MSC Cruzeiros destaca cruzeiros de natal e ano novo

O fim do ano se aproxima e junto com ele os feriados mais esperados, com isso muitos viajantes já começam a planejar seu recesso. Seja para curtir com amigos ou com a família, a MSC Cruzeiros apresenta diversas opções de roteiros nacionais e internacionais com diferentes atrativos.

E como brasileiro é fã de uma boa praia, o MSC Preziosa, o maior e mais moderno transatlântico a visitar o Brasil, fará roteiros pelo Nordeste, a partir de Santos, e visitará os portos de Búzios, Salvador, Ilha Grande/Angra dos Reis e Ilhabela, sendo que durante a rota de ano novo fará uma parada técnica para assistir a queima de fogos em Copacabana.

E a diversão a bordo se estende em terra, pois as excursões oferecidas aos viajantes prometem surpreender também. Vale destacar Búzios, onde os hóspedes poderão conhecer Cabo Frio, uma das mais antigas cidades do Brasil descobrindo porque Brigitte Bardot se apaixonou pelo destino na década de 60. Já em Salvador é possível conhecer a igreja do Nosso Senhor do Bonfim, o pelourinho, além de realizar compras no Mercado Modelo.

Para quem quiser passar um dos dois feriados visitando outros países sul-americanos, o MSC Magnifica, navio que se destaca por contar com 80% de cabines externas e externas com varanda, é a escolha certa. O transatlântico, que partirá de Santos, passará por Montevidéu e Punta del Este, no Uruguai, além de realizar pernoite em Buenos Aires, na Argentina.

Os passeios deste roteiro também são encantadores. Na capital argentina os turistas poderão conferir um espetáculo memorável de tango clássico e moderno no teatro Metro Golden Mayer, já em Montevidéu é possível visitar a antiga cidade beira-mar aproveitando para degustar os famosos vinhos da região.

E para os hóspedes que quiserem aproveitar os mesmos roteiros, mas saindo do Rio de Janeiro, o MSC Orchestra, navegará pela região do Prata no natal, enquanto no ano novo  zarpará rumo ao  nordeste brasileiro.

As opções da armadora também incluem passar as festas em portos internacionais. O MSC Divina, por exemplo, fará rotas pelo Caribe, partindo de Miami, nos Estados Unidos, e visitando St. Maarten, Porto Rico e Bahamas durante o feriado religioso e, no réveillon, passará pela Jamaica, Ilhas Cayman, México e Bahamas. Quem quiser curtir as praias da terra do sol também, mas não possui visto, o MSC Musica terá, em ambos os feriados, cruzeiros saindo da República Dominicana e realizando escalas em Antígua e Barbuda, Martinica, Guadalupe, St. Maarten e Ilhas Virgens Britânicas.

E os mais clássicos podem curtir o natal e o réveillon no Mediterrâneo. A armadora italiana contará com dois navios pelo velho continente, e entre eles o mais popular da temporada passada, o MSC Fantasia, que no natal fará rotas pela Itália, Grécia e Israel, e no réveillon atracará na Itália, Espanha, Portugal e Marrocos. Já o MSC Splendida visitará a Itália, França, Espanha e Tunísia nos dois feriados.

 

Confira algumas saídas:

 

América do Sul – MSC Orchestra

Saída: 21/12/2013 – 7 noites (Natal)

Roteiro: Rio de Janeiro, Ilhabela, Montevidéu, Punta del Este, Buenos Aires e Rio de Janeiro.

Preço: a partir de USD 1129.65 por pessoa em cabine dupla interna + taxas (cat. 1).

 

Saída: 29/12/2013 – 7 noites (Réveillon)

Roteiro: Rio de Janeiro, Búzios, Ilha Grande/Angra dos Reis, Copacabana, Salvador e Rio de Janeiro.

Preço: USD 2324.25 por pessoa em cabine dupla interna + taxas (cat. 2).

 

América do Sul – MSC Preziosa

Saída: 19/12/2013 – 7 noites (Natal)

Roteiro: Santos, Búzios, Salvador, Ilha Grande/Angra dos Reis, Ilhabela e Santos.

Preço: a partir de USD 1566.75 por pessoa em cabine dupla externa com varanda + taxas (cat. 9)

 

América do Sul – MSC Magnifica

Saída: 22/12/2013 – 7 noites (Natal)

Roteiro: Santos, Punta del Este e Montevidéu (Uruguai), Buenos Aires (Argentina – pernoite) e Santos.

Preço: USD 1622.65 por pessoa em cabine dupla externa com varanda + taxas (cat. 8).

 

Saída: 29/12/2013 – 7 noites (Revéillon)

Roteiro: Santos, Montevidéu e Punta del Este (Uruguai), Buenos Aires (Argentina – pernoite) e Santos.

Preço: USD 2271.75 por pessoa em cabine dupla externa com varanda + taxas (cat. 7).

 

Caribe – MSC Divina

Saída: 21/12/2013 – 7 noites (Natal)

Roteiro: Miami, Philipsburg (St. Maarten), San Juan (Porto Rico), Great Stirrup Cay (Bahamas) e Miami.

Preço: a partir de USD 659 por pessoa em cabine dupla interna + taxas (cat. 1).

 

Caribe – MSC Musica

Saída: 21/12/2013 – 7 noites (Natal)

Roteiro: Santo Domingo e La Romana (Rep. Dominicana), St. John´s (Antígua e Barbuda), Fort de France (Martinica), Pointe-a-Pitre (Guadalupe), Philipsburg (St. Maarten), Road Town (I. Virgens Britânicas) e Santo Domingo.

Preço: a partir de USD 739 por pessoa em cabine dupla interna + taxas (cat. 3).

 

Mediterrâneo – MSC Splendida

Saída: 21/12/2013 – 7 noites (Natal)

Roteiro: Gênova (Itália), Marselha (França), Barcelona (Espanha), La Goulette/Cartago&Sidi Bou Said (Tunísia), Palermo/Sicília, Civitavecchia/Roma e Gênova (Itália).

Preço: a partir de USD 849 por pessoa em cabine dupla interna + taxas (cat. 2).

 

Mediterrâneo – MSC Fantasia

Saída: 28/12/2013 – 11 noites (Réveillon)

Roteiro: Gênova (Itália), Barcelona (Espanha), Funchal, pernoite (Ilha Madeira/Portugal), S. Cruz de Tenerife (I. Canárias/Espanha), Casablanca/Marrakesh (Marrocos), Málaga (Espanha), Civitavecchia,/ Roma (Itália) e Gênova (Itália).

Preço: a partir de USD 1129 por pessoa em cabine dupla interna + taxas (cat. 1).

 

Temporada 2013-2014 da CVC terá 12 cruzeiros temáticos

tematicos

O mês de novembro se aproxima e está quase tudo pronto para a temporada de cruzeiros no litoral brasileiro. Dez transatlânticos aportarão nos portos nacionais realizando um total de 12 Cruzeiros Temáticos – modalidade de viagem que caiu no gosto do público brasileiro.

Há opções para todos os gostos: dança, saúde, culinária, rock, bem-estar e até mesmo como extensão acadêmica, para estudantes de educação física, turismo, gastronomia, moda, entre outras áreas.

A CVC começa a comercializar a programação completa de cruzeiros temáticos, realizados no verão pelas companhias Pullmantur, Costa Cruzeiros, MSC e Royal Caribbean.

A MSC, realizará quatro viagens tematizadas. São elas: “Beleza sem Fronteiras” — para cuidar da aparência física, c om tratamentos estéticos de rejuvenescimento e cuidados a bordo — , “Qualidade de Vida” — com intensa programação de atividades físicas a bordo, como ioga, meditação, alongamento e massagens— , “Mar & Ação” — com aulas dirigidas a iniciantes e treinamento de alta performance— , “Baila Comigo” — om programação variada de aulas de salsa a forró, e de samba a sertanejo.

A Costa Cruzeiros oferece quatro opções: 12ª Bem-Estar, 11ª Dançando a Bordo, 20ª Fitness e 7ª Tango & Milonga. São sugestões que inserem os passageiros no circuito do bem-estar, com atividades físicas, reeducação alimentar e palestras sobre nutrição; já os cruzeiros de dança terão experts a bordo: Carlinhos de Jesus, Jaime Arôxa e Aurora Lubiz.

Já a Pullmantur realizará a 4ª edição do “Motorcycle Rock Cruise” no Zenith, dedicado aos aficionados por rock e motociclismo, com bandas nacionais e internacionais a bordo, que farão tributos a Led Zeppelin, Queen, Iron Maiden, entre outras.

Há também cruzeiros acadêmicos, a Pullmantur  realizará de 16 a 19 de novembro de 2013, a 9ª edição da Universidade Marítima CVC, posicionada como “a sala de aula com vista para o mar”, que já formou mais de 10 mil alunos.

O transatlântico Empress será palco do evento que navegará desde Santos até Búzios (RJ) e Ilhabela (SP) e oferecerá uma ampla programação de workshops comandados por profissionais e acadêmicos, dirigidos a estudantes de Educação Física, Marketing , Meio Ambiente e Sustentabilidade, Nutrição, entre outros cursos. Os participantes receberão ao final da viagem Certificado válido como hora/atividade, reconhecido por escolas e universidades parceiras do projeto. Este cruzeiro é comercializado pela CVC Estudantes (estudantes@cvc.com.br).

O  Splendor of the Seas da Royal Caribbean repetirá em fevereiro o sucesso “Royal Life”, cruzeiro ideal para quem quer perder uns quilinhos com aulas de spinning, pilates, ioga, hidrobike (spinning na água) e opções de pratos leves. Há também orientação nutricional sobre como montar refeições equilibradas. Em abril, para finalizar, será a vez do “Royal Dance”, que acontece durante uma viagem de travessia para Barcelona, com aulas de dança para inici antes, festas temáticas, turmas para prática de idiomas e culinária de países como Índia, Filipinas, Grécia e Turquia.

Os cruzeiros temáticos partirão de Santos (SP), porém a CVC oferece a opção de o cliente adicionar ao roteiro passagens aéreas até São Paulo Capital (com traslado até o Porto de Santos), como também tem cruzeiros regulares partindo do Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA), Fortaleza (CE), Recife (PE), Natal (RN), João Pessoa (PB), Itajaí (SC), além de Santos (SP).

 

Após escala em Santos, Costa Fascinosa promete muita dança

N_172650366284

Muita dança. É o que promete o navio Costa Fascinosa, da Costa Cruzeiros, após deixar o Porto de Santos, no final da tarde desta terça-feira. A embarcação, que chegou ao cais santista, às 8 horas, iniciará o cruzeiro Tango & Milonga. A viagem terá duração de nove noites, e contará com atividades que incluem aulas das tradicionais danças argentinas que dão nome ao cruzeiro temático, além de zouk, samba de gafieira, forró e ritmos latinos.

Fascinosa, que pela manhã desembarcou 1.567 pessoas no Terminal de Marítimo de Passageiros Giusfredo Santini (Concais), possui 1.984 turistas em trânsito. Outros 1.492 passageiros subiram a bordo do navio durante a tarde.

O cruzeiro dançante fará escalas no Rio de Janeiro, capital fluminense, Buenos Aires, na Argentina, Punta Del Este, no Uruguai, e Porto Belo, no litoral catarinense.

O navio retornará ao Porto de Santos no próximo dia 31.

Zenith

Nesta quarta-feira, é a vez do Zenith retornar ao cais santista. A embarcação chegará no início da manhã. Após Santos, o navio seguirá para um mini-cruzeiro de três noites com escalas em Búzios e na Praia Tropical, na Ilha de Jaguanun, em Mangaratiba, ambas no litoral do Rio de Janeiro.

A Tribuna

Enhanced by Zemanta

Santos recebe nesta quarta-feira (12) 5 mil passageiros de quatro navios

Quatro navios chegam por volta das 9h desta quarta (12) a Santos, dois dos quais em trânsito (sem embarque ou desembarque) – MS Marina, da armadora Oceania Cruises, em única atracação no porto, e o Seven Seas Mariner, da Regente, que fez sua estreia, nesta temporada, no último dia 29. Os cerca de 1.400 turistas, de ambos os transatlânticos, terão a oportunidade de conhecer as atrações locais, pois os navios saem no início da noite.

Procedente de Ilhabela (SP), após roteiro de três dias, o Grand Mistral, da armadora Ibero, com capacidade para 1.700 passageiros, segue às 18h para Porto Belo, para uma viagem também de curta duração. Já o Zenith, da Pullmantur, que acomoda 1.828 turistas, parte uma hora mais cedo rumo a Búzios e a uma praia reservada na Ilha de Jaguanum, ambas no Rio de Janeiro, para viagem de três noites.

O Marina, para 700 passageiros, vem do Rio e depois segue viagem para Montevidéu (Uruguai), Buenos Aires e Ushuaia (Argentina), e Puerto Chacabuco, Puerto Montt e Valparaiso, na costa chilena. Às 20h, o Seven Seas Mariner, com capacidade para 770 cruzeiristas, parte para o Rio rumo a uma viagem de 22 dias que tem como destino final Porto Rico (EUA). Ele retorna a Santos em 21 de fevereiro.

 

Boqnews

Enhanced by Zemanta

Costa Serena e Imperatriz escalam no Porto de Santos

n_serena_img01

O Porto de Santos recebeu dois navios de cruzeiros nesta terça-feira, o Costa Serena, da Costa Cruzeiros, e o Imperatriz, da Pullmantur. As embarcações chegaram ao cais santista no início da manhã. Eles deixarão a Cidade às 18 horas.

Essa é primeira vez que o Costa Serena atraca em Santos nesta temporada. O navio desembarcou 79 pessoas no Terminal de Passageiros Giusfredo Santini (Concais). A embarcação possui 2.479 passageiros em trânsito, e não realizará embarque.

Serena deixou o porto de Savona, na Itália, no último dia 25, para uma viagem de 16 noites. No Brasil, o navio passou por Recife (PE), Maceió (AL), Salvador (BA) e Rio de Janeiro (RJ). Após Santos, a embarcação seguirá para Buenos Aires, na Argentina.

Já o Imperatriz, desembarcou 1.289 passageiros. O navio, que possui 428 hóspedes em trânsito, embarcará mais 1.105 pessoas. O cruzeiro seguirá para uma viagem de quatro noites, com escalas em Itajaí (SC) e  Búzios (RJ).  Ele retornará ao Porto de Santos no próximo sábado.

 

A Tribuna

Enhanced by Zemanta

Porto de Santos movimentará quase 18 mil passageiros

MSC FANTASIA

O Porto de Santos terá, neste sábado, a maior movimentação de passageiros, desde o início desta temporada de cruzeiros. Ao todo, 17.792 pessoas passarão pelo Terminal Marítimo de Passageiros Giusfredo Santini (Concais), com as escalas dos navios MSC Fantasia, da MSC Cruzeiros, Imperatriz, Soberano e Zenith, da Pullmantur. As embarcações chegaram ao complexo santista no ínicio da manhã.

MSC Fantasia desembarcou 3.689 passageiros. O navio embarcará 3.762 hóspedes, que seguirão para um cruzeiro de sete noites com escalas em Buzios e Ilha Grande, no Rio de Janeiro,  Ilheus e Salvador, na Bahia.

Soberano desembarcou 2.230 pessoas. A embarcação possui um passageiro em trânsito. O navio embarcará 1.520 hóspedes, que seguirão para uma viagem de sete noites com escalas em Búzios, Rio de Janeiro e Salvador (BA).

Zenith desembarcou 1.642 passageiros. O navio, que tem oito passageiros em trânsito, vai embarcar 1.614 hóspedes. A embarcação seguirá para um cruzeiro de quatro noites, com escalas em Ilhabela (SP) e Búzios (RJ).

Os navios deixarão o Porto de Santos no final da tarde.

 

A Tribuna

Enhanced by Zemanta

Madrinha do Fantasia, Xuxa se declara fã de cruzeiros

Com as bênçãos da Rainha dos Baixinhos, Xuxa Meneghel, o MSC Fantasia foi inaugurado oficialmente no final da tarde desta terça-feira, durante sua escala no Porto de Santos. O navio, o maior a navegar pela costa brasileira nesta temporada, chegou ao Brasil no último sábado, quando atracou em Salvador (BA). Nesta quarta-feira ele parte do cais santista para uma viagem de três noites rumo a Ilha Grande e Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, e Ilhabela, no litoral norte de São Paulo.

Lançado em 2008, em Nápoles, na Itália, o Fantasia tem proporções que chamam a atenção. Ele é capaz de hospedar 4.363 pessoas e uma tripulação de 1.370 profissionais. Tem 333,3 metros de comprimento e 66,8 metros de altura, distribuídas por seus 18 deques (andares).

O navio chegou a Santos às 5 horas desta terça-feira, atracando no cais do Armazém 32. Por volta das 16 horas, Xuxa entrou no Fantasia pelo MSC Yatch Club, área exclusiva da embarcação que possui uma entrada independente. Este setor, que oferece um serviço especial para seus passageiros, tem uma infraestrutura de lazer e entretenimento exclusiva.

Na cerimônia de batismo, ao redor da principal piscina da embarcação, a Rainha dos Baixinhos cortou a fita verde e amarela que marcou a inauguração da embarcação. “Quero dizer o quanto é bom vincular a minha imagem a um sonho”, afirmou Xuxa, se referindo aos cruzeiros.

A apresentadora se declarou uma amante de viagens de navio, assim como toda sua família. As massagens e os tratamentos estéticos dos spas são suas atrações preferidas durante os cruzeiros.

“Espero continuar dando sorte e que todos tenham boas vendas, porque vocês vendem o que não tem preço, a alegria de quem vai viajar”, afirmou Xuxa, que já é madrinha de outras embarcações da MSC. Pouco depois da cerimônia de inauguração, ela deixou o navio.

A embarcação zarpou às 23 horas para uma viagem reservada para cerca de 2 mil convidados da MSC Cruzeiros. A programação incluiu um espetáculo no Teatro LAvanguardia, um jantar de gala e um show com a banda Olodum, na piscina. A animação do encerramento da festa ficou por conta do DJ Pedro, em uma das discotecas a bordo.

Retorno

Para o comandante do MSC Fantasia, o italiano Giuliano Bossi, voltar ao Brasil é retornar ao país “mais maravilhoso do mundo”. Ele comandou o MSC Oschestra na temporada passada e relatou a falta que sentiu das águas brasileiras.

Bossi participou da construção do Fantasia e o considera um “enorme retalho de detalhes”. Esta característica torna a embarcação a mais elegante do mundo, destacou.

Já para o diretor geral da MSC Cruzeiros na América Latina, Roberto Fusaro, a preocupação ambiental é o grande destaque do navio, além da beleza e do conforto a bordo. “Ele não é só grande. Amamos o mar e, por isso, este é o navio que tem o maior respeito pelo meio ambiente. Ele passa pelo mar e não deixa vestígio”, destacou.

Fusaro se diz satisfeito com as tratativas com o Governo e com a iniciativa provada para a vinda doMSC Fantasia ao Brasil. Segundo ele, a companhia de cruzeiros segue otimista com o mercado em águas brasileiras.

A Tribuna
Enhanced by Zemanta

Orquestra do Porto de Santos – Uma Mensagem de Paz!

Natal lembra presentes, que lembram família, que lembra o nascimento do menino Jesus, mas nada disso teria
sido tão marcante em sua vida se você não estivesse acompanhado de sons como o sino do Papai Noel e de doces melodias natalinas, como Noite Feliz.
Neste tempo mágico que é o Natal, a OPOS – Orquestra do Porto de Santos preparou um concerto muito especial e cheio de boas recordações chamado “Uma Mensagem de Paz”, que trará de volta os sentimentos que encherão seu coração de esperança e felicidade!

Vale a pena conferir o espetáculo em uma das apresentações:

2/Dez (Domingo) às 19h30 – Igreja do Embaré
Av. Bartolomeu de Gusmão, nº 32 – Santos

15/Dez (Sábado) às 17h – Bolsa do Café
Rua XV de Novembro, nº 95 – Centro – Santos

Todos os espetáculos são gratuitos!

SOBRE A OPOS – Orquestra do Porto de Santos

Inspirada pelo passado de pioneirismo e grande intercâmbio cultural do Porto de Santos, à beira do
mar de Santos, sonhou-se com uma grande orquestra onde velhos amigos, que abandonavam seus
instrumentos em busca de melhores oportunidades, pudessem voltar a tocar juntos. Ao olhar os navios
entrando no canal do porto, o maior da América Latina, sentiu-se que a força que os movia poderia ser
utilizada em favor de um bem maior: o Amor à Música e a transformação das pessoas por meio dela.
Assim nascia a ideia da OPOS – Orquestra do Porto de Santos.

Em 2012, com realização do Ministério da Cultura, o patrocínio da CODESP – Companhia Docas do
Estado de São Paulo e da COPERSUCAR, a OPOS se torna um marco cultural na cidade de Santos,
figurando como uma das mais promissoras orquestras do país. Com 36 músicos, juntando profissionais
de alta performance e jovens talentos advindos de projetos socioculturais, a Orquestra mostra que é
possível atingir um alto nível de execução sem abrir mão de seu caráter social.

Acesse www.opos.mus.br e conheça mais sobre o projeto.

Seja bem-vindo a bordo da OPOS – Orquestra do Porto de Santos!

Enhanced by Zemanta

Grand Mistral movimenta mais de 2 mil passageiros no Porto de Santos

O navio de cruzeiros Grand Mistral, da operadora Ibero Cruzeiros, chegou ao Porto de Santos nesta quarta-feira. A embarcação está atracada no Cais 25, em frente ao Terminal de Passageiros Giusfredo Santini (Concais). O navio deixará o complexo santista no final da tarde.

Pela manhã, o Grand Mistral desembarcou 1.443 passageiros. O navio, que possui quatro passageiros em trânsito, embarcará 1.409 hóspedes.

A embarcação seguirá para um cruzeiro de quatro dias, com escalas Ilhabela (SP), Itajaí e Porto Belo, em Santa Catarina.

Enhanced by Zemanta

MSC Magnifica movimenta mais de 6 mil passageiros no Porto de Santos

O navio de cruzeiros MSC Magnifica, da operadora MSC Cruzeiros, chegou ao Porto de Santos, na manhã desta segunda-feira. A embarcação está atracada no Cais 25, em frente ao Terminal Marítimo de Passageiros Giusfredo Santini (Concais). O navio deixará o complexo santista no final da tarde.

MSC Magnifica desembarcou 3.182 passageiros no Porto de Santos. O navio, que não possui passageiros em trânsito, embarcará 2.890 hóspedes que seguirão para uma viagem de três dias com escalas em Ilha Grande (RJ) e Ilhabela (SP).

 

A Tribuna

Enhanced by Zemanta

Dois navios e um submarino são atrações no Porto de Santos

A primeira de uma série de três embarcações da Marinha do Brasil que vão reforçar a ronda na costa nacional está aberta à visitação pública entre sábado e domingo, das 14 às 17 horas, no Cais da Marinha, entre os armazéns 27 e 29 do Porto de Santos. Trata-se do navio patrulha oceânico (NPaOc) Amazonas, que foi incorporado à Armada para aumentar a segurança na área de extração do petróleo da camada pré-sal.

Durante a visita, a população terá acesso às áreas externas, aos armamentos, ao convés de voo e a duas lanchas que fazem parte da estrutura da embarcação. A entrada é gratuita.

Além do NPaOc Amazonas, o veleiro Cisne Branco poderá receber visitantes durante todo o fim de semana, também entre 14 e 17 horas . O navio tem a missão de representar o Brasil nos eventos náuticos nacionais e internacionais, divulgar a mentalidade marítima e preservar as tradições navais.

O Cisne Branco está em Santos para participar da premiação dos alunos classificados no concurso de redação elaborado durante a Operação “Cisne Branco”, atividade dirigida pela Marinha do Brasil com o propósito de despertar nos jovens e professores o interesse pelos assuntos ligados à área naval do Brasil.

Marinha

Já o submarino Tikuna, que fica em Santos até a próxima segunda-feira, não será aberto à visitação. O NPaOc Amazonas e o submarino Tikuna foram trazidos ao Porto de Santos para uma operação conjunta das três forças armadas brasileiras, a Atlântico III. Ela reúne Exército, Marinha e Aeronáutica em uma espécie de simulação de confronto nacional.

Nesta missão,  empregará dois navios escoltas, dois navios de apoio, dois submarinos, três navios-patrulha e seis helicópteros. O Exército participará com 96 viaturas leves, 101 viaturas de transporte,nove viaturas blindadas e nove ambulâncias. Já a Força Aérea utilizará um helicóptero, quatro aeronaves de ataque, cinco de patrulha e cinco de transporte.

A Tribuna

Enhanced by Zemanta

Prefeitura recepciona navio Magnifica, pela primeira vez em Santos

Comentando sua satisfação de voltara a Santos, o comandante do transatlântico Magnifica, mais novo navio de passageiros da armadora MSC, o italiano Giuseppe Maresca, recebeu nesta terça (13) placa de boas-vindas à cidade, entregue pela secretária de turismo, Wânia Seixas. A homenagem é feita a cada navio de passageiros que atraca pela primeira vez no porto. Nesta quarta (14), chega, por volta das 9h, o navio Grand Mistral, da armadora Ibero.

Atracações

Depois de receber placa do navio, Wânia Seixas citou a importância de a armadora incluir a cidade em seus roteiros regulares com navios novos e decoração sofisticada. Além do Magnifica, a MSC trará o Fantasia, maior navio de cruzeiro marítimo a atracar na cidade, com capacidade para 4.363 passageiros.

A recepção teve a presença do diretor geral da MSC na América do Sul, Roberto Fusaro; diretora operacional da MSC do Brasil, Márcia Leite, agentes de turismo e outros profissionais ligados ao trade.

Enhanced by Zemanta

Turista ganha via expressa para chegar ao terminal

Para melhorar o acesso de turistas e minimizar o impacto da temporada de cruzeiros no sistema viário do Porto de Santos, a Concais, empresa arrendatária do Terminal de Passageiros Giusfredo Santini, criou uma via expressa para os hóspedes que vão embarcar em navios no complexo. Nesta estação, o trajeto desse público deverá ser feito pela Avenida Eduardo Guinle. Já aqueles que estão deixando as embarcações e os ônibus (chegando ou partindo) continuarão usando a Avenida Perimetral.

A implantação da via foi destacada na última sexta-feira pelo diretor da Concais, Flavio Brancato, durante a escala do primeiro navio da temporada, o Aida Cara. A embarcação atracou no complexo por volta das 5 horas e só partiu por volta da meia-noite. Durante este período, cerca de 1,8 mil pessoas passaram pelo cais santista, entre embarques, desembarques e trânsito. A maior parte deles era de alemães, a mesma nacionalidade da bandeira da embarcação.

“Foi uma forma curiosa de começar a temporada com o embarque de estrangeiros”, disse Brancato, que aproveitou para apontar as números e destacar algumas das mudanças da estação. A reorganização do tráfego foi um dos principais pontos lembrados pelo diretor.

Para esta temporada, a Concais decidiu segregar o trânsito para evitar a formação de filas na Avenida Perimetral, no trecho próximo ao terminal, conforme verificado em anos anteriores. A partir de agora, os turistas que vêm de São Paulo ou outras regiões deverão acessar a instalação de cruzeiros pela Avenida Eduardo Guinle. O caminho pela Perimetral será utilizado apenas por ônibus ou veículos de passeio dos passageiros que estão retornando de viagem.

O novo trajeto está indicado em uma placa de sinalização instalada pela Codesp, a Autoridade Portuária de Santos, a pedido da Concais, logo na subida do Viaduto do Paquetá.

Conforme a placa, os hóspedes que vão embarcar devem seguir pela alça da esquerda do viaduto, acessando a Eduardo Guinle. Ao final da avenida, deverão contornar a Praça Nossa Senhora de Fátima, a Praça da Santa, para ingressarem no terminal de bagagens. Após despachar as malas, eles deixarão a plataforma pela via próxima ao Armazém VII-A (ao lado da Praça da Santa) e vão percorrer uma quadra da Eduardo Guinle.

Os motoristas vão, então, contornar a quadra onde fica a sede da Portofer e subir o Viaduto de Outeirinhos, para entrar na Avenida Perimetral. Os passageiros terão, em seguida, a chance de escolher o local para estacionar o carro. Caso optem pelo próprio estacionamento da Concais, poderão deixar o veículo antes mesmo de liberarem as bagagens.

No caso de vans, automóveis de turistas que desembarcaram e ônibus, o trajeto deve ser o mesmo que foi realizado na temporada passada – pela Avenida Perimetral (sentido Centro/ Praia) até o Canal 4 (Avenida Siqueira Campos), onde é feito o contorno para que o motorista volte para a Perimetral (sentido Praia/ Centro) e siga em direção ao terminal.

“A nossa intenção foi dividir o fluxo com uma melhor coordenação do tráfego”, mencionou o diretor da Concais. Ele acredita que a medida reduzirá os congestionamentos.

Tripulantes

Oferecer maior conforto aos tripulantes também é um dos objetivos da Concais nesta temporada. Os funcionários dos navios contam agora com o chamado “repasse livre”, feito por uma corretora de câmbio dentro do próprio terminal. Com ele, os trabalhadores têm a possibilidade de enviar recursos para a família sem precisar sair da instalação.

Além disso, foi disponibilizada uma sala de 60 metros quadrados com ar-condicionado e televisão onde a tripulação poderá aguardar o embarque ou ficar depois do desembarque. O espaço fica no segundo andar do terminal de bagagens.

 

A Tribuna

Enhanced by Zemanta

Turistas alemães do navio Aidacara optam pelo Centro Histórico

O Centro Histórico foi o preferido da maioria dos 193 passageiros em trânsito do navio Aidacara, de bandeira alemã, que atracou às 4h30 de sexta-feira (9) no cais 30, abrindo a temporada de cruzeiros marítimos. O próximo transatlântico a encostar no cais será o Magnífica, da operadora MSC, às 8h de terça-feira (13).

O Aidacara chegou do Rio e grande parte dos 805 desembarcados seguiu, em ônibus fretados, para o Aeroporto de Cumbica (Guarulhos), prosseguindo viagem para outros destinos. Um total de 866 passageiros embarcaram no transatlântico, que partiu à 0h de sábado (10) com destino à Europa.

Atrações

Passeios de bonde, Museu do Café, Complexo Turístico do Monte Serrat e igrejas da área mais antiga da cidade foram as atrações mais solicitadas pelos alemães, de acordo com Lisa Bruckman, recepcionista bilíngue que atendia no estande instalado pela Setur (Secretaria de Turismo) na entrada do saguão principal do Terminal Marítimo de Passageiros Giusfredo Santini.

Houve também muitos interessados em conhecer o Aquário, uma indicação obtida na recepção do próprio navio. No estande, a Setur disponibiliza mapas da cidade e folhetos das atrações locais, em português, inglês e espanhol.

Xuxa batizará Fantasia no Porto de Santos

A próxima temporada de cruzeiros do Porto de Santos, que começará em cerca de 48 horas, será marcada pelo batismo de um dos navios participantes da estação. Trata-se do MSC Fantasia, que será batizado no próximo dia 27, ao escalar pela primeira vez no cais santista. A madrinha será a apresentadora Xuxa Meneghel.

O evento é uma das atrações previstas para a temporada pela operadora MSC Cruzeiros, que prevê um aumento de 20% na oferta de leitos em suas viagens durante essa estação. Na próxima (2013/2014), o crescimento previsto é de 12%.

Os planos da empresa foram anunciados pelo seu diretor comercial, Adrian Ursill.

Luxuoso e sofisticado, o MSC Fantasia é o maior navio construído por um armador europeu. Pela primeira vez os hóspedes terão a oportunidade de pisar em degraus de cristal Swarovski. O teto transparente da embarcação permite observar o céu. Nos 27 mil metros quadrados de espaço público, ela abriga o luxuoso Spa MSC Aurea, cinco restaurantes, quatro piscinas, 12 jacuzzis, cafés, lojas, área para crianças, um simulador de Fórmula 1 e um cinema interativo 4-D.

De acordo com Ursilli, autoridades e empresários ligados aos setores portuário e de cruzeiros vão participar do batismo do MSC Fantasia. São esperados de 2,5 mil a 3 mil convidados no evento, realizado durante uma viagem de uma noite.

“Arrisco dizer que será a maior festa privada do ano. A Xuxa vai cortar a fita e inaugurar tanto o navio quanto a temporada de cruzeiros. Em seguida, acontecerão festas na piscina com bandas convidadas e um show especial no teatro, além do jantar”, explicou o diretor da MSC Cruzeiros.

“Queremos reunir agentes, autoridades e fornecedores que participam do segmento e fazem os cruzeiros marítimos serem o que são hoje. Será a abertura oficial do Fantasia, que estará ao alcance do público no dia 28”, destacou Ursilli.

Atracação

Com 333 metros de comprimento, o MSC Fantasia não poderá atracar em frente ao Terminal de Passageiros Giusfredo Santini, administrado pela Concais, no Porto de Santos. O transporte dos passageiros entre o ponto de atracação do navio e a instalação será feito em ônibus e vans, em um esquema semelhante ao adotado em aeroportos.

Segundo Ursilli, a distância não se torna um empecilho para embarques e desembarques no navio, já que a operadora opta por realizar a atracação de apenas uma embarcação por dia, a fim de preservar o conforto dos hóspedes. Por conta deste esquema, não será necessário fazer rodízio com outras embarcações da companhia em dias de maior movimento, como em 9 de fevereiro (sábado de Carnaval), quando está prevista a parada de oito navios, todos de grande porte, em Santos.

“Nós já adotamos esta estratégia há cerca de dois ou três anos, montando a programação com um ou dois anos de antecedência e escalando apenas um navio em todos os dias. Portanto, nossa companhia não será diretamente afetada no rodízio”, afirmou.

Sobre as negociações entre a Codesp, a Autoridade Portuária de Santos, e a Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos (Abremar), entidade que havia proposto a atracação simultânea de mais de seis navios nesta estação, Ursini explicou a participação da MSC Cruzeiros. “Como somos uma associada da Abremar e empresa interessada e parceira, estamos apoiando presencialmente a questão, dando apoio às demais companhias com a sugestão de ideias, horários de atracação, para não prejudicar os hóspedes e as companhias”.

 

A Tribuna

Enhanced by Zemanta

Temporada de cruzeiros começa nesta sexta e recebe maior transatlântico

Com 333,3m de comprimento – pouco menos que a metragem máxima de três campos oficiais de futebol – e capacidade para 4.363 passageiros, o MSC Fantasia é a principal atração da temporada de cruzeiros marítimos 2012/2013, que começa nesta sexta-feira (9) e se prolonga até 22 de abril. O Fantasia, que atraca pela primeira vez em Santos no próximo dia 27, é o maior navio a fazer uma temporada completa no país.
O primeiro transatlântico a atracar será o Aidacara, da operadora Aida, às 6h, em frente ao Terminal Marítimo de Passageiros Giusfredo Santini, administrado pelo Concais – ele deve zarpar às 23h59. Procedente das Ilhas Canárias (Espanha), o navio chegou na última sexta-feira (2) a Recife, após quatro dias de viagem até o Brasil – ele passou ainda por Salvador e Ilhéus (BA), e Rio, retornando à Europa ao partir de Santos.

Esta temporada, com 212 escalas em 105 dias de operação no porto, deverá movimentar cerca de 1,1 milhão de passageiros, entre embarque, desembarque e trânsito, em 21 transatlânticos, 13 dos quais para viagens regulares. O total de cruzeiristas é semelhante ao registrado na última temporada, embora o Concais não tenha divulgado oficialmente esses números.

Informações

Para atender esses turistas, a Setur (Secretaria de Turismo) instalou um PIT (Posto de Informações Turísticas) no saguão principal do Concais, com recepcionistas bilíngues, mapas – em português, inglês e espanhol – e ampla folheteria destacando as atrações da cidade. O posto funcionará a partir das 8h, sempre que houver navio atracado.

Normalmente, os cruzeiristas buscam informações sobre como chegar à orla e ao Centro, e as principais atrações, sobretudo Aquário, Orquidário, Linha Turística do Bonde, Museu do Café e Complexo Turístico do Monte Serrat. De acordo com a recepcionista Lisa Bruckman, da Setur, os turistas estrangeiros, a exemplo dos que viajam no Aidacara, optam por roteiros históricos e têm preferência pela área mais antiga da cidade.

Táxis

Até o final da tarde de quinta (7), 182 táxis estavam credenciados pela CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) para trabalhar na área do Concais. Para atuar no terminal de passageiros, somente poderão se cadastrar veículos com quatro portas, ar-condicionado e que tenham sido aprovados em inspeção veicular realizada na empresa.

É necessária também a apresentação de vários documentos, além de alvará e aferição atuais da prefeitura e do Ipem (Instituto de Pesos e Medidas), respectivamente.

Reforço

Para ampliar o atendimento aos passageiros, o Concais contratou 180 funcionários, além de outros 220 por empresas terceirizadas. De acordo com a Revolução Agência de Comunicação, responsável pela assessoria de imprensa da administradora do terminal, “também foram realizados ajustes logísticos, como definição de programações prévias, horários para chegada de ônibus e vans com passageiros, assim como para desembarque, check-in e embarque”.

A assessoria alega que a estrutura atual do Concais atende plenamente as necessidades operacionais, razão pela qual não foram realizadas obras para essa temporada, excetuando-se o reforço do controle visual nos entornos e no interior do terminal.

Além disso, o estacionamento do Concais agora realiza reserva de vagas pelo site www.concais.com.br. É preciso preencher a lista de cadastro com dados pessoais e sobre a viagem. “A partir dessas informações, o sistema gera um boleto que, ao ser pago, já garante a vaga”.

Enhanced by Zemanta

Veleiro da Marinha é aberto para visitação

O veleiro Cisne Branco, da Marinha do Brasil, está aberto para visitação nesta quinta-feira (25), das 14h às 17h, entre os armazéns 27 e 29 do Porto de Santos.

A embarcação, encomendada para as comemorações dos 500 anos do Descobrimento do Brasil, exerce funções diplomáticas e de relações públicas.

A sua missão é a de representar o País em eventos náuticos nacionais e internacionais e divulgar a mentalidade marítima na sociedade civil. Ocasionalmente é utilizado como navio-escola.

Aeroporto: o reforço para a região entrar na Copa-2014

“A falta de um aeroporto ainda é a maior deficiência da Baixada Santista”. A declaração da coordenadora-executiva do Comitê Paulista para a Copa-14, Raquel Verdenacci, dá a real dimensão que o empreendimento tem para a região. Afinal, Santos e Guarujá sustentam o sonho de receberem seleções no maior evento futebolístico do mundo.

Mais do que isso, revela também a importância que o aeroporto tem para consolidar a Baixada Santista como destino turístico atraente para milhares de turistas brasileiros e estrangeiros antes, durante e após a competição esportiva.

Segundo ela, à parte dessa demanda, a estrutura do litoral pode ser considerada muito estimulante por diversas delegações. “Estamos falando de uma região estrategicamente interessante pela proximidade com São Paulo. É uma carência que pode ser suprida e temos visto um esforço muito grande de todos os municípios para solucioná-la”, emenda.

As declarações foram feitas na manhã de quinta-feira, durante o 2º Vip Convention, evento voltado ao Turismo que aconteceu no Ilha Porchat Clube, em São Vicente. A coordenadora-executiva do Comitê Paulista para a Copa-14 apresentou estratégias do Estado para fomentar o setor e analisou as carências e virtudes da Baixada Santista enquanto receptora de turistas.

Para Verdenacci, seria um exagero dizer que a ausência de um aeroporto inviabiliza as pretensões da região com a Copa. “Prejudica muito pelo deslocamento até um outro aeroporto. É algo que eventualmente até pode ser compensado com a combinação de uma excepcional estrutura hoteleira e esportiva. Mas não dá para ignorar.”

Centro de treinamento

No caso de Guarujá, há um outro entrave relacionado ao interesse em ser sede de uma delegação: a falta de um centro de treinamento adequado.

“O Município precisa colocar para andar o projeto de adequação do Estádio Municipal (Antonio Fernandes). Na parte de hotelaria, a situação está resolvida, mas a parte esportiva ainda não”, resume.

A coordenadora-executiva do comitê ainda esclarece que é possível que Santos e Guarujá sejam escolhidas. Ou seja, uma candidatura não exclui a outra. Ela conta que algumas seleções já sinalizaram interesse nessas sedes. “Mas não posso dizer quantas e nem quais.”

Ela ainda cita que o Porto de Santos já tem atraído comitivas. “Já há, por exemplo, transatlânticos mexicanos fechados para passar pela cidade durante a Copa do Mundo.”

Por isso ela pede urgência na resolução das pendências, uma vez que estrangeiros já têm sondado a estrutura do litoral. “Uma coisa é mostrar um projeto em obras. Outra é mostrar algo que ainda não saiu do papel, há menos de dois anos da Copa do Mundo”, adverte.

Raquel Verdenacci faz ainda um alerta. Mesmo os municípios que não serão sede de delegações podem se aproveitar do evento esportivo. “Houve uma fase no planejamento que dizia respeito às obras físicas. Isso passou. Agora é hora de se preparar dentro das cidades e mostrar o que temos para vender em termos de turismo”, diz.

 

A Tribuna

Enhanced by Zemanta

Piratas e outras histórias na Fortaleza da Barra Grande

Guarujá está desde este sábado convidando moradores da região e turistas a fazerem um mergulho no passado e conviverem no mesmo local onde, no início da história do Brasil, a antiga povoação de Santos resistiu a invasões de piratas. O cenário é uma construção de nome comprido: a Fortaleza de Santo Amaro da Barra Grande, também conhecida como Fortaleza de São Miguel, Fortaleza da Praia Grande ou Fortaleza da Barra Grande.

A pequena fortaleza pintada de branco e vista desde a Ponta da Praia, em Santos, foi erguida nesse morro de Guarujá após o ataque do corsário inglês Edward Fenton.

É verdade que a fortificação militar não conseguiu resistir ao ataque de outro corsário, o inglês Thomas Cavendish. Mas rechaçou a tentativa de reabastecimento do almirante Joris van Spielbergen, e à tentativa de assalto do corsário francês Jean-François Duclerc.

Agora é, além de uma peça de decoração na bela paisagem da entrada do canal do Porto de Santos, um monumento que merece ser visitado por adultos e, principalmente, crianças.

É também o mais importante monumento histórico-militar do Estado, por uma característica: foi o único forte construído no período em que Portugal, e por extensão o Brasil (sua então colônia), era dominado pela Espanha. Isso entre 1580 e 1640. O uso militar do local foi desativado em 1905.

O tombamento como monumento histórico ocorreu em 1967, mas ficou abandonado e em ruínas até 1993, quando o Instituto do Patrimônio Histórico Nacional (Iphan) e a Universidade Católica de Santos (UniSantos) fizeram um convênio do qual participou a Prefeitura de Guarujá. A universidade conduziu a restauração e o uso para fins educacionais, de preservação, treinamento de jovens e para estimular as visitações públicas ao local.

A reinauguração teve lugar em 21 de abril de 1997. No último dia 10, por provocação da universidade, segundo o reitor Marcos Medina Leite, foi firmado um novo convênio entre o Iphan e a Prefeitura de Guarujá para concluir a recuperação do imóvel, e o repasse da responsabilidade administrativa da área ao governo municipal. A universidade continuará a desenvolver projetos de atividades de curso até novembro.

Segundo o coordenador da Unidade de Presença Política de Guarujá, Averaldo Menezes de Almeida, o projeto está sendo agora tocado somente sob a responsabilidade direta do Município. E embora conte com a participação da UniSantos, “está aberto à participação de todas as universidades da região”, assinala Averaldo.

As atividades contam com a participação direta dos moradores de Santa Cruz dos Navegantes, bairro situado na praia do Góes, em Guarujá.

Além do treinamento dos guias mirins, o projeto incluiu a criação de uma cantina comunitária para servir aos visitantes. O espaço é administrado pela Sorriso & Sabores e a Padaria Comunitária. A antiga sede náutica do Saldanha da Gama será anexada ao projeto em parceria com o clube e com autorização da Secretaria de Patrimônio da União. Ali serão feitos escola, centro comunitário e a entrada de acesso à fortaleza.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

A Tribuna

Enhanced by Zemanta

Jornalista Luís Nassif participará do Santos Export

A importância dos portos para o desenvolvimento dos setores ligados ao comércio exterior e para o fortalecimento da economia nacional será destacada pelo jornalista econômico Luís Nassif durante sua participação na 10ª edição do Santos Export – Fórum Internacional para a Expansão do Porto de Santos. O seminário, uma iniciativa do Sistema A Tribuna de Comunicação e uma realização da Una Marketing de Eventos, ocorrerá nos próximos dias 13 e 14, no Casa Grande Hotel, em Guarujá.

A palestra de Nassif está marcada para o segundo e último dia do evento, que reunirá empresários e autoridades do setor portuário. Ele ministrará a palestra A Reinvenção do Agronegócio e o Crescimento das Operações no Porto de Santos.

Durante sua apresentação, o jornalista abordará a modernização das operações portuárias, as novas tecnologias de armazenamento, o aumento dos volumes de exportação e as perspectivas para os próximos anos. Além disso, falará sobre os novos players e os avanços e as demandas do setor de granéis líquidos.

A escolha dos temas está relacionada à análise do especialista, que observa os portos como o pulmão da economia de um país – por isso a necessidade de investimentos e melhorias significativas em Santos e outros complexos marítimos do Brasil. “Serão eles os responsáveis por atender horizontalmente todos os setores do comércio exterior, fortalecendo a economia nacional”, afirmou.

Nassif reiterou que a questão portuária tornou-se uma prioridade na agenda pública, com destaque, sobretudo, para os debates envolvendo o novo marco regulatório (a legislação que disciplina sua exploração). Outros pontos relacionados à infraestrutura e à logística também foram mencionados pelo especialista.

“Cada vez mais a questão da infraestrutura e da logística torna-se essencial para aumentar a competitividade brasileira. O agronegócio conseguiu enorme produtividade da porteira para dentro. Agora, o investimento tem de ser da porteira para fora e a logística integrada é o ponto central, assim como portos especializados”.

Segundo Nassif, atualmente, há diversos fatores que encarecem os fretes, como a demora no embarque e no desembarque e a distância dos centros produtores e consumidores, e o Brasil enfrenta uma enorme carência de diagnósticos e projetos. “É para isso que debates como o Santos Export se fazem necessários”.

 

A Tribuna