Obra pública de Tomie Ohtake é restaurada em Santos

Por: Casa Cláudia

Com 15 metros de altura, a escultura em aço foi recuperada após parceria do Instituto Tomie Ohtake e a AzkoNobel

O monumento em homenagem à imigração japonesa, inaugurado pela artista Tomie Ohtake em 2008, passou por uma restauração completa. A obra está localizada no Parque Municipal Roberto Mário Santini, em Santos, no litoral de São Paulo.

Com 15 metros de altura, a escultura tornou-se um marco referencial para a cidade. O local de exibição foi escolhido pela própria artista e a obra é visível desde a Ponta da Praia até São Vicente.

A revitalização é fruto de uma parceria entre o Instituto Tomie Ohtake e AkzoNobel com apoio da Prefeitura de Santos. A escultura feita em aço foi limpa, lixada, retocada e pintada. Os trabalhos duraram cerca de um mês e a obra já foi entregue aos cidadãos.

Tomie Ohtake foi convidada pela Prefeitura de Santos para criar um marco, uma escultura, cujo projeto original foi executado em Cubatão. A forma concebida pela artista, como em outras de suas obras, aparenta ser leve, mas requer que a sua parte inferior sustente todo o peso, nesse caso, de aproximadamente 60 toneladas. A obra contou com a colaboração dos arquitetos Jorge Utsunomiya e Vera Fujisaki.

“A arte da Tomie dialoga com espaços abertos, daí ter sito tão requisitada para a realização de obras públicas. Essa integração ao ambiente, na busca por tornar espaços mais humanos e inspiradores, que dialoguem com as pessoas, é o que nossas cidades precisam. Esse projeto vai ao encontro dessa necessidade”, comenta o arquiteto Ricardo Ohtake, presidente do Instituto Tomie Ohtake.

A restauração dessa escultura faz parte de um projeto de revitalização de cinco obras da artista plástica em São Paulo, Santo André, Santos e Guarulhos. “Essa iniciativa visa levar aos cidadãos a visão original da autora, com suas obras de cores energizantes e formas que abrem a imaginação”, afirma Jelena Arsic, diretora da AkzoNobel Coatings para a América do Sul. Já foram entregues obras revitalizadas na Avenida 23 de Maio (SP) e no Paço Municipal de Santo André.

Anúncios

Ocupação no hotéis de Santos no inverno

Aquário foi o equipamento que recebeu mais visitantes

Aumentou 10% a ocupação na rede hoteleira santista em julho, em comparação com o mesmo período do ano passado. Os dados, apurados pela Secretaria de Turismo (Setur), indicam que, durante a temporada de inverno, a lotação média foi de 46%, contra 42% em 2016, apesar de
ter ocorrido, este ano, uma redução de 2,2% na oferta de apartamentos, com o fechamento do
Hotel Praiano, no José Menino.

A elevação na mé- dia de ocupação da rede hoteleira está relacionada também com os três festivais realizados em julho: a terceira edição do Santos Café, cujo público aumentou
33,3% (de 36 mil para 48 mil), o Santos Criativa Festival Geek, que atraiu 27 mil pessoas,
ambos realizados pela Setur, e o 6º Santos Jazz, que registrou crescimento de público na ordem
de 133,3% em um ano (de 15 mil para 35 mil).

O tempo ensolarado e firme, que predomino na temporada de inverno, também reforçou a
opção Santos e contribuiu para a permanência dos turistas.

EQUIPAMENTOS

O Aquário continua liderando a preferência do público, com 59.754 visitantes em julho, seguido pelo Museu do Café (38.701), Orquidário (25.608), Linha Turística do Bonde (13.755) e Museu de
Pesca (7.682). O Museu Pelé recebeu, na temporada de inverno, 6.218 pessoas; Memorial das Conquistas do Santos FC, 4.909; Pinacoteca Benedicto Calixto, 3.384; Complexo Turístico do Monte Serrat, 3.373, e Pantheon dos Andradas, 781.

City Tour – Santos História e Religião – 29/07

O City Tour – Santos História e Religião – é um passeio pelos principais pontos turísticos da cidade contando sua importância histórica e curiosidades.

city tour

Data: 29 de julho de 2017

Ponto de Partida: Igreja do Embaré

Ponto de Chegada: Pinacoteca Benedicto Calixto

Tempo de duração: 3 horas

Valor: R$60 por pessoa

Incluso: aula com o Professor José Marques, guia cadastrado MTUR, transporte.

Horário de início: 8:30 h

Horário de término: 12 h

Pagamento via PagSeguro

Roteiro:

Na Igreja do Embaré o visitante conhecerá sua história, arquitetura e curiosidades da Basílica Menor de Santo Antônio do Embaré. Aprenderemos a diferença entre igreja, paróquia, basílica e catedral.

Seguiremos em um passeio panorâmico pela cidade até o Centro Histórico onde faremos um passeio saindo da Praça Mauá – o coração do Centro Histórico – conhecendo seus principais pontos turísticos como: Igreja Nossa Senhora do Rosário, Teatro Guarany, Cadeia Velha, Mosteiro de São Bento, Igreja do Valongo, Estação do Valongo, Casarões do Valongo, Casa da Frontaria Azulejada, Museu do Café (com visitação), Associação Comercial, Palácio José Bonifácio, Casa do Trem Bélico, Outeiro de Santa Catarina, Teatro Coliseu, Catedral de Santos, Fonte do Itororó e Monte Serrat. 

Retornaremos ao ponto de partida com parada na Pinacoteca Benedicto Calixto para apreciação de sua história e obra.

O passeio será guiado por guia cadastrado e com aula do professor Marques.

Sobre o Professor

Licenciado em Artes Visuais pela Universidade Santa Cecília, atua como artista plástico e restaurador de Arte Sacra, onde fez parte da equipe de restauro da Basílica de Santo Antonio do Embaré em Santos, tendo estudado também com Claudio Plastro, um dos principais artistas sacros da atualidade, falecido em 2016 (responsável pela decoração interna do Santuário nacional de Aparecida). Professor de ensino técnico profissionalizante pela CEETPS, nas Etecs Aristóteles Ferreira e Dona Escolástica Rosa, no Ensino de História da arte, cultura brasileira, manifestações populares para os cursos  técnicos de agenciamento de viagem e eventos. Ainda no campo de produção das artes plásticas, desenvolve pinturas a óleo sobre tela, e esculturas em materiais diversos e em grandes dimensões, já tendo inclusive trabalhado em carros alegóricos para escolas de samba e blocos carnavalescos da região.                        

 

Incentivador da cultura regional e da perpetuação da memória do folclore santista, dirige o grupo teatral “Incena Santos”, composto em sua maioria por jovens estudantes, dramatiza lendas e histórias, já tendo produzido um curta metragem.

Ingressos: https://pag.ae/bhlZPst

Programação Santos Café 2017

festival santos café 2017

A programação da terceira edição do evento, que prossegue até dia 9 com mais de 70 atrações, será aberta às 18h do dia 7, no Museu do Café, com a inauguração da exposição “Sin café no hay mañana”, da fotógrafa Letícia Freire.

Peninha & Banda, se apresentam no primeiro show do Festival Santos Café, dia 7, às 20h, no palco da Rua XV.

Kika Willcox & Alexandre Blanc recepcionam o público do museu, a partir das 17h, com repertório MPB; das 18h às 21h, haverá visita noturna gratuita, e às 18h30, degustação de uma dose de shake de sorvete de café para os 50 primeiros visitantes da cafeteria.

Paralelamente, restaurantes e bares do Centro promovem happy hour.

DIA 8

Jovens do projeto Orquestra na Rua começam seus ensaios às 10h do dia 8, na Praça Mauá, onde se apresentam às 16h. Uma hora depois, o Quarteto de Cordas Martins
Fontes apresenta-se no bulevar da Rua XV, enquanto Kleber Serrado & Choro de Bolso levam sua música, às 12h, na Estação do Valongo.

No palco da XV, a programação vai de Roda de Samba do Ouro Verde, Samba no Salto e show com Nuno Mindelis & Banda, com repertório de jazz e blues, às 14h, 16h e 18h, respectivamente.

O grupo Choro & Afins é a atração das 15h no Museu Pelé, enquanto na Casa da Frontaria Azulejada haverá Jazz na Roda, com Maurício Fernandes & Banda, e Velha Guarda,
espetáculo que une o Balé da Cidade e a Velha Guarda da X-9, às 15h e 16h30, respectivamente.
ENCERRAMENTO

O último dia do festival começa com a música do grupo Pra que chorar & Jorge Maciel, às 11h, no bulevar da Rua XV, enquanto a Serenata Tempo de Sonhar e a Banda Querô-Arte no Dique ocupam, às 12h e 16h, a Estação do Valongo. O grupo Santa Quizumba &
Convidados leva o Komboio Cultural, das 12h às 14h30, à Praça Mauá.

Às 14h, o palco da XV recebe Tributo à Portela, com Tuca Pelegrino & Banda e, na Casa da Frontaria Azulejada, Vish!, apresentação de música instrumental. Kika Willcox & Banda ocupam o palco às 16h e, meia hora depois, o espetáculo Velha Guarda é reprisado
na Frontaria. Com show marcado para as 18h, na XV, a banda Blues Beatles
encerra a programação do festival.

Aulas Particulares de Espanhol

Turismo em Santos - SP

fotos3

Por que aprender espanhol?

O Espanhol é o segundo idioma mais falado no mundo e é a língua nativa de 7% da população mundial.
O Espanhol é a lingua oficial de mais de 22 países e só nos Estados Unidos existem mais de 35 milhões de pessoas que falam espanhol.
Existem mais de 16.429 publicações periódicas, 254 canais de televisão e 5.112 estações de rádio em espanhol.
É um dos idiomas mais importantes nos encontros internacionais, políticos e de negócios e é a língua oficial da União Européia, MERCOSUL, UNESCO, ONU, GATT, ONUDI e U.I.T.
Muitas das obras primas da literatura universal são escritas em espanhol, incluindo Don Quixote de la Mancha, Cem Anos de Solidão e muito mais.
Aproximadamente 1000 palavras espanholas foram incorporadas a outros idiomas, como o inglês, o francês e o japonês.
As negociações e acordos comerciais nos dois hemisférios cada vez mais dependem da importância…

View original post mais 118 palavras

Bilhetes da linha do bonde agregam novas informações

Um novo modelo de ingresso para a Linha Turística do Bonde começa a ser comercializado a partir de hoje. São duas variações (meia-entrada e inteira) para os passeios no roteiro regular e outras duas para as linhas temáticas (bondes Arte e Café), todas impressões coloridas. O formato diferente traz novidades, como informações importantes para os passageiros no verso do bilhete, com versão em português e inglês para atender também à demanda de turistas estrangeiros. Na capa, outro diferencial: espaço para registro do horário do embarque, o que será possível para quem fizer o agendamento da viagem. O bilhete tem uma comunicação moderna para continuar sendo uma lembrança para o passageiro. Em acordo com a atual situação econômica, que exige redução de gastos, os novos modelos foram confeccionados em tamanho menor ao anterior e usando papel de outra textura. O custo foi diminuído, mas a qualidade mantida.

INGRESSOS

O ingresso custa R$ 6,50, com meia-entrada para maiores de 60 anos e estudantes. É concedida isenção a menores de cinco anos, guias de turismo que estejam a trabalho, alunos do ensino fundamental das escolas públicas, entidades de filantrópicas ligadas à Prefeitura, integrantes de centros de convivência da Secretaria de Assistência Social e para treinamentos promovidos pela Secretaria de Turismo – desde que as viagens sejam agendadas.

Bonde Arte terá passeios abertos em abril

RAIMUNDO ROSA_3483

O Bonde Arte fará um passeio aberto ao público (mediante agendamento) nas próximas quarta, às 11h e 12h, e quinta, às 16h e 17h. Trata-se de parte da programação que comemora os 70 anos do Senac Santos. Os interessados devem se inscrever no telefone 2105- 7799 ou pelo e-mail santos@sp.senac.br. A instituição comemorou o aniversário no dia 1º e escolheu o primeiro bonde-restaurante da América do Sul para integrar as comemorações. Em dois passeios na manhã de ontem, convidados da instituição puderam conhecer um pouco da história da Cidade e saborear miniporções da culinária brasileira em destaque no País no final dos anos 1940, quando a unidade santista foi inaugurada. “O Senac sempre busca estreitar sua integração com a Cidade, de forma a fortalecer os laços com a vida da comunidade”, comentou a gerente da unidade santista, Mariangela de Paula Albertino, sobre a locação do Bonde Arte.

Aluguel

O Bonde Arte pode ser alugado para eventos particulares de empresas, entidades e mesmo pessoas físicas. Basta entrar em contato com a CET no telefone 3228- 9300. Formado por dois elétricos construídos na década de 1930, o mais novo integrante da Linha Turística do Bonde possui minicozinha com pia, fogão de bancada, duas geladeiras náuticas, micro-ondas e armários embutidos, ar-condicionado e quatro TVs, além de mesas e cadeiras para 36 pessoas. Decorado em estilo retrô, com inspiração na Arte Concreta, tem pintura externa e a adesivagem com referência em obras de Piet Mondrian e de Hélio Oiticica. Há ainda elementos da poesia concreta, com mensagens em formas geométricas.

Foto Raimundo Rosa