Alexandre Borges será o Patriarca em Ópera Samba no final de semana

opera

O público é convidado a conhecer um pouco mais da história do Brasil na praça Mauá, neste sábado (7) e domingo (8), às 20h. Trata-se da encenação Ópera Samba ‘José Bonifácio de Andrada e Silva – Patriarca da Independência e Herói da Pátria’, que terá a participação do ator Alexandre Borges, representando o personagem principal.

Com direção de Tanah Corrêa, o espetáculo será realizado ao ar livre. A estrutura montada ficará em frente ao paço municipal, com ações cênicas na escadaria e participação de mais 800 artistas da região, entre atores, músicos, dançarinos e circenses.

No dia 13 de junho, data do aniversário de José Bonifácio, foram feitas performances e intervenções de artistas, uma prévia do que será a encenação, que tem expectativa de receber até 800 pessoas por dia. O ingresso é livre.

Tradição – Como parte das homenagens pela Independência do Brasil, o desfile cívico-militar será no sábado (7), às 9h, na av. Bartolomeu de Gusmão, entre os canais 5 e 6. Os primeiros a desfilar serão os alunos de escolas municipais e estaduais, seguidos dos desfiles comunitário e militar.

Ópera-Samba homenageia José Bonifácio de Andrada e Silva

Bonifácio

O que a Independência Brasileira, o Dia do Fico, a fuga da família Real para o Brasil e a formação de um Constituição Federal tem em comum com a Região Metropolitana da Baixada Santista? A resposta é: José Bonifácio de Andrada e Silva, personagem de grande importância histórica nacional, que nasceu em Santos e em 2013 comemora 250 anos de Nascimento.

Passagens importantes da vida de José Bonifácio, o Patriarca da Independência, serão encenadas em uma Ópera-Samba no Centro Cultural da Zona Noroeste em Santos. O espetáculo que terá a direção geral de Tanah Corrêa, contará com a participação de atores consagrados pela mídia e vai reunir diversas linguagens artísticas nos dias 12, 13, 14, 15 e 16 de Junho.

Os ensaios acontecem no Instituto Histórico Geográfico de Santos e conta com mais de 30 grupos artísticos que representam diversas cidades da região. A grande novidade desta encenação será a participação de variadas manifestações artísticas como: música, teatro, ballet, capoeira, circo, sapateado, artes plásticas, dança de rua, maracatu, grupo de reisado, rancho folclórico, etc.

Não é a primeira vez que a história de José Bonifácio será encenada em Santos. Em 2003, um mega-espetáculo ao ar livre marcou a área cultural da cidade por revelar muitos artistas regionais e trazer a importância do personagem que influenciou diretamente a história do país.

Bom lembrar, que o acesso ao conteúdo será disponibilizado em uma área já tradicional na cidade, cercada por uma comunidade receptiva que costuma avizinhar as apresentações das escolas de samba da cidade em época de carnaval. Essa fórmula de apresentação, pretende consolidar este local utilitário, além do Centro Cultural da Zona Noroeste como polo de eventos artísticos e cívicos em Santos e na região.

A encenação terá gratuidade para um público estimado de 10.000 mil pessoas, nas cinco noites de apresentação; Acessibilidade Cultural para portadores necessidades especiais; Fomento as ações sustentáveis dos Artistas envolvidos, com o reaproveitamento de figurinos e elementos cênicos disponibilizados pela Secretaria de Cultura de Santos; Apropriação do espetáculo pelos moradores da Zona Noroeste com a sua participação no elenco do Espetáculo; Linguagem da Encenação Teatral para construção do conhecimento Histórico, Cultural, Educacional e Artístico das comunidades da Baixada Santista e outras cidades da região.

A intenção desta encenação é resgatar a memória e colocar em evidência a figura do santista José Bonifácio de Andrada e Silva em um viés artístico. Levantar a discussão da importância que tem esta figura icônica para a formação de uma nação independente, com sua própria constituição.

 

Boqnews

Enhanced by Zemanta

‘Canção Para Othello’ tem nova temporada no Municipal a partir de amanhã

othello

Adaptação do escritor pernambucano Vital Santos para o clássico de Shakespeare, o espetáculo ‘Canção Para Othello’ tem nova temporada no Teatro Municipal Braz Cubas, neste feriado prolongado. A peça, encenada pelo grupo Tescom e dirigida por Tanah Corrêa, pode ser vista nesta quinta (28), às 21h, sexta (29) e sábado (30), no mesmo horário, e domingo (31), às 20h.

Contendo fortes traços da cultura e da música popular, a trama narra a história de Othello, líder de uma comunidade de pescadores e de um grupo de maracatu. Apaixonado, ele vive um romance com a personagem Desdêmona, cujo pai não aceita o relacionamento. Além de enfrentar o patriarca, Othello também lutará contra as armações do invejoso Thiago.

Participam da produção, que comemora os 35 anos de carreira de Tanah Corrêa, 23 atores do Tescom, além do Maracatu Quiloa e capoeiristas, coordenados pelo contramestre Márcio Santos.

Os ingressos custam R$ 30,00,e estão à venda na bilheteria do teatro (avenida Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias), a partir das 14h. Estudantes, professores e pessoas com mais de 60 anos pagam meia-entrada. Informações sobre entradas promocionais e antecipadas pelo telefone 3233-6060. Classificação: 14 anos.

Enhanced by Zemanta