Novos Contatos Agenda Santos

Parcerias, Divulgações, Informações e City Tour

 

Agenda Santos

City Tour – Santos História e Religião – 29/07

O City Tour – Santos História e Religião – é um passeio pelos principais pontos turísticos da cidade contando sua importância histórica e curiosidades.

city tour

Data: 29 de julho de 2017

Ponto de Partida: Igreja do Embaré

Ponto de Chegada: Pinacoteca Benedicto Calixto

Tempo de duração: 3 horas

Valor: R$60 por pessoa

Incluso: aula com o Professor José Marques, guia cadastrado MTUR, transporte.

Horário de início: 8:30 h

Horário de término: 12 h

Pagamento via PagSeguro

Roteiro:

Na Igreja do Embaré o visitante conhecerá sua história, arquitetura e curiosidades da Basílica Menor de Santo Antônio do Embaré. Aprenderemos a diferença entre igreja, paróquia, basílica e catedral.

Seguiremos em um passeio panorâmico pela cidade até o Centro Histórico onde faremos um passeio saindo da Praça Mauá – o coração do Centro Histórico – conhecendo seus principais pontos turísticos como: Igreja Nossa Senhora do Rosário, Teatro Guarany, Cadeia Velha, Mosteiro de São Bento, Igreja do Valongo, Estação do Valongo, Casarões do Valongo, Casa da Frontaria Azulejada, Museu do Café (com visitação), Associação Comercial, Palácio José Bonifácio, Casa do Trem Bélico, Outeiro de Santa Catarina, Teatro Coliseu, Catedral de Santos, Fonte do Itororó e Monte Serrat. 

Retornaremos ao ponto de partida com parada na Pinacoteca Benedicto Calixto para apreciação de sua história e obra.

O passeio será guiado por guia cadastrado e com aula do professor Marques.

Sobre o Professor

Licenciado em Artes Visuais pela Universidade Santa Cecília, atua como artista plástico e restaurador de Arte Sacra, onde fez parte da equipe de restauro da Basílica de Santo Antonio do Embaré em Santos, tendo estudado também com Claudio Plastro, um dos principais artistas sacros da atualidade, falecido em 2016 (responsável pela decoração interna do Santuário nacional de Aparecida). Professor de ensino técnico profissionalizante pela CEETPS, nas Etecs Aristóteles Ferreira e Dona Escolástica Rosa, no Ensino de História da arte, cultura brasileira, manifestações populares para os cursos  técnicos de agenciamento de viagem e eventos. Ainda no campo de produção das artes plásticas, desenvolve pinturas a óleo sobre tela, e esculturas em materiais diversos e em grandes dimensões, já tendo inclusive trabalhado em carros alegóricos para escolas de samba e blocos carnavalescos da região.                        

 

Incentivador da cultura regional e da perpetuação da memória do folclore santista, dirige o grupo teatral “Incena Santos”, composto em sua maioria por jovens estudantes, dramatiza lendas e histórias, já tendo produzido um curta metragem.

Ingressos: https://pag.ae/bhlZPst

Passeio turístico na Zona Noroeste acontece neste sábado

Engenho São Jorge dos Erasmos

Engenho São Jorge dos Erasmos

Neste sábado, as Secretarias de Turismo e do Meio Ambiente de Santos oferecem passeio pela Linha Conheça Santos-Zona Noroeste. O transporte sairá às 15h30 da Praça das Bandeiras, no Gonzaga.

As inscrições podem ser feitas hoje, a partir das 13 horas, pelo telefone 3284-4375, ou pessoalmente no Posto de Informações Turísticas, que funciona no bonde da praça.

O passeio, que é monitorado por guias de turismo, tem duração de 2h30 e custa R$ 10,00. No trajeto, os visitantes irão conhecer coleções botânicas e um engenho que exportava açúcar e rapadura para a Europa, no século 16.

Os interessados podem entrar em contato com o Disk Tour 0800-173887.

Passeios de Escuna – Santos

escuna

A escuna Mestre dos Mares fará vários passeios este final de semana!!

Horários de embarque: 10h40 – 12h40 – 14h40 – 16h40

Preço: Adulto: R$ 20,00 – Criança de 4 a 10 anos : R$ 10,00 Idoso: R$ 10,00

Venha conhecer belas paisagens do Litoral Paulista!!!!

Saída: – Ponte Edgard Perdigão – Ponta da Praia

Fone: 13 3014-8228 / 13 9713-2573

Sábado com turismo nos morros e novidades no restaurante-escola

linha-conheca-santos

clam chowder, a sopa de mariscos mais famosa do mundo, uma especialidade americana, e o salmão de inverno, preparado no forno e acompanhado de purê de couve-flor e espinafre especial, são as novidades do cardápio de sábado (27) no restaurante-escola Estação Bistrô (Estação do Valongo, Centro Histórico). As inovações homenageiam a realização do 2º Valongo Motor Classic, em frente à estação, das 9h às 16h.

Além isso, a sobremesa também será especial para o evento, um dos maiores do antigo motociclismo no estado: crepe de morango e chocolate, com coulis de morango. Para facilitar, o estabelecimento abre às 12h e fechará às 15h30, meia hora mais tarde do que o habitual. O 2º Valongo Motor Classic pretende reunir cerca de 150 veículos de várias cidades paulistas e de outros estados, e superar o público do ano passado, em torno de 1.500 pessoas.

A Linha Turística do Bonde também terá horários especiais, saindo da Estação do Valongo das 11h às 14h, a cada 60 minutos, para um passeio de 20 minutos até o Outeiro de Santa Catarina.

Outra boa opção para sábado (27) é a linha Conheça Santos-Morros. Há visita ao Centro Cultural do Morro São Bento e à Lagoa da Saudade, onde são apresentadas tradições das colônias portuguesa e cigana, respectivamente. É preciso fazer reserva a partir das 13h pelo telefone 3284-4375 e o ônibus parte às 15h30 na praça das Bandeiras, na praia do Gonzaga. O passeio é monitorado por guia de turismo da Setur, custa R$ 10,00 e tem duração aproximada de 2h30.

Enhanced by Zemanta

Sábado tem passeio da Linha Zona Noroeste

A Linha Conheça Santos-Zona Noroeste parte neste sábado (11), às 15h30, da Praça das Bandeiras (Gonzaga) com roteiro que inclui o Jardim Botânico Chico Mendes e as ruínas do Engenho de São Jorge dos Erasmos.
Há necessidade de inscrição, a partir das 13h, pelo telefone 3284-4375, ou pessoalmente no PIT (Posto de Informações Turísticas) instalado no bonde do Gonzaga, na Praça das Bandeiras.

Com cerca de 2h30 de duração, o passeio custa R$ 10,00 e tem acompanhamento de guia da prefeitura. Em caso de chuva, será suspenso.

Enhanced by Zemanta

Culturas portuguesa e cigana, no passeio turístico dos morros

linha conheçasantos morros

As jovens ciganas Bonnie Horrana e Bárbara Gogatti, de 14 anos, recepcionam, em danças solo, os passageiros da Linha Conheça Santos-Morros, que neste sábado (27) realiza mais um passeio com monitoria de guias de turismo da Setur (Secretaria de Turismo). É preciso fazer reserva, das 13h às 15h, pelo telefone 3284-4375 ou no (PIT) Posto de Informações Turísticas da Praça das Bandeiras, de onde parte o micro-ônibus, às 15h30. O roteiro tem cerca de duas horas e custa R$ 10,00.

As apresentações ocorrem junto à Lagoa da Saudade e contarão ainda com dança solo de Sahira; grupo Ciganos da Terra, de São Vicente, e Mistérios do Oriente, integrado por idosos do Cecon Vida Nova, coordenado pela professora Sueli. Já Aurora Boreal exporá trabalhos com moedas e Zìngara, produtos para banho e sais especiais.

O roteiro começa no Centro Turístico, Cultural e Esportivo do Morro São Bento, onde o Rancho Folclórico Típico Madeirense apresenta um pouco das tradições lusitanas. Há ainda exposição e venda de doces portugueses e de bordados típicos da Ilha da Madeira.

Enhanced by Zemanta

Passeio de Escuna

passeio-escuna

Para aproveitar as férias, que tal um passeio náutico pela baía de Santos? As escunas, que ficam à disposição dos turistas, saem do atracadouro da ponte Edgar Perdigão, na Ponta da Praia, deixando para trás os prédios e o trânsito.

O trajeto percorrido pelas embarcações passa pela Fortaleza da Barra Grande (construída em 1584), pela pequena Praia do Góes e pela minúscula Praia de Sangava, todos os três pontos turísticos na costa de Guarujá. O passeio inclui a Ilha das Palmas, onde funciona um restrito clube de pescadores. Lá, a escuna dá uma pausa para quem quiser mergulhar.

Quando retorna à ponte Edgar Perdigão, após 1h30 de passeio, os passageiros – a maioria de turistas – entendem de forma diferente três as cidades: Santos, São Vicente e Guarujá.

O trajeto pela Baía de Santos passa pela Fortaleza da Barra Grande, Praia do Góes, Praia do Sangava, Ilha das Palmas, orla e cais de Santos. As saídas acontecem a cada 20 minutos todos os dias da semana, das 9h20 às 18h40. São operadas por três empresas: Genesis-Gemini (tel: 2202-4390, 9787 9380, Escunas Bravo Tur (3014-8228 e 9706-32 88) e Turismo no Mar (9721- 1200 e 7806- 4164).Já o turismo náutico por Guarujá, São Vicente e orla de Santos (3h40 de duração) também inclui: Praia do Major (parada para mergulho) Praia do Guaiuba, Ilha do Mato (outra parada para mergulho) Ponta do Manduba, Ilha Porchat e Ilha Urubuqueçaba. Saída só aos finais de semana, às 9h55 e às 13h55.

Este trajeto é operado pela Genesis-Gemini (telefones 2202 4390 e 9787 9380). As saídas ocorrem do Terminal de Passageiros (ponte) Edgar Perdigão (Av. Saldanha da Gama s/nº Ponta da Praia, Santos).

 

ATribuna

Enhanced by Zemanta

Passeio ciclístico celebra os 40 anos do Jornal da Orla

passeio

Pedalada acontece no próximo domingo (27), com início na praia do Gonzaga e chegada no Centro Histórico.
Prepare a sua “magrela” ou, se não tiver, providencie uma, para participar do 4º Passeio Ciclístico da Cidade de Santos, que acontece no próximo domingo (27). Além de celebrar o aniversário do município, o evento integra também a programação que comemora os 40 anos do Jornal da Orla, a ser completados em 18 de novembro.

Organizado pela Associação Brasileira de Ciclistas, o evento vai promover uma viagem pela história. O passeio começará na praia do Gonzaga e seguirá pela avenida Ana Costa até o Centro Histórico, passando por locais onde ocorreram fatos importantes para a cidade, como o Outeiro de Santa Catarina, a Prefeitura e a Casa da Frontaria Azulejada.

A concentração do passeio será às 9h, na praça das Bandeiras, no Gonzaga, onde poderão ser feitos ajustes nas bicicletas. A largada ocorre às 10h. Segundo o presidente da entidade, Jessé Felix, durante o passeio haverá uma Bike Som (em vez de um carro de som, uma bicicleta com som amplificado, para animar ainda mais a pedalada), distribuição de isotônico Ironage, o sorteio de uma bicicleta.
O final do passeio será no Outeiro de Santa Catarina, local onde de fato se iniciou a história de Santos. No local, será cortado um bolo pelo aniversário do Jornal da Orla.

Homenagens- Além de comemorar os 40 anos do Jornal da Orla, o passeio faz uma homenagem aos 10 anos da construção da segunda pista da Rodovia dos Imigrantes e aos seis anos do Pedala Santos, projeto de incentivo ao uso de bicicletas em Santos e que colaborou para o sucesso da implantação do Bike Santos, o sistema de bicicletas gratuitas da cidade, que tem sido muito utilizado por moradores e turistas.

As camisetas para participar do passeio ciclístico podem ser trocadas por uma lata de leite em pó na Banca da Praça Mauá, de segunda-feira a quinta-feira, e na Praça das Bandeiras, na segunda-feira e no sábado. Os produtos arrecadados serão encaminhados para o Lar de Amparo à Velhice de Santos. Para segurança dos participantes, haverá o apoio da Polícia Militar, CET e veículos da Ambulâncias Brasil.

Jornal da Orla

Enhanced by Zemanta

Passeio nos morros mostra tradições portuguesas e ciganas

Tem doces, bordados da Ilha da Madeira e música típica portuguesa, além de dança do ventre e artesanato, que traduzem a cultura do povo cigano. Essa mescla é o atrativo da Linha Conheça Santos-Morros, que circula neste sábado (27), com saída às 15h30 da praça das Bandeiras (praia do Gonzaga).

As reservas devem ser feitas no dia do passeio, a partir das 13h, no PIT (Posto de Informações Turísticas) no bonde que fica na praça ou ainda pelo telefone 3284-4375. Monitorado por guia de turismo da Setur (Secretaria de Turismo) e com cerca de 2h30 de duração, o roteiro tem a primeira parada no Centro Turístico, Cultural e Esportivo, no Morro do São Bento, onde há apresentação de danças portuguesas, a cargo do Rancho Folclórico Típico Madeirense, e venda de itens típicos portugueses.

No Morro da Nova Cintra, junto à Lagoa da Saudade, acontecem as apresentações do grupo cigano Tsara Romai, da professora de dança do ventre Sahira Ma Ajniha e do Centro de Convivência Vila Nova, sob a regência da professora Suely. Há ainda artesanato com moedas produzido por Aurora Boreal.

Passeio turístico mostra atrativos do Jardim Botânico e Engenho dos Erasmos

Uma história de pioneiros em pleno século 18, que marcou a economia do Brasil Colônia, e, para completar, um passeio por espécies arbóreas curiosas ou sob ameaça de extinção, além de cultivadas para os jardins e outros espaços públicos.

A Linha Conheça Santos-Zona Noroeste, que circula sábado (14), com saída às 15h30 da Praça das Bandeiras (praia do Gonzaga), mostra atrativos desconhecidos até mesmo por santistas.

É preciso reservar lugar sábado, das 13h às 14h30, pelo telefone 3284-4375, ou pessoalmente no PIT (Posto de Informações Turísticas) do Gonzaga, que funciona junto ao ponto de partida do micro-ônibus. O passeio, que custa R$ 10,00 e tem duração aproximada de 2h30, será suspenso em caso de chuva.

Passeio nos morros mostra folclores português e cigano

A tradição da Ilha da Madeira, sobretudo a secular arte de bordar tecidos; doces e danças típicas regionais integram o roteiro da Linha Conheça Santos-Morros, neste sábado (30), com saída às 15h30 da Praça das Bandeiras. É preciso fazer reserva antecipada, a partir das 13h, pelo telefone 3284-4375 e a passagem custa R$ 10,00. O passeio é monitorado pela Setur (Secretaria de Turismo).

João Manoel Pinho da Silva, administrador do Centro Turístico, Esportivo e Cultural do Morro do São Bento, onde é feita a apresentação do Rancho Folclórico Típico Madeirense, destaca que os cantares portugueses representam situações do século 18, quando a população da Ilha da Madeira era escravizada. “Por andarem acorrentados, não conseguiam dar passos largos e andavam sempre de cabeça baixa, pois mão tinham o direito de olhar para o ‘seu senhor’”.

Ciganos
Se não chover, o micro-ônibus segue depois para a Lagoa da Saudade, no Morro da Nova Cintra. Ali, grupos ciganos se apresentam junto à gruta de Santa Sara Kali, padroeira desse povo. Na programação estão a Companhia de Dança Sahia Abadi e Mistério do Oriente, com integrantes do Cecon Vida Nova, coordenado pela professora Suely. Haverá exposição de lenços ciganos e moedas.

Enhanced by Zemanta

No alto do morro, hoje é dia da Lagoa da Saudade

Os frequentadores da Lagoa da Saudade, no Morro da Nova Cintra, têm mais um motivo para comemorar. Desde 18 de maio, os segundos domingos do mês de junho são reservados para a atração, que tem mais de 200 metros quadrados e dispõe de playground e quiosques com churrasqueiras. Hoje, porém, no primeiro Dia da Lagoa da Saudade, poucas pessoas sabem da data comemorativa.

A lagoa é ponto de encontro de moradores do morro e de pessoas que praticam atividades físicas ou preferem somente pescar e apreciar a paisagem. A vista já é bem diferente por causa das construções de empreendimentos imobiliários na região, antes composta apenas por casas.

A comemoração foi instituída pelo prefeito João Paulo Papa (PMDB), após aprovação da Câmara Municipal, na sessão de 26 de abril. A nova data não é conhecida pelas pessoas que passam pela lagoa. A guarda municipal Mayara de Morais Soares é responsável pela segurança do local durante as manhãs. “Não sabia da data, e acredito que as pessoas que vêm aqui também não saibam”, afirma.

O público é variado. Os que preferem atividades físicas acompanham orientações de professores da rede municipal, que dão aulas de ginástica das 7 às 11 horas. Há, ainda, quem prefira organizar um churrasco com amigos e parentes. Para usar os quiosques e as churrasqueiras gratuitamente, é necessário fazer reserva no Departamento de Administração Regional dos Morros.

No local, há também um deck para pesca e uma ponte de acesso a um trecho preservado da Mata Atlântica, próprio para caminhadas. O estudante Dylan Miranda Martins, de 12 anos, mora em São Bernardo do Campo, mas não dispensa dias de férias e feriados na Lagoa da Saudade. É ele quem leva o pai, o vendedor Dênis Alves Miranda, e o avô, o aposentado Bartolomeu Miranda, ao local.

“Eu venho para trazê-lo, mas gosto do sossego e da tranquilidade do local. Não sabia desta data”, afirma o pai. O avô é o responsável pelas iscas e varas. “Usamos milho e alguns tipos de massa, mas o que falta aqui é peixe”, lamenta.

Segundo relatos de moradores das proximidades, a lagoa foi habitat de três jacarés, que já foram removidos. Hoje, os visitantes mais assíduos são marrecos e garças. Os peixes, que vez por outra aparecem por lá, costumam ser tilápias e traíras.

Botânico e Engenho dos Eramos, atrações de passeio na Zona Noroeste

Tiê-sangue, bem-te-vi, socó, biguá, lavadeira mascarada e gavião-asa-de-telha são algumas das aves da fauna do Jardim Botânico Chico Mendes, que integra o roteiro da Linha Conheça Santos-Zona Noroeste, a ser realizado neste sábado(8), com saída às 15h30 da Praça das Bandeiras (Gonzaga). 

É preciso fazer reserva antecipada, a partir das 13h, pelo telefone 3284-4375 ou no PIT (Posto de Informações Turísticas), que funciona no bonde instalado na praça. O passeio, com cerca de 2h30, custa R$ 10,00 é monitorado por guia de turismo da Setur (Secretaria de Turismo).

A outra parada é nas ruínas do Engenho de São Jorge dos Erasmos. com cerca de cinco séculos, e mais antigo e conservado do país. Durante 70 anos, fabricou e exportou açúcar e rapadura durante o Brasil Colônia. Em caso de chuva, o passeio é cancelado.