Zemanta

Museu flutuante

O navio oceanográfico Professor Wladimir Besnard, aposentado pelo do Instituto Oceanográfico da USP,  será transformado em um museu flutuante no porto de Santos. Ele integrará o futuro complexo do Porto Valongo, que ocupará os velhos armazéns de 1 a 8, do trecho de cais. Ao lado de marinas, um novo terminal de passageiros, serviços públicos e turísticos, o velho navio contará histórias sobre a aventura heroica que foi garantir que o Brasil tivesse um pé na gelada Antártida, o continente que resta a ser explorado.

A grande aventura de navegar nas águas do fim do mundo começou, de fato, com um susto. O Brasil estava atrasado no cumprimento do Protocolo Antártico, que estabelecia que os países com projeções geográficas sobre o continente gelado só teriam de fato direito a permanecer lá se, até o final de 1983, apresentassem pesquisas científicas sobre a área.

Marinha e Instituto Oceanográfico correram atrás do prejuízo. O navio Besnard não é preparado para operações em águas antárticas e quase tudo foi improvisado. A primeira viagem, confirmando as pretensões do país ao continente gelado se deu no final de 1982. A tensão da Guerra das Malvinas chegou numa madrugada, durante a viagem. Um caça Sea Harrier pairou com seus holofotes à proa do navio e logo foi seguido por uma fragata inglesa. A habitual arrogância inglesa não queria acreditar que um país estivesse fazendo pesquisas no sul com um barco de apenas 49 metros de comprimento e 9 de largura, um barquinho de brinquedo perto das máquinas que percorrem aquelas águas. Depois de uma longa conversa, pôde prosseguir.

Histórias como essa recheiam as seis viagens feitas à Antártida pelo Besnard, o primeiro navio de pesquisas civil brasileiro naquelas águas. Foram elas que garantiram os direitos ao Brasil, por meio de uma pesquisa biológica sobre o Krill, um pequeno camarão abundante na região. A Base Comandante Ferraz foi instalada nessas primeiras viagens. Essa mesma base que, em fevereiro deste ano, pegou fogo provocando a morte de dois marinheiros.

O Besnard enfrentou enxames de icebergs,  dos quais escapou por pouco, problemas de comunicação, adaptações diversas e, por fim, na última das viagens, em 1988, a quebra do eixo de propulsão o deixou à deriva por 24 horas, sujeito a um naufrágio trágico no Estreito de Drake.

O velho navio tem o que contar.

 

Jornal da Orla

Enhanced by Zemanta

Navios da Marinha chegam nesta quinta-feira a Santos

Os moradores e turistas que visitarem a região durante o feriado da Paixão de Cristo e de Páscoa terão mais uma opção de passeio, quando quatro navios da Marinha do Brasil serão abertos à visitação pública. Eles irão atracar nesta quinta-feira, no Porto de Santos, no Cais da Marinha, entre os armazéns 27 e 29. A abertura ao público, porém, só começará nesta sexta, sempre das 14 horas até o pôr do sol. A entrada é gratuita.

Ao todo, cinco embarcações fragata Greenhalgh virão ao complexo santista. As fragatas BosísioNiterói Greenhalgh; o navio-tanque Almirante Gastão Motta; e o submarino Tamoio (que não será aberto à visitação) chegarão ao cais a partir das 13h30 desta quinta. A fragata Constituição; o navio-patrulha da classe Grajaú; e o submarino Timbira, que viriam à região, tiveram suas escalas canceladas.

Créditos: Divulgação

A fragata Greenhalgh poderá ser visitada a partir de sexta-feira, no Porto de Santos

Durante a estadia dos navios no Porto de Santos, os visitantes poderão conferir o convés das embarcações, receber dicas e orientações de oficiais da esquadra brasileria e conhecer uma exposição de aeronaves e de equipamentos utilizados nas operações aéreas, em combate a incêndios e no controle de avarias. O público também terá a oportunidade de participar do cerimonial à bandeira nacional, realizado ao pôr do sol.

Militares voluntários realizarão ainda uma ação cívico-social, ajudando na pintura de escolas municipais.

Serviço

Para chegar ao Cais da Marinha, deve-se acessar a Avenida Perimetral no sentido Ponta da Praia/ Centro, na altura do Canal 4. Em seguida, o motorista deve entrar à direita, onde vai encontrar a sede da Capitania dos Portos.

 

A Tribuna

Enhanced by Zemanta

Navio Aeródromo São Paulo vai atracar em Santos

O Navio Aeródromo São Paulo atraca nesta sexta-feira (18) no Cais da Marinha, entre os armazéns 30 e 31, onde permanece até dia 21. Ele poderá ser visitado sábado (19) e domingo (20), das 13h às 18h. Informações: 3221-3454.

Características:
Deslocamento (toneladas): 30.884   (padrão)   33.673   (plena carga)
Dimensões (metros): 266 x 51,2
Convés de Vôo (metros): 266
Velocidade (nós): 30 (máxima)
Número de catapultas: 2
Tripulação: 1030 homens
Aeronaves:  pode transportar até 37 aeronaves de asa fixa e 2 helicópteros.

Observação:

A tripulação do navio é de 1.030 homens. Considerando-se a ala aérea, acrescentar-se-ão 670 homens.

 

Fonte: http://www.mar.mil.br

Enhanced by Zemanta

Na manhã desta sexta, Aida Cara chega a Santos pela primeira vez nesta estação

O Porto de Santos receberá na manhã desta sexta-feira, por volta das 5 horas, o segundo navio de cruzeiros  desta temporada: o Aida Cara. A embarcação vai atracar no armazém 25, em frente ao Terminal de Passageiros Giusfredo Santini para o desembarque de 925 hóspedes. A Aida Cruises é voltada especialmente para turistas de origem alemã ou que dominem o idioma alemão.

Até o final da tarde, o navio vai embarcar 1.007 pessoas. A partida do Aida Cara está marcada para 23h50. O destino da viagem será o Rio de Janeiro.

Essa será a única escala da embarcação no complexo santista neste ano. A próxima parada do navio na região está marcada para 6 de janeiro. Ao todo, o Aida Cara fará apenas cinco paradas em Santos até o final da estação, em 18 de maio de 2012.

Antes de chegar a Santos, o navio fez a abertura da estação em Ilhéus (BA). Já no dia 17 estará em Paranaguá (PR).

 

A TribunaEnhanced by Zemanta